ANUNCIE SUA EMPRESA AQUI

OBRIGADO POR VOSSA VISITA***

quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Engana-se quem pensa que a cassação do ex-prefeito Ernani De Paula decorreu por motivos administrativos.



Ulisses Bitencourt
há 2 horas próximo a Anápolis
COISAS DE POLÍTICA – 3


Engana-se quem pensa que a cassação do ex-prefeito Ernani De Paula decorreu por motivos administrativos.

Ernani de Paula foi cassado por questões meramente políticas. Inexperiente politicamente, Ernani não se preocupou em ler “a bíblia” dos políticos. Se tivesse se aconselhado nos textos de Nicolau Maquiavel, ele saberia que "na política, os aliados atuais são os inimigos de amanhã."

E foi exatamente isso que aconteceu. Ernani era uma ameaça concreta aos poderosos de plantão. Com isso, conseguiu emplacar a suplente de Demóstenes Torres, em 2002 sendo levado a acreditar que fazia parte do seleto grupo que ocupava o palácio das esmeralda. Ledo engano.

Em plena campanha eleitoral, enquanto Ernani focava na campanha estadual, seus algozes já tinham definido seu futuro nefasto. Nem bem começava o primeiro turno da campanha, fontes palacianas (seguríssimas) já me adiantavam o que estaria por acontecer em breve, no executivo anapolino. CASSAÇÃO DE MANDATO

A inexperiência política do ex-prefeito, o levou também a cometer um pecado capital nesse jogo pelo poder. Por desconhecer os tratados de Maquiavel, não percebeu que estava cercado por “bajuladores” inexperientes e incompetentes. Inclusive, em determinado momento vendo que a guilhotina já estava preparada, eu, diante da euforia de um assessor do ex-prefeito relatei a ele o que estaria por vir.

Como o bajulador tem visão micro das coisas, o cidadão se pôs a rir, desafiando a lógica que já estava claramente delineada. Se ele não estivesse tão preocupado em puxar saco e tivesse deixado de lado o medo de desagradar o chefe, o teria avisado. E, com certeza, o quadro político no estado seria outro.

Maquiavel já sabia nos idos de 1513 que, para manter o povo feliz, o “rei” tem que manter distância dos bajuladores, controlar seus secretários e, não se iludir com “amigos". Assim, permanecerá no poder, sem ser odiado pelo seu povo.

#eutestemunhaoculardahistoria
FACEBOOK

quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

Com medo de assaltos a ônibus, motoristas e cobradores pedem demissão no Entorno do DF Cidade Ocidental, Jardim Ingá e Luziânia são os lugares mais afetados pela ação dos bandidos


Em apenas uma semana, seis ônibus que circulam na região do Entorno do DF foram assaltados. Motoristas e cobradores temem até sair de casa para trabalhar. Houve até pedido de demissão.

O cobrador Thiago Romero Macho já pediu demissão e cumpre os últimos dias na empresa Viação Anapolina, na linha Brasília/Cidade Ocidental. Ele está cansado de ser vítimas dos assaltantes. Ele já esteve por oito vezes na mira dos criminosos.

— Eles são agressivos, xingam a gente de vagabundo. A gente que trabalha é que tem que pagar. E se não pagar acaba na rua.

Para quem é motorista, a situação também é complicada. Um homem que preferiu não se identificar foi vítima de assalto quatro vezes. Ele relatou que em um único fim de semana, o ônibus que ele dirigia não foi o único vítima dos bandidos.

Policiais civis são presos acusados de usar a estrutura da corporação para extorquir morador do DF Eles teriam usado viaturas e telefones para cobrar R$ 30 mil de um homem


Policiais civis são presos acusados de usar a estrutura da corporação para extorquir morador do DF

Eles teriam usado viaturas e telefones para cobrar R$ 30 mil de um homem
Gustavo Frasão, do R7 | 22/01/2013 às 12h28
Dois policiais civis foram presos acusados de usar a estrutura física da corporação, como viaturas e telefones, para extorquir uma pessoa. O mandado de prisão contra os agentes foi expedido pelo MP (Ministério Público), que acompanha de perto o caso, no início deste mês.
Um dos suspeitos foi preso no último dia 12. O outro, ao saber que tinha um mandado de prisão em aberto, tentou fugir da capital federal usando uma viatura da PCDF (Polícia Civil do DF). No entanto, no meio do caminho perdeu o controle e capotou o veiculo.

Ele está internado no Hospital de Base de Brasília, é acompanhado por uma escolta policial e assim que receber alta deverá prestar esclarecimentos.
O MP informou que o caso começou em 2004, quando um dos policiais teria entrado na casa de um morador de Taguatinga, região administrativa do DF, e acompanhado de outro agente teria levado R$ 20 mil em equipamentos eletrônicos do local.
O dono da residência tentou impedir o roubo, mas relatou em denúncia à Corregedoria da Polícia Civil, que o policial deu voz de prisão, o algemou e o colocou no banco de trás da viatura.
Hora depois, os agentes decidiram soltar a vítima em uma estrada de difícil acesso perto de Santo Antônio do Descoberto (GO), região do Entorno do DF. Depois de serem denunciados pela primeira vez, os policiais teriam decidido entrar em contato novamente com o homem. A intenção era cobrar R$ 30 mil para garantir que nada de ruim fosse feito contra ele ou contra a família dele.
Por conta disso, a vítima fez outra denúncia na Corregedoria da PCDF, que enviou o caso para análise do MP. Os dois policiais civis foram indiciados e deverão responder por violação de domicílio e extorsão.
Em nota, a Polícia Civil informou que o caso corre sob sigilo e garantiu que vai apurar e punir com rigor as transgressões disciplinares ou desvios de condutas de seus agentes.

Pai e filho que comandavam um desmanche são presos


Pai e filho que comandavam um desmanche são presos

  • destacar vídeo
  • espalhe por aí
Dê sua nota: 95 exibições
Eles mantinham uma oficina que recebia carros roubados, em Luziânia.

Cabo da PM é condenado a 21 anos pela morte da juíza Patrícia Acioli


"Delação foi forjada", diz réu acusado de matar juíza Patrícia AcioliOs dois primeiros acusados a deporem negaram qualquer participação no crime



Cabo da PM é condenado a 21 anos pela morte da juíza Patrícia Acioli

Publicação: 04/12/2012 21:59 Atualização:
O cabo da Polícia Militar Sérgio Costa Júnior, um dos acusados de participação na morte da juíza Patrícia Acioli, em agosto de 2011, foi condenado a 21 anos de prisão por homicídio triplamente qualificado e formação de quadrilha. O militar foi beneficiado pela delação premiada e teve a pena total reduzida em um terço. Por ter denunciado o crime, ele foi julgado separadamente dos outros dez réus.

O julgamento foi presidido pelo juiz Peterson Barros Simão, titular da 3ª Vara Criminal de Niterói, que leu a sentença, após se reunir por mais de duas horas com o corpo de jurados, formado por duas mulheres e cinco homens. Ao ler a sentença, o magistrado disse que o crime foi praticado por "motivo torpe, mediante emboscada e para ocultar outros crimes".

A juíza Patrícia Acioli era titular da 4ª Vara Criminal de São Gonçalo, na região metropolitana do Rio. A magistrada foi vítima de uma emboscada no dia 11 de agosto de 2011, quando chegava em casa, no bairro de Piratininga, em Niterói.


Publicação: 30/01/2013 17:13 Atualização: 30/01/2013 17:26
Um dos acusados de participar do assassinato da juíza Patrícia Acioli, que está sendo julgado no 3º Tribunal do Júri de Niterói, no Rio de Janeiro, alegou que a delação premiada apresentada ao juiz no nome dele teria sido forjada. O julgamento começou por volta das 9h10 desta quarta-feira (30/1).

Jefferson Miranda foi o segundo a depor e negou todas as acusações. Disse que em nenhum momento ficou sabendo do planejamento do crime. Quando a suposta delação premiada foi apresentada, Miranda negou a veracidade das informações. Ele disse que o documento foi forjado, um recorte do depoimento deSergio Costa Junior, o primeiro condenado pelo crime.


Quem abriu o segundo dia de julgamento foi Jovanis Falcão. Ele também negou qualquer tipo de participação no homicídio de Patrícia. Afirmou que estava em casa na hora do crime. Também disse que trabalha no combate ao tráfico de drogas há mais de 10 anos na Polícia Militar e que as drogas encontradas na sua casa deviam ser resultado de alguma apreensão que ele esqueceu de apresentar na delegacia. Atualmente, Jovanis está preso em Bangu 8, no Complexo Penitenciário de Gerichó.



Jovanis Falcão negou ter interesse na morte da juíza. Ele disse que respondia a dois processos e estava solto antes da morte de Patrícia. Após o crime, vários processos apareceram.

Ainda falta depôr Junior Cezar de Medeiros. Eles são três dos onze acusados de participar do assassinato da juíza Patrícia Acioli, morta com 21 tiros na porta de casa, em Niterói, em agosto de 2011. Eles respondem por homicídio triplamente qualificado e coautoria em formação de quadrilha armada.

Na terça-feira (29/1), 16 testemunhas foram ouvidas em mais de 12 horas de julgamento, que só foi interrompido às 20h30.

FONTEhttp://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/brasil/2012/12/04/interna_brasil,337434/cabo-da-pm-e-condenado-a-21-anos-pela-morte-da-juiza-patricia-acioli.shtml

Menor é apreendido no DF com arma roubada da polícia baiana Segundo a polícia, ele tentou fugir quando avistou os soldados


 A Polícia Militar apreendeu com um menor uma pistola calibre .40 nesta quarta-feira (30) no Riacho Fundo I, região administrativa do Distrito Federal. O detalhe é que a arma é de propriedade da Polícia Civil da Bahia.

Quando encontraram o adolescente, os policiais faziam ronda nas ruas da cidade.
Ao avistar a viatura, o menor tentou fugir, mas foi percebido e abordado.
A polícia investiga o caso e fará contato com a corporação baiana.

FONTE R7

segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

Irmão de professora que morreu ao ser jogada em cisterna é assassinado a tiros


Irmão de professora que morreu ao ser jogada em cisterna é assassinado a tiros

Polícia de Luziânia, onde eles moravam, descarta relação entre os crimes
Do R7, com TV Record | 28/01/2013 às 07h48
Publicidade
O irmão da professora Viviany Cardozo, estuprada e morta em outubro do ano passado, foi assassinado na noite do último domingo (27), no Jardim Ingá, em Luziânia, região do Entorno do DF. Lucas de Souza Duarte, de 17 anos, estava com um grupo de amigos quando homem chegou atirando. O adolescente foi atingido no pescoço. De acordo com a polícia, ele ainda correu cerca de 100 metros e caiu em um terreno abandonado.
O crime foi numa das principais avenidas do Jardim Ingá, há poucas quadras do Batalhão da Polícia Militar e da Delegacia de Polícia. Na mão do adolescente, a polícia encontrou um papelote de maconha. A principal suspeita da polícia é que o crime tenha sido motivado pelo tráfico de drogas.
Ao receber a notícia, a mãe do adolescente passou mal e precisou ser levada para o hospital da cidade. O pai e a madrasta do rapaz ficaram bastante abalados quando viram o corpo do rapaz.
A irmã do adolescente, a professora Viviane Cardoso, foi estuprada e assassinada em outubro do ano passado em uma chácara no Jardim Ingá. A jovem ficou desaparecida por uma semana. O corpo foi encontrado em uma cisterna há mais de dez metros de profundidade e coberto por pedras.

Na época, a polícia prendeu Bruno Moraes Elias que alegou ter ficado com a professora em uma festa. Os dois teriam brigado e para se vingar de um tapa no rosto, ele teria jogado uma pedra na professora.

Apesar do segundo assassinato em quatro meses na mesma família, a polícia descarta que haja relação entre as mortes.
Assista ao vídeo:

 Portal R7 

domingo, 27 de janeiro de 2013

“Ainda que a figueira não floresça, nem haja fruto na vide;


“Ainda que a figueira não floresça, nem haja fruto 

na vide;

o produto da oliveira minta, e os campos não 

produzam mantimento...

todavia eu me alegro no Senhor, exulto no Deus da 

minha salvação.”

Habacuque 17-18

Hoje eu me alegro de olhar a figueira vazia, porque 

sei que, tão certo quanto o sol se põe e no dia 

seguinte volta a aparecer, tão certo quanto a lua 

passa por todas as suas fases num período de 4 

semanas, ao inverno suceder-se-á a primavera, que 

encherá o jardim de folhas novas, flores e frutos.

É a maravilhosa provisão divina, com seu ciclo de 

descanso, carência, exuberância e vida!

BOM FINAL DE DOMINGO!

sábado, 26 de janeiro de 2013

Sargentos da Banda de Música são promovidos graças ao empenho do deputado Cabo Maciel


Sargentos da Banda de Música são promovidos graças ao empenho do deputado Cabo Maciel


Cabo Maciel vem aos poucos destravando os processos de promoções de vários policiais e bombeiros militares

Integrantes da Banda de Música já foram muito injustiçados

                Foi publicado no Diário Oficial do Estado (DOE), do dia 25, as promoções de 2º para 1º Sargento Edmar Pereira dos Reis e Francimar Azevedo da Silva. Ambos pertencem a Banda da Polícia Militar do Amazonas (PMAM).
               Essa é mais uma conquista obtida pelo deputado Cabo Maciel (PR), que com dedicação e persistência conseguiu junto ao Comando Geral da PMAM e da Casa Civil corrigir mais uma injustiça.

http://deputadocabomaciel.blogspot.com.br/2013/01/sargentos-da-banda-de-musica-sao.html

SGT DO 18º BPM É PRESA ACUSADA DE EMBRIAGUEZ Hoje pela manhã a Corregedoria da Polícia Militar esteve em Nova Contagem e prendeu uma Sargento (FEM) acusada de estar com sintomas de haver ingerido bebida alcoólica durante o serviço. A militar foi presa pela patrulha da corregedoria e levada para a sede so 18º BPM, autuada em flagrante.


MAJOR USANDO CRACK COM TRAVESTI É DOENTE, SGT ALCOOOLIZADA É BANDIDA.

SGT DO 18º BPM É PRESA ACUSADA DE EMBRIAGUEZ
Hoje pela manhã a Corregedoria da Polícia Militar esteve em Nova Contagem e prendeu uma Sargento (FEM) acusada de estar com sintomas de haver ingerido bebida alcoólica durante o serviço. A militar foi presa pela patrulha da corregedoria e levada para a sede so 18º BPM, autuada em flagrante.
A militar vinha a tempos fazendo tratamento contra o alcoolismo, fato considerado pela OMS - Organização Mundial de Saude, como doença. A militar precisa de tratamento e não de prisão.
Me revolta a covardia da Polícia Militar contra a sargento. Ninguém é a favor obviamente de que um militar se apresente com sintomas de alcool no serviço, pois tal fato alem de colocar em risco a vidas dos militares e da própria sociedade, denigre o nome da corporação.
O que me revolta neste caso, e a forma como a Polícia Militar trata diferenciadamente casos envolvendo oficiais superiores e praças.
A poucos dias atrás, um Major foi pego em um hotel na zona boêmia da capital na companhia de um travesti usando crack. O fato foi matéria de capa de jornal com ampla repercussão negativa para a Polícia Militar. O militar foi tratado como doente e recebeu apoio de todos, inclusive minha solidariedade para se tratar. O nome da PM foi jogado na lama, e como é um doente, pois dependência quimica é doença, e precisa de tratamento, nada aconteceu com o Major e ele foi internado.
Mas, agora quando o caso aconteceu com uma sargento, comprovadamente doente de alcoolismo, ela foi presa em flagrante. E o caso da sargento nao teve nenhuma repercussão externa.
Vergonhoso isso!
CORREGEDORIA COVARDE, DEVIAM TER 
VERGONHA DE SITUAÇÕES COMO ESTA.
MAJOR USANDO DROGAS COM TRAVESTI É 
DOENTE, SARGENTO ALCOOLIZADA É TRATADA 
COMO BANDIDA.

POLÍCIA DE SERGIPE É A PRIMEIRA DO BRASIL A USAR ÓCULOS DE VISÃO NOTURNA


POLÍCIA DE SERGIPE É A PRIMEIRA DO BRASIL A USAR ÓCULOS DE VISÃO NOTURNA





O Grupamento Tático Aéreo (GTA) da Policia Militar de Sergipe começou a utilizar óculos de visão noturna neste sábado (19), terceiro dia do Pré-Caju que acontece em Aracaju. Essa é a primeira vez que o equipamento é utilizado por forças policiais no Brasil, segundo o coordenador do GTA, major Fernando Góes.Os Night Vision Goggles (NVG) são importados dos Estados Unidos e fabricados apenas por duas empresas no mundo. O equipamento permite que pilotos de helicóptero enxerguem até cinco quilômetros de distância em locais sem nenhuma visibilidade, o que aumenta a capacidade de alcance em uma operação. O Governo do Estado de Sergipe investiu cerca de R$ 500 mil na compra do equipamento e no treinamento da tripulação. No país, somente a Força Aérea Brasileira (FAB) e o Exército utilizam os óculos de visão noturna, que são iguais aos que foram utilizados durante a operação das forças militares dos EUA para a captura do terrorista Osama Bin Laden. O equipamento será utilizado para auxiliar na segurança de voos. Para isso, 12 policiais foram aos Estados Unidos para receber treinamento teórico e prático. "Os óculos vão ser essenciais no monitoramento de grandes festas populares, além de buscas no mar, mata fechada e em lugares desertos. É um ganho de valor incontável para a preservação da vida humana", afirma o piloto Fernando Telles.


GLOBO.COM
via cabo heronidesvia qthdanoticia.blogspot.com


Read more: http://qthdanoticia.blogspot.com/2013/01/policia-de-sergipe-e-primeira-do-brasil.html#ixzz2J5r9Q046

POLICIAIS MILITARES DE GOIÁS !


sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

Em Cristalina, homem coloca fogo em pneus, queima a própria casa e foge


Em Cristalina, homem coloca fogo em pneus, queima a própria casa e fogeO autor do crime teria colocado pneus dentro da geladeira, fogão e teto do imóvel em que morava e ateado fogo

Publicação: 25/01/2013 14:03 Atualização: 25/01/2013 15:16
Um homem espalhou pneus dentro da geladeira, fogão e teto da casa em que morava e ateou fogo. O crime ocorreu na Quadra 24 do Bairro Cristal, em Cristalina (GO), no Entorno, na madrugada desta sexta-feira (25/1). 

O Batalhão do Corpo de Bombeiros de Cristalina informou que o autor do crime colocou fogo na residência após a mãe, proprietária do imóvel, ter pedido a casa de volta. Segundo os bombeiros, a mãe do suspeito informou que o homem teria colocado fogo na casa, pois não queria sair do imóvel. Os móveis ficaram destruídos, mas ninguém ficou ferido, pois a residência estava vazia. O incendiário fugiu.


http://www.correiobraziliense.com.br


quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

BOM DIA POVO ABENÇOADO!


Muitas pessoas seguem a vida sob o jugo da acusação, originada de muitas fontes: pais, amigos, família, inimigos, consciência... esse confronto recorrente com os erros faz com que essas pessoas desistam de seus sonhos, resultando em baixa auto estima e depressão.
É preciso entender que todos erramos e, por conta disso, fomos destituídos da glória de Deus. Não existe sob a face da Terra ninguém que seja perfeito. Isso não significa que devemos nos lançar ao chão em meio a nossa própria miséria. 
Temos um Deus soberano, onisciente, onipotente e onipresente, que nos ama mais que qualquer pessoa deste mundo é capaz de amar. Esse Deus se fez homem como nós e entregou sua própria vida, para pagar por nossas transgressões.
Portanto, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus, que não andam segundo a carne, mas segundo o Espírito. Rm 8:1
BOM DIA POVO ABENÇOADO!

quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

Quadrilha rouba carro, assalta loja, mas bate veículo e é presa, NO ENTORNO.



Polícia apreende garoto de 13 anos suspeito de comandar quadrilha de assaltantes

O grupo foi pego após cometer dois assaltos na região do Entorno do DF
Do R7, com TV Record | 23/01/2013 às 08h32
Publicidade
Uma quadrilha de cinco pessoas foi pressa na última terça-feira (22), acusadas de cometer uma série de crimes no Jardim Ingá, distrito de Luziânia - GO, região do Entorno do DF. Entre os suspeitos estavam dois menores. Um deles tem 13 anos e é suspeito de ser o chefe do bando.

O grupo tinha acabado de roubar uma loja de materiais de construção. Foi o proprietário do comércio quem avisou a polícia. Ele viu o momento exato do assalto pelas câmeras de segurança do local.

A polícia conseguiu fazer a prisão após o grupo assaltar um homem em um posto de combustível. Ele parou o carro para checar um barulho no motor. Em seguida ele foi abordado e levado pelos assaltantes. No caminho os assaltantes decidiram prender o homem numa árvore no meio do mato. Eles fugiram com o carro da vítima para praticar outros crimes.

O motorista conseguiu se soltar e foi direto para a delegacia mais próxima. Enquanto isso, a Polícia Militar recebeu a informação sobre o roubo da loja e foi atrás dos criminosos. Os cinco foram pegos ainda em Luziânia. Estavam todos dentro do carro já em busca da próxima vítima, segundo a polícia.
Cliente mata mecânico porque não gostou do serviço

Segundo a polícia, o carro roubado foi visto pela equipe que fazia o patrulhamento. Os assaltantes perceberam que estavam sendo seguidos e tentaram fugir, mas acabaram batendo numa mureta.

A polícia ainda conseguiu apreender a arma usada nos crimes, celulares das vítimas e R$ 170 em dinheiro que estava no caixa da loja. Os assaltantes foram levados para o Ciops (Centro Integrado de Operações de Segurança) de Luziânia.
Assista ao vídeo:


 R7

AS MAIS DOS ULTIMOS 30 DIAS

FOTOS ON LINE

ACIOLLYVERSATIL@HOTMAIL.COM