ANUNCIE SUA EMPRESA AQUI

OBRIGADO POR VOSSA VISITA***

quarta-feira, 18 de setembro de 2013

Casal preso por tentativa de vender filha vai para a cadeia Os dois podem pegar um pena de até quatro anos de reclusão

Casal preso por tentativa de vender filha vai para a cadeiaOs dois podem pegar um pena de até quatro anos de reclusão



Eles foram autuados em flagrante por entrega de filho a terceiro mediante pagamento ou recompensa, crime previsto no Estatuto da Criança e do Adolescente (Roberto Ramos/DP/D.A Press)
Eles foram autuados em flagrante por entrega de filho a terceiro mediante pagamento ou recompensa, crime previsto no Estatuto da Criança e do Adolescente

Seguiram para o Cotel e para a Colônia Penal Feminina, respectivamente, o homem e a mulher presos em flagrante no final da tarde de ontem quando tentavam vender a filha de dois anos de idade. Levados para a Gerência de Polícia da Criança e do Adolescente (GPCA) do Recife, eles tiveram fiança arbitrada em R$ 15 mil para cada mas, como não pagaram a quantia, foram encaminhados para responder o processo na cadeia.

Eles foram autuados em flagrante por entrega de filho a terceiro mediante pagamento ou recompensa, crime previsto no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). Os dois podem pegar um pena de até quatro anos de reclusão.


Em depoimento, o homem disse que pretendia dar um golpe e não entregar a menina. A entrega seria feita na Estação do Metrô de Jaboatão, na Região Metropolitana do Recife (RMR) . A negociação foi feita por meio do Facebook com uma mulher de Campina Grande (PB), que resolveu denunciar o caso à Polícia Civil de Pernambuco e ao Ministério Público da Paraíba.
De acordo com o delegado, Geraldo da Costa, que apura o caso, o suspeito era foragido do regime semiaberto do estado do Rio de Janeiro. Ele assumiu ter feito um perfil falso na rede social e insistiu que fez tudo sozinho, motivado pela situação financeira precária da família. A crainça teria sido negociada por R$1,5 mil, um notebook e dez parcelas de R$ 200. A mãe da menina alegou que não teria condições de trabalhar e ficar com a criança ao mesmo tempo, mas teria entrado em contradição durante o depoimento.

Crianças - A menina de dois anos foi recolhida para o Conselho Tutelar. A irmã mais velha de quatro anos, também deverá ser levada para o abrigo, localizado em Jaboatão dos Guararapes.
Postar um comentário

AS MAIS DOS ULTIMOS 30 DIAS

FOTOS ON LINE

ACIOLLYVERSATIL@HOTMAIL.COM