ANUNCIE SUA EMPRESA AQUI

OBRIGADO POR VOSSA VISITA***

terça-feira, 24 de setembro de 2013

Musa do Crime: presa pela Polícia Federal, modelo ajudava a operar esquema de lavagem de dinheiro Ex-musa de time de futebol, Luciane Hoepers aliciava prefeitos para participar da quadrilha

Na semana passada, a operação Miquéias, da Polícia Federal, desarticulou um esquema de lavagem de dinheiro que movimentou R$ 300 milhões num período de um ano e meio e causou prejuízos de R$ 50 milhões a fundos de pensão municipais. Entre os 20 presos na operação, estaria a modelo Luciane Hoepers, que pode ser chamada de a Musa do Crime. Saiba como ela teria conhecido os homens públicos nas imagens a seguirNa semana passada, a operação Miquéias, da Polícia Federal, desarticulou um esquema de lavagem de dinheiro que movimentou R$ 300 milhões num período de um ano e meio e causou prejuízos de R$ 50 milhões a fundos de pensão municipais. Entre os 20 presos na operação, estaria a modelo Luciane Hoepers, que pode ser chamada de a Musa do Crime. Saiba como ela teria conhecido os homens públicos nas imagens a seguir
Foto: Montagem/R7

MUSA DO CRIME: LOIRA FATAL ALICIAVA POLÍTICOS PARA LAVAR DINHEIRO. VEJA AS FOTOS

Na semana passada, a operação Miquéias, da Polícia Federal, desarticulou um esquema de lavagem de dinheiro que movimentou R$ 300 milhões num período de um ano e meio e causou prejuízos de R$ 50 milhões a fundos de pensão municipais. Entre os 20 presos na operação, estaria a modelo Luciane Hoepers, que pode ser chamada de a Musa do Crime. A PF descobriu, enquanto investigava um escândalo de desvio de recursos de fundos de pensão de prefeituras e governos estaduais, que a quadrilha usava belas mulheres para se aproximar de políticos que pudessem ajudar no esquema fraudulento.

Uma das mulheres usadas pela quadrilha era Luciane Hoepers. Ela é modelo e conseguia envolver os políticos com seus olhos claros e altura de 1,75 m.

Além de modelo, Luciane também é atriz e participou de vários programas de televisão. Ela também já foi eleita a musa do time de futebol Avaí, de Santa Catarina. Ela trabalhava como agente financeira do grupo Invista, operado pela quadrilha. Luciane estaria presa ao lado de outras 19 pessoas que participavam do esquema.

De acordo com reportagem do jornal O Estado de S.Paulo, Luciane almoçou com vários políticos do PMDB de Goiás. De acordo com a investigação da PF, Luciane teria uma lista de prefeitos e ex-prefeitos para procurar. Eles eram das cidades de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, Santa Catarina e São Paulo.

O esquema consistia em aliciar agentes públicos para que as prefeituras investissem o dinheiro dos fundos de pensão em títulos indicados pelo grupo. Em troca, o gestor recebia uma parte do dinheiro.

A Musa do Crime seria uma das 20 pessoas presas pela PF, que também apreendeu 74 veículos, entre carrões de luxo, lancha e moto.

Veja abaixo as fotos da musa do crime:






Fonte: R7
Postar um comentário

AS MAIS DOS ULTIMOS 30 DIAS

FOTOS ON LINE

ACIOLLYVERSATIL@HOTMAIL.COM