ANUNCIE SUA EMPRESA AQUI

OBRIGADO POR VOSSA VISITA***

segunda-feira, 2 de setembro de 2013

Pedro Taques participa de debate sobre mudanças na legislação trabalhista no campo

Pedro Taques participa de debate sobre mudanças na legislação trabalhista no campo

Mato Grosso tem como uma das suas principais bases econômicas o agronegócio. Além de contribuir para a economia, o setor é hoje um dos grandes empregadores do estado.

Com as especificidades do trabalho no campo, Justiça do Trabalho, Famato e Fetagri debatem hoje em Cuiabá a legislação trabalhista rural. O setor produtivo defende que a jornada de trabalho no campo é diferente da urbana e por isso precisa ser tratada de modo diferente pela justiça.

O senador Pedro Taques tem acompanhado a discussão e foi um dos intermediadores entre a justiça do trabalho, setor produtivo (Famato) e trabalhadores (Fetagri) para a realização do evento que conta com a participação de juristas de todo o Brasil especialistas na área.

O senador de Mato Grosso está ouvindo todos os lados do processo para a proposição de um projeto visando aperfeiçoar a legislação vigente.

“Uma lei deve ser feita por técnicos e também por aqueles que conhecem realidade de perto: os trabalhadores do campo. Este é um evento importante pois os produtores, os sindicatos dos trabalhadores e a Justiça do Trabalho estão dialogando. Com base nesse debate, do fruto de um consenso, eu posso contribuir com a apresentação medidas legislativas, contribuindo com um dos setores econômicos mais importantes de Mato Grosso, mas sem retrocesso aos direitos do trabalhador”.

O senador lembrou que este ano esteve em algumas fazendas de Mato Grosso para conhecer de perto a realidade do trabalho no campo, buscando subsídios para seu trabalho legislativo. (AI)
Pedro Taques participa de debate sobre mudanças na legislação trabalhista no campo

Mato Grosso tem como uma das suas principais bases econômicas o agronegócio. Além de contribuir para a economia, o setor é hoje um dos grandes empregadores do estado.

Com as especificidades do trabalho no campo, Justiça do Trabalho, Famato e Fetagri debatem hoje em Cuiabá a legislação trabalhista rural.  O setor produtivo defende que a jornada de trabalho no campo é diferente da urbana e por isso precisa ser tratada de modo diferente pela justiça.

O senador Pedro Taques tem acompanhado a discussão e foi um dos intermediadores entre a justiça do trabalho, setor produtivo (Famato) e trabalhadores (Fetagri) para a realização do evento que conta com a participação de juristas de todo o Brasil especialistas na área.

O senador de Mato Grosso está ouvindo todos os lados do processo para a proposição de um projeto visando aperfeiçoar a legislação vigente.

“Uma lei deve ser feita por técnicos e também por aqueles que conhecem realidade de perto: os trabalhadores do campo. Este é um evento importante pois os produtores, os sindicatos dos trabalhadores e a Justiça do Trabalho estão dialogando. Com base nesse debate, do fruto de um consenso, eu posso contribuir com a apresentação medidas legislativas, contribuindo com um dos setores econômicos mais importantes de Mato Grosso, mas sem retrocesso aos direitos do trabalhador”.

O senador lembrou que este ano esteve em algumas fazendas de Mato Grosso para conhecer de perto a realidade do trabalho no campo, buscando subsídios para seu trabalho legislativo. (AI)
Postar um comentário

AS MAIS DOS ULTIMOS 30 DIAS

FOTOS ON LINE

ACIOLLYVERSATIL@HOTMAIL.COM