ANUNCIE SUA EMPRESA AQUI

OBRIGADO POR VOSSA VISITA***

quarta-feira, 5 de fevereiro de 2014

Médica cubana do "Mais Médicos" foge da Polícia Federal, abriga-se no DEM e pede asilo ao Brasil

Médica cubana do "Mais Médicos" foge da Polícia Federal, abriga-se no DEM e pede asilo ao Brasil

Ao lado, contrato que a médica assinou com o governo de Cuba. O editor recebeu cópia ontem a noite, enviada de Brasília.


A liderança do DEM avisou nesta quarta-feira de manhã que será uma embaixada dos médicos que quiserem desertar.

O repórter Márcio Falcão, Folha de S. Paulo, conta na edição de hoje do jornal que a integrante do Mais Médicos, a cubana Ramona Matos Rodriguez, 51, deixou o programa e anunciou na noite desta terça-feira que vai pedir asilo político ao Brasil. Ela disse que vai permanecer refugiada na liderança do DEM na Câmara dos Deputados, aguardando uma decisão do governo brasileiro, já que está sendo "perseguida pela Polícia Federal". Clínica-geral, ela chegou ao país em outubro e atuava em Pacajá, no Pará. Ela diz que deixou a cidade no sábado e seguiu para Brasília após descobrir que o valor de R$ 10 mil pago pelo governo brasileiro a outros médicos estrangeiros era muito superior ao que ela recebia pelos serviços prestados. A cubana alega ainda ter sido enganada sobre a possibilidade de trazer seus familiares ao país.

. A médica Ramona Matos foi apresentada nesta terça no plenário da Câmara por líderes do DEM. Em entrevista, ela contou que recebia por mês US$ 400 para viver no Brasil e outros US$ 600 seriam depositados em uma conta em Cuba, que só poderiam ser movimentados no retorno para a ilha.
Postar um comentário

AS MAIS DOS ULTIMOS 30 DIAS

FOTOS ON LINE

ACIOLLYVERSATIL@HOTMAIL.COM