ANUNCIE SUA EMPRESA AQUI

OBRIGADO POR VOSSA VISITA***

segunda-feira, 17 de março de 2014

ASSALTANTE QUE MATOU POLICIAL EM MINAS GERAIS SE EXIBE COM A ARMA QUE MATOU O PM E COM DINHEIRO ROUBADO!


Plantão Policial.


ASSALTANTE QUE MATOU POLICIAL EM MINAS GERAIS SE EXIBE COM A ARMA QUE MATOU O PM E COM DINHEIRO ROUBADO!

Um dos criminosos que assaltou uma lotérica e que baleou um policial militar na tarde desta sexta-feira (14) no Centro de Pouso Alegre (MG), se exibiu em fotos com armas e o dinheiro roubado do estabelecimento. As imagens foram encontradas pela polícia em um telefone celular no momento da prisão de outros três suspeitos, dois homens e uma mulher, que participaram do assalto. Nas fotos, o suspeito, que foi baleado nas costas, também aparece com um curativo. O suspeito que se exibiu e outro assaltante que foi baleado na perna conseguiram fugir, mas foram presos na madrugada deste sábado escondidos em uma mata.
O subtenente Gabriel Machado Alvarenga, de 49 anos, morreu na madrugada deste sábado (15) no Hospital Samuel Libânio depois de ser submetido a uma cirurgia. Um dos suspeitos que estava sendo procurado pela polícia foi identificado como o garçom Adriano Viana de Oliveira, de 24 anos. Ele foi identificado depois de ser flagrado pelas câmeras de segurança do estabelecimento. O suspeito que aparece se exibindo nas fotos de celular foi identificado apenas pelo apelido de "Vaninho". Na casa onde os três suspeitos foram presos foram encontrados um revólver calibre 38 e parte do dinheiro da lotérica. Também foram encontradas roupas sujas de sangue.

Morte de policial e assalto

O subtenente Gabriel Machado Alvarenga, de 49 anos, (foto) baleado durante o assalto, morreu na madrugada deste sábado no Hospital Samuel Libânio após ser submetido a uma cirurgia. O policial havia levado um tiro na região da barriga durante a troca de tiros com os assaltantes. A troca de tiros aconteceu quando os criminosos já saíam da lotérica. Eles tiveram dificuldades para ligar uma motocicleta que dava apoio. O policial militar levou um tiro na altura da barriga e foi socorrido por um taxista para o Hospital Samuel Libânio. Já os dois suspeitos, que foram baleados nas costas e em uma das pernas, conseguiram fugir em uma moto que foi abandonada no bairro da saúde. Eles conseguiram levar cerca de R$ 14 mil. No veículo, havia marca de tiros e manchas de sangue. Três suspeitos que davam apoio à ação foram presos no final da tarde desta sexta-feira (14). As armas que estavam com eles também foram apreendidas.

Fonte: G1 Minas Gerais
Postar um comentário

AS MAIS DOS ULTIMOS 30 DIAS

FOTOS ON LINE

ACIOLLYVERSATIL@HOTMAIL.COM