ANUNCIE SUA EMPRESA AQUI

OBRIGADO POR VOSSA VISITA***

quarta-feira, 30 de abril de 2014

Exército fiscaliza desvio de explosivos em empresas fabricantes A força armada colabora com os preparativos do Ministério da Defesa para a Copa do Mundo de 2014

Exército fiscaliza desvio de explosivos em empresas fabricantes A força armada colabora com os preparativos do Ministério da Defesa para a Copa do Mundo de 2014
Publicação: 30/04/2014 12:10 Atualização: 30/04/2014 13:47

Uma grande operação para fiscalizar a produção de explosivos é realizada pela Diretoria de Fiscalização e Produtos Controlados do Exército Brasileiro, em todo o território brasileiro.

Iniciada na última segunda-feira (28/5), a operação, batizada de Dínamo II, pretende evitar que empresas e pessoas não habilitadas façam uso desse tipo de produto. De acordo com o Exército, a operação colabora com os preparativos do Ministério da Defesa para a Copa do Mundo de 2014.
Em parceria com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o exército realizou ações de vistoria e fiscalização no posto da BR-020, entre Brasília e Formosa, na última terça-feira (29/4). Para auxiliar no trabalho, os militares utilizaram cães de guerra da Polícia do Exército - os mesmos que serão usados em junho, na segurança da Copa do Mundo.

De acordo com o coronel Drawanz, chefe de fiscalização de produtos controlados da 11ª Região Militar - responsável pela operação no Distrito Federal, já foram realizadas 40 vistorias no DF, Goiás, Tocantins e Triângulo Mineiro. "O objetivo da operação é evitar o extravio de explosivos dentro das empresas. Nós já fzemos três autuações de irregularidades, mas nenhuma apreensão", explica Drawanz.
Durante as ações de fiscalização, os militares também verificam se as exigências estipuladas pelo exército, como a maneira que os explosivos são produzidos, o comércio, a utilização e o armazenamento dos artefatos e se a documentação e autorização para a produção do material estão em dia.

Os locais que serão fiscalizados não podem ser divulgados, para não atrapalhar o desenvolvimento do trabalho. O coronel Drawanz lembra que as inspeções são feitas de surpresa. Segundo o coordenador da 11ª Região Militar, ainda não há data para o término da operação.

A operação Dínamo II faz parte de um conjunto de medidas adotadas pelo Exército Brasileiro desde 2013 para melhorar a fiscalização sobre as atividades com explosivos
 
FONTE CORREIO BRASILIENSE

terça-feira, 29 de abril de 2014

Júnior Friboi depois de humilhar, emite nota tripudiando sobre Iris Rezende

Júnior Friboi depois de humilhar, emite nota tripudiando sobre Iris Rezende


Júnior Friboi depois de humilhar, emite nota tripudiando sobre Iris Rezende

Nota de Júnior Friboi é um atraque à história de Iris Rezende

Em nota oficial o empresário Júnior Friboi, agora o único pré-candidato ao governo de Goiás pelo PMDB, teima em humilhar o ex-cacique peemedebista, Iris Rezende Machado, que foi defenestrado do partido que ele mesmo ajudou a construir desde os primeiros passos da sigla até os dias de hoje.
SAIBA MAIS: IRIS DESISTE DE SER CANDIDATO AO GOVERNO DE GOIÁS
Júnior Friboi não fala a verdade quando diz que Iris soube entender a vontade das bases como se ele, Friboi, tivesse tido uma vitória limpa. O próprio Iris disse que saia da briga por ver o PMDB “lançado ao mercado de especulações pouco republicanas”.  Iris Rezende ainda atingiu em cheio o bilionário Júnior Friboi ao dizer que sempre participou de lutas leais dentro do PMDB, sugerindo que desta vez não iria a luta por entender que não há lealdade por parte do adversário, no caso o próprio Júnior Friboi. 
Confira a nota postada por Júnior Friboi em seu perfil no Facebook onde ele humilha e tripudia sobre Iris Rezende
Saúdo o gesto de grandeza do meu amigo Iris Rezende. Ele soube reconhecer a vontade das bases do partido pela unidade. Juntos construiremos uma proposta capaz de resgatar a dignidade do Estado de Goiás. Unido, o PMDB cumprirá sua vocação de lutar pelas bandeiras que Iris dedicou sua vida a defender, como o combate à miséria e a luta por moradia digna. Por saúde e educação de qualidade para todos os goianos. E por um Estado onde a segurança pública garanta a tranquilidade dos cidadãos de bem. É mais um exemplo de maturidade política do PMDB de Goiás e do compromisso do partido com a população do nosso Estado.
Be Sociable, Share!
FONTE http://www.canalgama.com.br/noticias/politica/junior-friboi-depois-de-humilhar-emite-nota-tripudiando-sobre-iris-rezende

Escola é a única do Jardim ABC, na Cidade Ocidental (GO), para crianças de 1ª a 4ª série

Escola é a única do Jardim ABC, na Cidade Ocidental (GO), para crianças de 1ª a 4ª série
A Escola Municipal ALeixo Pereira Braga II, a única do Jardim ABC, na Cidade Ocidental (GO), Entorno do Distrito Federal, a atender alunos de 1ª a 4ª série está fazendo rodízio de alunos e causando revolta nos pais. O motivo, segundo a diretoria do centro de ensino, é a superlotação e a incapacidade do prédio de atender a todas as 1,2 mil crianças matriculadas.

- Foi uma alternativa que achamos para abrigar todos os alunos matriculados na rede municipal. Foi uma forma que nós encontramos, de uma maneira harmônica com os pais, essa saída, afirmou a prefeita da cidade, Giselle Araújo. 

Segundo ela, a previsão é de que um outro prédio seja construído apenas no ano que vem. Enquanto isso, os alunos terão de se dividir entre os três turnos (7h30-10h30/11h -14h /14h30-17h30). As aulas passaram a ter três horas diárias, e não mais cinco.

Pais e alunos não aceitam a situação. 
 

- A maioria dos alunos vai ficar jogada. Se com o horário normal as crianças já aprendem coisa ruim, imagine eles [alunos] indo para casa e os pais trabalhando? Aí quando se tornam marginais, a culpa é dos pais, disse uma aluna da escola.  

Mãe de três alunos da escola, Magnólia Calista cobra solução urgente para o ensino dos filhos.  

- Eu quero uma solução para eles resolverem não só por mim, mas por todos. 
Fonte: R7DF

Em carta, Iris Rezende desiste oficialmente de sua pré-candidatura

Em carta, Iris Rezende desiste oficialmente de sua pré-candidatura
A pressão do empresário Júnior Friboi dentro do PMDB criou um fato político inédito na política goiana: o ex-prefeito Iris Rezende, pela primeira vez, foi impedido de disputar um cargo que desejava.
Em carta, Iris Rezende desiste oficialmente de sua pré-candidatura
A pressão do empresário Júnior Friboi dentro do PMDB criou um fato político inédito na política goiana: o ex-prefeito Iris Rezende, pela primeira vez, foi impedido de disputar um cargo que desejava. Nos próximos minutos, o presidente da legenda em Goiás, o deputado Samuel Belchior, deve ler uma carta em que o ex-prefeito praticamente se despede da política.
As articulações dos últimos dias levaram o cacique peemedebista a seguir a orientação da executiva nacional e abandonar a corrida eleitoral para o cargo de governador.

O MAIS GOIÁS publica a carta de desistência de Iris Rezende, onde ele critica o governo e também a oposição.

"Carta ao PMDB e ao povo de Goiás

Nos meus 56 anos de vida pública lutei e vivi intensamente o sonho de deixar como legado um país melhor para as futuras gerações. E tive a honra de participar da construção do maior partido político do Brasil livre e democrático, após o fim da ditadura militar, o PMDB. Acredito até hoje, do fundo de minha alma, que política se faz com ideais, com respeito às pessoas e com verdadeiro amor às causas pelas quais vale a pena lutar.

Falo de combater a miséria em nosso Estado. Falo de melhorar a vida dos que têm menos e dependem do Poder Público até para conseguir uma casa. Falo de fazer com que essa casa tenha asfalto na porta e que a energia elétrica, a água e a rede de esgoto cheguem a todos.

E falo também, com fervor ainda maior, da luta para que não faltem educação e saúde de qualidade para todos. Para mim são causas que valem a dedicação de toda uma existência. Esta é minha luta, por onde passei: de líder estudantil à Câmara Municipal e prefeitura de Goiânia, de lá para a Assembleia Legislativa e o governo do Estado, aos ministérios da Agricultura e da Justiça e ao Senado Federal.

Nesse momento, contudo, vejo Goiás muito fragilizado. Nossa infraestrutura está comprometida. A população está assustada diante dos maiores índices de violência da nossa história. Ninguém sabe quem de fato controla a segurança pública em Goiás. E como se não bastasse, temos serviços públicos cada vez piores, especialmente na educação, saúde e distribuição de energia.

Por outro lado, vejo a oposição fragmentada e também fragilizada. Por isso, lancei minha pré-candidatura ao governo de Goiás. Senti que meu nome seria novamente o mais competitivo, com maior capacidade de aglutinar os anseios populares basta ver a lembrança ao meu nome nas pesquisas eleitorais, mesmo sem que eu me movimentasse como pré-candidato e de outros partidos de oposição numa disputa contra o atual governo estadual. Atendi, inclusive, ao apelo do Partido dos Trabalhadores (PT), de que só manteria a aliança com o PMDB em Goiás se eu me dispusesse a ser candidato a governador. Mas nunca pensei que veria o PMDB dividido internamente e lançado ao mercado de especulações pouco republicanas. Já participei de muitas disputas internas no partido, nacionais e em Goiás, ganhei e perdi, mas sempre foram embates leais, pautados por ideais. Não quero, contudo, que meu nome seja instrumento de cisão desse partido, que é resultado do sentimento de muitos goianos.

Desta forma, é com enorme pesar no coração que retiro minha pré-candidatura às eleições desse ano. Tomo essa decisão em respeito ao meu partido, à minha história e, sobretudo, em respeito ao povo goiano.

Sigo sempre em busca do bem maior para o Estado de Goiás e para o Brasil.

Iris Rezende Machado
FONTE - Welliton Carlos Do Mais Goiás Nos próximos minutos, o presidente da legenda em Goiás, o deputado Samuel Belchior, deve ler uma carta em que o ex-prefeito praticamente se despede da política.
As articulações dos últimos dias levaram o cacique peemedebista a seguir a orientação da executiva nacional e abandonar a corrida eleitoral para o cargo de governador.

O MAIS GOIÁS publica a carta de desistência de Iris Rezende, onde ele critica o governo e também a oposição.
"Carta ao PMDB e ao povo de Goiás
Nos meus 56 anos de vida pública lutei e vivi intensamente o sonho de deixar como legado um país melhor para as futuras gerações. E tive a honra de participar da construção do maior partido político do Brasil livre e democrático, após o fim da ditadura militar, o PMDB. Acredito até hoje, do fundo de minha alma, que política se faz com ideais, com respeito às pessoas e com verdadeiro amor às causas pelas quais vale a pena lutar.
Falo de combater a miséria em nosso Estado. Falo de melhorar a vida dos que têm menos e dependem do Poder Público até para conseguir uma casa. Falo de fazer com que essa casa tenha asfalto na porta e que a energia elétrica, a água e a rede de esgoto cheguem a todos.
E falo também, com fervor ainda maior, da luta para que não faltem educação e saúde de qualidade para todos. Para mim são causas que valem a dedicação de toda uma existência. Esta é minha luta, por onde passei: de líder estudantil à Câmara Municipal e prefeitura de Goiânia, de lá para a Assembleia Legislativa e o governo do Estado, aos ministérios da Agricultura e da Justiça e ao Senado Federal.
Nesse momento, contudo, vejo Goiás muito fragilizado. Nossa infraestrutura está comprometida. A população está assustada diante dos maiores índices de violência da nossa história. Ninguém sabe quem de fato controla a segurança pública em Goiás. E como se não bastasse, temos serviços públicos cada vez piores, especialmente na educação, saúde e distribuição de energia.
Por outro lado, vejo a oposição fragmentada e também fragilizada. Por isso, lancei minha pré-candidatura ao governo de Goiás. Senti que meu nome seria novamente o mais competitivo, com maior capacidade de aglutinar os anseios populares basta ver a lembrança ao meu nome nas pesquisas eleitorais, mesmo sem que eu me movimentasse como pré-candidato e de outros partidos de oposição numa disputa contra o atual governo estadual. Atendi, inclusive, ao apelo do Partido dos Trabalhadores (PT), de que só manteria a aliança com o PMDB em Goiás se eu me dispusesse a ser candidato a governador. Mas nunca pensei que veria o PMDB dividido internamente e lançado ao mercado de especulações pouco republicanas. Já participei de muitas disputas internas no partido, nacionais e em Goiás, ganhei e perdi, mas sempre foram embates leais, pautados por ideais. Não quero, contudo, que meu nome seja instrumento de cisão desse partido, que é resultado do sentimento de muitos goianos.
Desta forma, é com enorme pesar no coração que retiro minha pré-candidatura às eleições desse ano. Tomo essa decisão em respeito ao meu partido, à minha história e, sobretudo, em respeito ao povo goiano.
Sigo sempre em busca do bem maior para o Estado de Goiás e para o Brasil.
Iris Rezende Machado
FONTE - Welliton Carlos Do Mais Goiás
https://www.facebook.com/sargento.roque.7/posts/705025046207991:0

Mulher é encontrada morta dentro de casa com sinais de estrangulamento Crime ocorreu em Planaltina e a polícia suspeita de homicídio

Mulher é encontrada morta dentro de casa com sinais de estrangulamento Crime ocorreu em Planaltina e a polícia suspeita de homicídio
Publicação: 29/04/2014 15:42 Atualização: 29/04/2014 15:44
Uma mulher foi encontrada morta dentro de casa por volta de 7h da manhã desta terça-feira (29/4), no setor de oficina de Planaltina. De acordo com a polícia, Danielle de Sousa Barbosa, 29 anos, tinha sinais de estrangulamento no corpo e estava com um pano no pescoço.

A polícia suspeita de homicídio. A 31ª Delegacia de Polícia investiga o caso.

Direitos Humanos do Senado aprova cotas para negros em concursos

Direitos Humanos do Senado aprova cotas para negros em concursos

 
A senadora Ana Rita foi a relatora do PL na comissão
(Foto:
Karlos Geromy/OIMP/D.A Press)

Da Agência Senado
 
A Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa do Senado (CDH) aprovou nesta terça-feira (29) o projeto de lei da Câmara (PLC) 29/14 , que reserva aos negros e pardos 20% das vagas oferecidas nos concursos públicos federais. Apresentado pelo Executivo, o projeto aplica a reserva de vagas aos órgãos no âmbito da administração pública federal, das autarquias, fundações públicas, empresas públicas e sociedades de economia mista controladas pela União. O projeto será analisado pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ).
 
Pela proposta aprovada na CDH, poderão concorrer às vagas reservadas os candidatos que se declararem negros e pardos no ato da inscrição no concurso público, conforme o quesito cor ou raça usado pela Fundação Instituto Brasileiro de Geografia Estatística (IBGE). Haverá cota racial sempre que o número de vagas oferecidas no concurso público for igual ou superior a três.
 
O projeto também prevê punições, caso seja constatada falsidade na declaração do candidato, indo da eliminação do concurso até a sujeição de anulação da admissão ao serviço ou emprego público do candidato que fraudar os dados.
 
O projeto estabelece o prazo de dez anos para validade da medida proposta e prevê que a reserva não se aplica aos concursos cujos editais tenham sido publicados antes da vigência da lei.
 
A relatora na CDH, senadora Ana Rita (PT-ES) afirmou que a reserva de 20% de vagas para as pessoas negras nos concursos públicos é decorrência do sucesso verificado com a adoção das cotas nas universidades.
 
– Estimativas do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão indicam que apenas 30% dos servidores públicos federais ativos são negros (pretos ou pardos), contrastando com os 50,7% de negros da população brasileira, conforme dados do Censo 2010 – destacou Ana Rita.
 
Votos:
Tags: Direitos  Humanos  do  Senado  aprova  cotas  para  negros  em  concursos  
FONTE  http://www.dzai.com.br/papodeconcurseiro/blog/papodeconcurseiro?tv_pos_id=151789

PREFEITO GAÚCHO DISCRIMINA GOIANOS NO RIO GRANDE DO SUL. As palavras do prefeito.

                                                           As palavras do prefeito.


“O que falar de uma cidade como a nossa, que não tem desemprego, limpa, que tem atendido uma série de necessidades básicas? Não temos favela, invasão, gente morando embaixo de lona, de madeirite. Mas temos que ter cuidado ao falar sobre isto. Se colocarmos que aqui só tem coisas boas, as pessoas pensam: ‘vou para lá!’ Botam a mudança em um caminhão, e vamos ver todas as coisas que não queremos. É importante dizer que, para vir pra cá, precisa ter profissão, estudo. Que o custo de vida aqui não é barato. Me parece que as pessoas que fizeram a mudança aqui eram baianos e goianos… não queremos isso para o município. Se vier uma infestação aqui de baianos e goianos, vai começar a ter fome, vão ter que invadir algum lugar… e passamos a ter problemas no futuro e quem sabe a nossa tranquilidade e qualidade de vida comecem a cair”. Fonte: Jornal contexto.

Francisco Xavier da Silva prefeito de Carlos Barbosa no Rio Grande do Sul à 100 Km de Porto Alegre  em declaração na sede da prefeitura durante a  apresentação da diretoria da 25ª festiqueijo temeu a imigração de baianos e goianos ao seu município e tratou o caso como " infestação", a infestação se dá de algo como praga que leva destruição a alguma coisa, essa declaração repercutiu de forma negativa em Goiás tendo em vista ser um Estado que mais acolhe sulistas e principalmente gaúchos e aqui os goianos nunca trataram a vinda deles como "infestação", ao contrário apesar das diferenças de culturas tem uma convivência amigável, e diante da declaração o Deputado Federal do DEM-GO Ronaldo Caiado goiano tradicional e respeitado pelo povo de Goiás, pediu em nome do Estado dos Goyazes  em seu Twiter uma retratação do prefeito ao povo goiano e dentro do que foi dito o prefeito retratou dizendo:

“Peço desculpas pelo ocorrido. Nunca houve maldade em meu discurso e não foi intenção 
ofender qualquer cidadão, de qualquer lugar do País. O que quis dizer é que se as pessoas quiserem 
vir pra cá, podem vir que serão bem recebidas. Minhas colocações foram na intenção de expor que 
as pessoas venham com condições de se manter, com qualificação, para facilitar a conquista de um 
emprego, para que vivam com dignidade, porque o custo de vida é muito alto aqui. Não posso 
concordar em ver qualquer cidadão passando necessidades, me dói muito isso. Eu sei o que é passar 
por dificuldades. Paguei aluguel por 21 anos antes de conseguir financiar minha casa. Me entristece 
ver algumas famílias que vem pra cá em condições de vulnerabilidade social, passando enormes 
dificuldades. Isso que eu gostaria de evitar, o sofrimento destas pessoas. O Município tenta ajudar o máximo possível, mas temos nossas limitações, e nunca conseguimos auxiliar o suficiente. Como de 
costume, minhas falas são sempre espontâneas, nunca faço uso de discursos escritos. Estou muito 
abalado pela proporção que teve uma fala “atrapalhada”, mas sem má fé. Humildemente reafirmo 
em público minhas escusas pelo ocorrido e manifesto meu forte apreço pelo povo de qualquer lugar 
do Brasil, especialmente aos baianos e goianos, citados equivocadamente e de forma infeliz por 
mim”. Fonte: Site da Prefeitura de Carlos Barbosa RS

SUSPEITO DE TER PRATICADO LATROCÍNIO É PRESO NO ENTORNO DE BRASILIA***

Em uma abordagem feita pela Polícia Militar próximo ao Posto 81 na BR 050 na tarde dessa segunda feira, foi detido Washington Castro dos Santos suspeito de ter praticado latrocínio no Distrito Federal. Em seguida foi conduzido à Brasilia de helicóptero por agentes da Polícia Civil do DF.

segunda-feira, 28 de abril de 2014

Assembleia aprova reajuste de servidores da Segurança Pública e da área da Saúde

Assembleia aprova reajuste de servidores da Segurança Pública e da área da Saúde

O Plenário aprovou, em duas sessões extraordinárias na tarde desta segunda-feira, 14 projetos em tramitação na Casa, em primeira e segunda votação. Os destaques ficam com projetos do Executivo sobre reajuste salarial escalonado de servidores da área de Segurança Pública do Estado, da Defensoria Pública, da Secretaria de Estado da Saúde e de gestores governamentais.
Em duas reuniões extraordinárias realizadas na tarde desta segunda-feira, 28, os deputados apreciaram 14 projetos de lei em tramitação na Casa. Dentre os projetos cinco foram aprovados em primeira votação e nove em votação definitiva. Foram oito projetos de autoria do Governo do Estado, um do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), um da Mesa Diretora da Casa e quatro de autoria parlamentar.
Dentre os projetos do Governo aprovados em votação definitiva, e que seguem agora para sanção no Palácio das Esmeraldas, três deles versam sobre reajuste salarial escalonado de servidores da área de Segurança Pública do Estado. Todos eles reajustam os vencimentos da seguinte forma: 18,50% em dezembro de 2014; 12,33% em dezembro de 2015; 12,33% em dezembro de 2016; e 12,33% em dezembro de 2017.
O primeiro desses processos, protocolado sob nº 1.477/14, reajusta os valores dos subsídios das carreiras dos servidores integrantes do Sistema de Execução Penal do Estado de Goiás (agentes penitenciários). O segundo, protocolado sob nº 1.475/14, reajusta os valores do subsídios dos Delegados de Polícia da Diretoria-Geral da Polícia Civil do Estado de Goiás. Já o projeto nº 1.476/14 reajusta os subsídios dos oficiais, praças especiais e demais praças da Polícia Militar, do Corpo de Bombeiros Militar, ativos e inativos e de seus pensionistas.
Outro projeto aprovado em definitivo, na oportunidade, é o protocolado sob nº 1.480/14 que dispõe sobre o reajuste dos subsídios dos Defensores Públicos do Estado de Goiás.
Em primeira votação, foi aprovado o projeto 1.551/14, oriundo da Governadoria do Estado, que dispõe sobre o plano de cargos e remuneração dos servidores efetivos das Secretaria de Estado de Saúde de Goiás.
A proposta determina que a movimentação do servidor nas referências do cargo por ele ocupado se dará de forma automática, a cada dois anos de uma referência de vencimento para a subsequente, dentro do mesmo cargo e respectivo nível, em virtude do tempo de exercício no cargo. O valor de 3% incidente sobre o vencimento básico é cumulativo entre uma referência e outra.
A matéria também enuncia que servidores inativos, bem como pensionistas, terão direito ao mesmo tratamento conferido a seus pares. Será concedido, ainda, adicional de titulação e aperfeiçoamento a servidores efetivos que tenham concluído cursos relacionados às atribuições dos cargos que estejam exercendo, de acordo com as seguintes especificações: 30%, 20% e 10% para cargos de nível superior, destinados, respectivamente, a portadores de doutorado, mestrado e especialização.
A proposta também concede adicional de 7% aos ocupantes de cargos de nível médio, cujo somatório de cursos de aperfeiçoamento seja igual ou superior a 260 horas, bem como aumento de 5% para os cargos de nível fundamental, cujo somatório de cursos de aperfeiçoamento seja igual ou superior a 180 horas.
O projeto ainda contempla os servidores da Saúde com a concessão de Gratificação de Produtividade, que tem por objetivo compensar e estimular servidores dos quadros de fiscalização sanitária.
Por fim, será atribuída gratificação de preceptoria, supervisão e tutoria de 15% sobre o vencimento inicial do grupo ocupacional em que o servidor estiver posicionado, quando em exercício de uma dessas funções (em jornada mínima de 20 horas semanais) nas unidades de saúde que possuem Programas de Residência reconhecidos pelo Ministério da Saúde e da Educação.
Durante a sessão extraordinária foi ainda colocado em apreciação o processo do Executivo, de nº 1.087/2014, de autoria do Ministério Público do Estado de Goiás, que trata da revisão geral anual da remuneração dos servidores do Órgão, relativa à data-base do mês de maio de 2014. A matéria teve sua votação prejudicada por falta de quórum mínimo em Plenário. A votação deverá ser retomada durante a próxima sessão.
fonte>>> http://al.go.leg.br/noticias/ver/id/124856/assembleia+aprova+reajuste+de+servidores+da+seguranca+publica+e+da+area+da+saude

Mulheres policiais poderão se aposentar mais cedo!

Mulheres policiais poderão se aposentar mais cedo!
O plenário aprovou nesta terça-feira projeto que muda as regras pra aposentadoria de mulheres policiais. Pela proposta, as servidoras se aposentam após 25 anos de contribuição, desde que tenham sido policiais por pelo menos quinze anos.
O projeto foi apoiado pela maioria dos deputados, especialmente da bancada feminina.
Mas o governo foi contra. O líder Arlindo Chinaglia teme que se criem precedentes.
"Nós estamos abrindo um grave precedente. É o precedente de que amanhã outras categorias, mulheres ou não, acreditem que o melhor caminho para gerirmos a Previdência Social no Brasil seja uma continuidade de benefícios, o que o sistema não suporta."
Para o deputado João Campos, que milita desde da elaboração do PLP 275/2001, afirma que, agora será feita justiça com a categoria.
"São mulheres de carreiras típicas de Estado, que investigam corrupção, crime organizado, e no final do dia voltam pra casa para ter uma dupla jornada. Cuidar dos filhos, do marido, da casa."
O plenário também aprovou proposta que permite ao trabalhador rural usar financiamento público do Banco da Terra pra comprar terra de outros beneficiados em herança.

O projeto segue pra sanção presidencial.
Luis Macedo / Câmara dos Deputados

Professora receberá horas extras por período de recreio

Uma professora de Curitiba (PR) receberá da Sociedade Educacional Expoente S/C Ltda. (em recuperação judicial) pagamento de horas extras pelo período referente ao recreio. A Sétima Turma do Tribunal Superior do Trabalho (TST) reconheceu que esse tempo deve ser considerado como de efetivo serviço. Na ação que ajuizou contra o grupo educacional, a professora alegou que ficava à disposição dos alunos ou dos superiores durante o período de intervalo entre as aulas.
Para o ministro Luiz Philippe Vieira de Mello Filho, relator do recurso de revista, "o intervalo, nacionalmente conhecido como recreio, não pode ser contado como interrupção de jornada, tendo em vista que, pelo curto período de tempo, impede que o professor se dedique a outros afazeres fora do ambiente de trabalho". Ele esclareceu que, como o professor fica à disposição do empregador, o período deve ser considerado como de efetivo serviço, nos termos do artigo 4º da CLT.
Anteriormente, o Tribunal Regional do Trabalho da 9ª Região (PR) concluíra que o período não podia ser computado na jornada de trabalho, pois a professora poderia usufruir dele como bem lhe conviesse. Admitida pela Organização Educacional Expoente Ltda., ela trabalhou mais de dois anos por meio de contratos com várias instituições do grupo e foi dispensada da última escola em dezembro de 2008. Depois da decisão do TRT, a professora recorreu ao TST.
Ao examinar o recurso, a Sétima Turma do TST reformou o acórdão regional, por violação ao artigo 4º da CLT, e determinou o cômputo do período de recreio como tempo efetivo de serviço.
(Lourdes Tavares/CF)
Processo: ARR-3597500-24.2009.5.09.0015 - Fase Atual: ED
O TST possui oito Turmas julgadoras, cada uma composta por três ministros, com a atribuição de analisar recursos de revista, agravos, agravos de instrumento, agravos regimentais e recursos ordinários em ação cautelar. Das decisões das Turmas, a parte ainda pode, em alguns casos, recorrer à Subseção I Especializada em Dissídios Individuais (SBDI-1).
Esta matéria tem caráter informativo, sem cunho oficial.
Permitida a reprodução mediante citação da fonte.
Secretaria de Comunicação Social
Tribunal Superior do Trabalho
Tel. (61) 3043-4907
imprensa@tst.jus.br
fonte http://www.tst.jus.br/noticias/-/asset_publisher/89Dk/content/professora-recebera-horas-extras-por-periodo-de-recreio?redirect=http://www.tst.jus.br/noticias%3Fp_p_id%3D101_INSTANCE_89Dk%26p_p_lifecycle%3D0%26p_p_state%3Dnormal%26p_p_mode%3Dview%26p_p_col_id%3Dcolumn-2%26p_p_col_count%3D2

Câmara Municipal de Goiania Go concede homenagem A Comandante***

Coronel Silvio Alves foi homenageado pela Câmara de Goiânia
O comandante-geral da Polícia Militar de Goiás, coronel Silvio Benedito Alves, foi um dos homenageados pela Câmara Municipal de Goiânia. A honraria foi concedida logo mais às 20 horas desta segunda-feira, 28, durante sessão especial em agradecimento aos relevantes serviços prestados pela PM goiana. A propositura é de autoria da vereadora Drª Cristina Lopes.

Sem substituto, Marconi Perillo será candidato O governador Marconi Perillo (PSDB) já tomou a sua decisão - será candidato à reeleição em outubro.

Sem substituto, Marconi Perillo será candidato
O governador Marconi Perillo (PSDB) já tomou a sua decisão - será candidato à reeleição em outubro. Segundo fontes palacianas, o tucano tem pronto o seu caminho político e espera apenas o melhor momento para divulgá-lo.
Deve fazê-lo por volta do início do período legal para as convenções, dia 10 de junho. Pesou à sua decisão o fato de não haver um substituto que fosse capaz de aglutinar toda a base aliada e criar expectativa de vitória.
Apesar de não ver um cenário muito favorável, o governador não tem alternativa. Se a oposição vier desunida, melhor. Ao contrário, aumenta ainda mais a necessidade de um candidato forte para representar o governo do Estado.
A vitória seria a redenção dele e do grupo. Em caso de derrota, o governador poderia ainda articular uma saída, como uma vaga no Tribunal de Contas do Estado (TCE), como se tem especulado.
A única coisa que poderia tirar Marconi da disputa, analisam os governistas, é se ocorresse algum fato novo de última hora, como algum desdobramento do Caso Cachoeira. Como é pouco provável, o tucano é candidatíssimo. Eduardo Sartorato Da colunha Linha Direta, do jornal Tribuna do Planalto, 
http://www.emaisgoias.com.br/noticias/politica/2014/3/27/42613.html?Sem+substituto,+Marconi+Perillo+sera+candidatoSem substituto, Marconi Perillo será candidato
O governador Marconi Perillo (PSDB) já tomou a sua decisão - será candidato à reeleição em outubro. Segundo fontes palacianas, o tucano tem pronto o seu caminho político e espera apenas o melhor momento para divulgá-lo.
Deve fazê-lo por volta do início do período legal para as convenções, dia 10 de junho. Pesou à sua decisão o fato de não haver um substituto que fosse capaz de aglutinar toda a base aliada e criar expectativa de vitória.
Apesar de não ver um cenário muito favorável, o governador não tem alternativa. Se a oposição vier desunida, melhor. Ao contrário, aumenta ainda mais a necessidade de um candidato forte para representar o governo do Estado.
A vitória seria a redenção dele e do grupo. Em caso de derrota, o governador poderia ainda articular uma saída, como uma vaga no Tribunal de Contas do Estado (TCE), como se tem especulado.
A única coisa que poderia tirar Marconi da disputa, analisam os governistas, é se ocorresse algum fato novo de última hora, como algum desdobramento do Caso Cachoeira. Como é pouco provável, o tucano é candidatíssimo. Eduardo Sartorato Da colunha Linha Direta, do jornal Tribuna do Planalto,
http://www.emaisgoias.com.br/noticias/politica/2014/3/27/42613.html?Sem+substituto,+Marconi+Perillo+sera+candidato

sábado, 26 de abril de 2014

Foi realizado em Luziania Go uma Reunião emergencial sobre a violência e criminalidade no município e entorno , desta vez com o reforço do secretário de Segurança Pública do Estado de Goiás, Joaquim Mesquita

Foi realizado em Luziania Go uma  Reunião emergencial sobre a violência e criminalidade no município e entorno , desta vez com o reforço do secretário de Segurança Pública do Estado de Goiás, Joaquim Mesquita.    Em Luziania fica a séde do CRPM e Orgãos ligados diretamente a Secretaria de Segurança Publica.      Sob o Comando do Ten Cel  Heber que não mede nem poupa esforços em desenvolver e prestar um trabalho de qualidade na prevenção contra o crime.     A Policia Militar  com ações preventivas vem desenvolvendo uma série de Operações que tem saldos positivos como detenção e captura de Criminosos,Foragidos da justiça  , recuperação de Veículos em suas operações  que tem também a colaboração  e parceria da coirmã  PMDF  que atua nas faixas que delimitam a região Metropolitana de Brasilia.   Não podemos deixar de ressaltar a participação e reforço da Força Nacional que está sempre presente  na Região do Entorno.
       Os vereadores da Câmara Municipal de Luziânia participaram da mesma e defenderam a população.
Com a presença das Polícias Militares e Civil na reunião, metas foram traçadas e as novas ações de combate já começam hoje!
E a CML lembrou do ENCONTRO DE SEGURANÇA PÚBLICA que será realizado no dia 29 de maio de 2014 no plenário local.


http://sgtaciolly.blogspot.com/

Em dois anos, Comando de Operações de Divisas apreendeu 10 toneladas de drogas em Goiás

Em dois anos, Comando de Operações de Divisas apreendeu 10 toneladas de drogas em Goiás
Foto de Polícia Militar do Estado de Goiás.
Goiânia, 25 de abril de 2014 – O Comando de Operações de Divisas da Polícia Militar já apreendeu mais 10 toneladas de drogas durante as abordagens e operações deflagradas em diferentes regiões do Estado. O balanço com as principais ações realizadas pela unidade especializada da PM foi apresentado na manhã desta sexta-feira, dia 25, durante solenidade comemorativa aos dois anos de existência do COD.
Criado em 2012 com o objetivo de reforçar a fiscalização nas divisas de Goiás, o trabalho realizado pelo Comando de Operações de Divisas (COD) se tornou referência. Além das ações direcionadas para desarticular quadrilhas de traficantes, o COD se destaca também pela sua atuação de repressão e combate aos crimes de contrabando, descaminho, receptação, roubo e porte ilegal de arma de fogo.
Foto de Polícia Militar do Estado de Goiás. Desde que foi criado, a unidade especializada abordou 46.829 pessoas, vistoriou 21.769 veículos, 3.524 caminhões, 406 ônibus e 2.337 motocicletas. Durante o trabalho preventivo, o COD recapturou 32 foragidos da Justiça, apreendeu 19 armas de fogo, recuperou 32 veículos e realizou a prisão de 333 pessoas pela prática das mais diversas modalidades de crimes como tráfico de drogas, contrabando, descaminho, receptação, roubo, porte ilegal de arma de fogo e estelionato.
Foto de Polícia Militar do Estado de Goiás. Para reforçar esse trabalho de combate ao tráfico de drogas e coibir a prática de outras modalidades de crimes, serão implantadas cinco novas bases nos municípios de São Miguel do Araguaia, Britânia, Luziânia, Catalão e Itumbiara. Com a implantação das novas unidades, o COD contará com 15 bases localizadas em pontos estratégicos de Goiás. Atualmente, o COD conta com bases nas cidades de Cachoeira Alta, Aporé, Chapadão do Céu, Piranhas, Jataí, Goiânia, Corumbaíba, Cabeceiras, Posse e Campos Belos.
Pioneiro nesta modalidade de policiamento de divisas, o trabalho do COD sempre é realizado com base no levantamento realizado pela Secretaria de Segurança Pública (SSP) sobre as incidências de crimes em cada região. Conforme o mapeamento realizado, a Região Sudoeste concentra a entrada de drogas, armas e contrabando. Nas regiões Sul e Sudeste há maior incidência de roubo de veículos. Nas regiões Nordeste e Norte as ocorrências são de crimes ambientais e das quadrilhas conhecidas como “Novo Cangaço”.
Foto de Polícia Militar do Estado de Goiás. Para o comandante do COD, a consolidação de parcerias com as Polícias Federal, Rodoviária Federal e Civil contribuíram significativamente com as ações desencadeadas em todo o Estado. Ele destacou ainda a importância do trabalho conjunto com o Graer, Rotam, Choque, Giro, unidades de áreas e outras unidades especializadas da PM. “Através desta concentração de esforços, contabilizamos um exitoso saldo de apreensões de drogas interceptadas de outros Estados”, complementa.
Na avaliação do comandante-geral da PM, coronel Silvio Benedito Alves, o trabalho de combate ao tráfico de drogas se destaca ainda mais ao considerar que Goiás não faz fronteira com outros países, mas se preocupa e desenvolve ações de repressão ao tráfico e outras modalidades de crimes. “Goiás não é um Estado fronteiriço, mas vem se destacando pela sua atuação expressiva apreendendo drogas, combatendo o contrabando e reforçando a fiscalização das nossas divisas”, pontua o comandante. 
FONTE POLICIA MILITAR

quinta-feira, 24 de abril de 2014

OBRIGADO POR MAIS DE 250 MIL VISITAS A NOSSA PAGINA VOCÊ É A RAZÃO É O NOSSO MOTIVO PARA CONTINUAR LEVANDO A INFORMAÇÃO E NOTICIA OBRIGADO COLABORADORES POR NOS ENVIAR NOTICIAS E SUGESTÕES PARA NOSSAS POSTAGENS . OBRIGADO POLICIA MILITAR INSTITUIÇÃO A QUE PERTENÇO COM MUITO ORGULHO http://sgtaciolly.blogspot.com.br/

OBRIGADO POR MAIS DE 250 MIL VISITAS A NOSSA PAGINA VOCÊ É A RAZÃO É O NOSSO MOTIVO PARA CONTINUAR LEVANDO A INFORMAÇÃO E NOTICIA OBRIGADO COLABORADORES POR NOS ENVIAR NOTICIAS E SUGESTÕES PARA NOSSAS POSTAGENS .  OBRIGADO POLICIA MILITAR INSTITUIÇÃO A QUE PERTENÇO COM MUITO ORGULHO http://sgtaciolly.blogspot.com.br/

Policial mata namorada algemada com quatro tiros no meio da rua em Curitiba Crime aconteceu em um bairro nobre da cidade após uma discussão entre o casal


Policial mata namorada algemada com quatro tiros no meio da rua em Curitiba

Crime aconteceu em um bairro nobre da cidade após uma discussão entre o casal



Do R7, com Rede Record



O policial tentou se matar após cometer o crime Reprodução Bem Paraná

Um policial civil matou a namorada com quatro tiros na tarde desta quinta-feira (24) em um bairro nobre de Curitiba (PR). Após uma discussão, ele algemou a mulher no meio da rua e atirou quatro vezes contra o peito dela. Depois, tentou se matar com um tiro no pescoço e está internado no hospital universitário Cajuru.

Napoleão Seki Júnior é investigador da polícia. Muito nervoso, ele teria retirado Paola Cardoso do veículo em que estavam puxando pelo cabelo. O crime aconteceu na rua Sete de Abril.

A cena foi filmada por pessoas que passavam pelo local.

Assista ao vídeo:

Rodoviários do Entorno do DF protestam em frente à sede da ANTT Manifestantes exigem que a agência cobre das empresas de ônibus soluções para os problemas trabalhistas enfrentados pelos rodoviários



Rodoviários do Entorno do DF protestam em frente à sede da ANTT Manifestantes exigem que a agência cobre das empresas de ônibus soluções para os problemas trabalhistas enfrentados pelos rodoviários


Publicação: 23/04/2014 12:25 Atualização: 23/04/2014 17:28





Sede da ANTT: polícia monitora protesta de rodoviários do Entorno do DF


Rodoviários do grupo Vian protestam em frente à sede da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), no Setor de Clubes Sul, nesta quarta-feira (23/4). De acordo com o Sindicato dos Rodoviários do Entorno do Distrito Federal, os manifestantes exigem que a agência cobre das empresas Via Luz e Viação Anapolina - que compõe o grupo Vian - soluções para os problemas trabalhistas enfrentados pelos funcionários.

Segundo o secretário de finanças do sindicato, Osvaldo Rodrigues, cerca de 1.200 manifestantes - a PM estima 400 - estão reunidos em frente ao prédio da ANTT. Eles aguardam o termino de uma reunião que ocorre entre representantes dos rodoviários, do grupo Vian e de integrantes da ANTT.
Os manifestantes reclamam que não recebem salário há pelo menos dois meses e que alguns funcionários não recebem o vale-alimentação há cerca de 3 meses. Segundo os rodoviários, as garagens das duas empresas estão fechadas há 16 dias e eles não conseguem trabalhar, nem procurar outro emprego porque não receberam baixa na carteria de trabalho.

A ANTT informou que não compete à agência resolver questões trabalhistas como as reivindicadas pelos manifestantes e que uma equipe, juntamente com um representante do Ministério Público do Trabalho marcará uma audiência com o juiz responsável pela ação trabalhista do sindicato. Ela servirá para explicar a situação da empresa, que não opera e nem recebe os funcionários para definir a situação deles.

População do Entorno
Com as empresas do grupo Vian sem funcionar há 16 dias, o transporte rodoviário nas cidades de Luizânia, Jardim Ingá, Valparaíso, Novo Gama, Cidade Ocidental e Lago Azul está prejudicado. A população fica a mercê do transporte pirata, além de empresas menores e de outras que operam na região por meio de liminar.

De acordo com o gerente da garagem da Anapolina no Novo Gama, Francisco Ribeiro dos Santos, o grupo Vian depende de um empréstimo que seria obtido junto ao governo federal. Segundo Francisco, o grupo depende do empréstimo para poder voltar a trabalhar. O dinheiro emprestado seria usado para pagar as dívidas com os trabalhadores, para comprar combustível e para fazer a manutenção dos coletivos. 

FONTE CORREIO BRAZILIENSE

CAMARA FEDERAL APROVA PROJETO QUE REGULAMENTA FUNCIONAMENTO DAS GUARDAS MUNICIPAIS


O Plenário aprovou o Projeto de Lei 1332/03, que regulamenta a criação e o funcionamento das guardas municipais, permitindo o uso de arma de fogo nos casos previstos no Estatuto do Desarmamento (Lei 10.826/03).
Em discurso, o DEPUTADO AMAURI TEIXEIRA falou sobre a situação dos guardas municipais e mostrou seu apoio;
“Nós vamos assegurar às guardas municipais a abordagem e o porte de armas. Nós precisamos municipalizar a segurança no Brasil. Nós precisamos rever o sistema e integrar as guardas municipais no sistema de segurança para ver se a gente abranda um pouco a falência desse sistema no momento atual.”
http://migre.me/iTZZx

ANAPOLINA DECLARA FALÊNCIA E DIZ PRA FUNCIONÁRIOS IR PRA JUSTIÇA, MASSACROU O POVO, AGORA OS FUNCIONÁRIOS



ANAPOLINA DECLARA FALÊNCIA E DIZ PRA FUNCIONÁRIOS IR PRA JUSTIÇA, MASSACROU O POVO, AGORA OS FUNCIONÁRIOSCOMO SEMPRE A NOVELA QUE ESTAVA SENDO PROTAGONIZADA AGORA VIRA A PAGINA PARA UM PROXIMO CAPITULO...Uma grande e longa demanda judicial que está apenas começando um calvário para servidores que carregavam essa maquina de transportar seres humanos pessoas entre Luziania e demais municipios a Brasilia/Df.

Para aqueles que arriscavam suas vidas dioturnamente enfrentando sol e chuva correndo o risco de morte em assaltos constantes , agora resta uma saida ir buscar seus direitos na justiça. Quem se lembra do caso que rola na justiça há décadas do caso da massa falida da Vasp? ou quem se lembra da massa falida da famosa Encol em Goiás?

Pois é assim que se inicia a longa e crucial caminhada dos funcionários da Viação ANAPOLINA.

SEU SALARIO VAI SER REAJUSTADO ASSIM....7.52% AGORA MÊS DE MAIO DE 2014....2.78% EM SETEMBRO DE 2014....18% EM DEZEMBRO DE 2014....12.33% EM DEZEMBRO DE 2015....12.33% EM DEZEMBRO DE 2016 E 12.33% EM DEZEMBRO DE 2017. Depois vem os "descontos" : IPASGO, FAS - MILITAR, FARDAMENTO,DIF. FUNDO PREVIDENCIÁRIO, CAIXA BENEF. , ASSOCIAÇÃO E IRRF. No resumo: Governo dá com uma mão e tira com a outra!

O REPRESENTANTE LEGITIMO DAS PRAÇAS PMGO É O MAJOR ARAUJO MESMO SE UM DIA NÃO CAMINHARMOS Juntos Por questões partidárias e não pessoal ... EU TENHO O RECONHECIMENTO E É SENSO DE JUSTIÇA APLAUDIR DE PÉ ESSE GRANDE GUERREIRO .



Aciolly de Melo O REPRESENTANTE LEGITIMO DAS PRAÇAS PMGO É O MAJOR ARAUJO MESMO SE UM DIA NÃO CAMINHARMOS Juntos Por questões partidárias e não pessoal ... EU TENHO O RECONHECIMENTO E É SENSO DE JUSTIÇA APLAUDIR DE PÉ ESSE GRANDE GUERREIRO . Se as Policias fizessem mais deputados o resultado seria mais conquistas porém a falta de união nos leva a ter a representatividade que merecemos. Agora vir nas paginas sociais falar que Gilberto Max e Cia são os salvadores da categoria é subestimar a inteligência dos mais de 30 mil eleitores que votaram no Mj Araujo e nunca votarão nesse trio da hipocrisia. Sabe o que é representatividade classista? é Vir a publico dar a cara e satisfação aos seus associados que ficaram a mercê das falácias e boa vontade do Executivo que se elegeu fazendo comícios e campanhas dentro de nossas associações e após eleito virou as costas para os servidores. Enquanto isso os que diziam lideres classistas estavam engordando suas contas com os cargos e vantagens pessoais enganando seus associados para não vir as ruas em mobilizações por melhorias salariais. A propósito não me lembro desse trio nas mobilizações e nem nas reuniões junto as tropas... Sabem por quê ? Enquanto o Dep.Major Araujo lutava pelos direitos da categoria eles vendiam seus associados em negociatas as portas fechadas sem o aval de seus associados***

LANÇAMENTO GOSPEL PELA GRAVADORA GOSPEL NOVO TEMPO



Lan?amento Novo Tempo
(12) 2127-3011


AS MAIS DOS ULTIMOS 30 DIAS

FOTOS ON LINE

ACIOLLYVERSATIL@HOTMAIL.COM