ANUNCIE SUA EMPRESA AQUI

OBRIGADO POR VOSSA VISITA***

terça-feira, 2 de setembro de 2014

Operação policial fecha casas de prostituição no Entorno do DF Ação conjunta entre DF e Goiás fiscalizou nove bares de Luziânia




Uma operação conjunta entre as polícias Civis de Goiás e Distrito Federal fechou, seis casas de prostituição em Luziânia (GO), região do Entorno do DF. Mais de cem policiais cumpriram mandos de busca e apreensão em nove bares da cidade.

Em um dos bares a polícia encontrou duas adolescentes, uma de 13 anos e outra de 16 anos vendendo bebidas alcoólicas durante a madrugada. A mãe das menores, que é dona do bar, foi indiciada pelo crime de maus tratos. A mulher foi ouvida e vai responder o processo em liberdade. A polícia suspeita ainda que as jovens eram vítimas de exploração sexual e por isso outras pessoas serão ouvidas.

Outras três mulheres foram indiciadas pelo crime de exploração sexual. Rosangela Maia da Silva, de 34 anos, e Ivone Goncalves Araújo, de 59 anos, foram presas em flagrante e estão no presídio de Luziânia. Elas mantinham a casa de prostituição alugando quartos. Uma senhora de 79 anos, Jenir Rocha, também autuada e vai responder ao processo em liberdade até que as investigações sejam concluídas.

Segundo a polícia algumas casas de prostituição tinham até 30 quartos. Cada cômodo era alugado por, em media, R$ 130 ao mês. A polícia ainda investiga quanto as suspeitas ganhavam por cada programa.

De acordo com os delegados que comandaram a ação, a prostituição não é considerada crime, mas a exploração sexual, no entanto, está previsto no Código Penal Brasileiro.

FONTE R7 EDITADO
Postar um comentário

AS MAIS DOS ULTIMOS 30 DIAS

FOTOS ON LINE

ACIOLLYVERSATIL@HOTMAIL.COM