ANUNCIE SUA EMPRESA AQUI

OBRIGADO POR VOSSA VISITA***

quinta-feira, 17 de setembro de 2015

Adolescente diz que ouviu 'estalo' antes de gaiola de roda-gigante cair Garota e uma prima sofreram queda de 5 metros de altura e ficaram feridas. Elas se recuperam em casa; parque não tem alvará e foi interditado, em GO.



08/09/2015 07h49 - Atualizado em 08/09/2015 07h49

Adolescente diz que ouviu 'estalo' antes de gaiola de roda-gigante cair
Garota e uma prima sofreram queda de 5 metros de altura e ficaram feridas.
Elas se recuperam em casa; parque não tem alvará e foi interditado, em GO.



Do G1 GO
FACEBOOK










As duas adolescentes que ficaram feridas após caírem de uma roda-gigante em um parque de diversões em Luziânia, no Entorno do Distrito Federal, se recuperam das lesões em casa. Uma delas, a estudante Bárbara Helen Silva, de 15 anos, diz que ouviu um barulho estranho antes da gaiola cair. “Foi tão rápido que quando estalou deu mais uma rodada e a gente caiu”, disse. Sem alvará de funcionamento, o local foi interditado.

A outra vítima, Tamires dos Santos, de 14, diz que ainda sente dores. “Machuquei a minha boca, cortou meu queixo e o braço. Ainda sinto muita dor de cabeça, mas não me lembro de nada”, contou.


Uma testemunha, que não quis se identificar, disse que a gaiola caiu por levar peso superior ao suportado. “A cadeira estava subindo, mas ela estava com muito peso e começou a balançar. Quando ela estava lá no alto, tombou e caiu”.O acidente aconteceu na noite de sábado (5).As adolescentes, que são primas, sofreram uma queda de 5 metros depois que a gaiola em que estavam se desprendeu do brinquedo. Elas foram socorridas e encaminhadas ao Hospital Regional de Santa Maria, no Distrito Federal, e receberam alta no domingo (6).

Irregularidades
Após o acidente, os bombeiros fizeram uma vistoria no local e constataram que, além da falta de alvará, o parque apresenta irregularidades na fiação elétrica e não possui extintores de incêndio. Sendo assim, o estabelecimento foi interditado.

“O proprietário do parque não procurou o Corpo de Bombeiros, com toda a documentação, para que fosse emitido o certificado de conformidade. Aí sim ele poderia estar atuando de forma legal”, afirmou o sargento Fernando Domingos.

Já a Prefeitura de Luziânia informou que o parque também não solicitou autorização da administração municipal para instalar os brinquedos. Os donos foram localizados e notificados para que a situação seja regularizada.

A família das adolescentes denunciou o caso à Polícia Civil, que deve fazer uma perícia no parque e a começar a ouvir testemunhas nesta terça-feira (8).

Pai de Bárbara, o motorista Gilson de Lima diz que está aliviado, mas acredita que o acidente poderia ter sido mais grave e pede providências. “A gente tem que agradecer pelo fato da minha filha e sobrinha terem sofrido apenas lesões. Mas não queremos que isso aconteça com outras pessoas”.
Gaiola de roda-gigante onde primas estavam, em Goiás (Foto: Jardely Pascoal/TV Anhanguera)

ACIOLLY ENTORNO SUL 190

sgtaciolly.blogspot.com/
Postar um comentário

AS MAIS DOS ULTIMOS 30 DIAS

FOTOS ON LINE

ACIOLLYVERSATIL@HOTMAIL.COM