ANUNCIE SUA EMPRESA AQUI

OBRIGADO POR VOSSA VISITA***

quarta-feira, 2 de setembro de 2015

Idosa manda matar namorado de 22 anos que se recusou a casar com ela Os executores do crime receberam R$300 e celular da vítima. Todos foram detidos

Idosa manda matar namorado de 22 anos que se recusou a casar com ela

Os executores do crime receberam R$300 e celular da vítima. Todos foram detidos

 
    

 postado em 02/09/2015 12:51 / atualizado em 02/09/2015 13:12
Facebook.com/Reprodução da Internet
 

Uma idosa de 60 anos, moradora de Luziânia (GO), foi mandante de um crime bárbaro que chocou o município goiano. Odete Alves Cerqueira Pereira tinha um relacionamento com um jovem, de 22 anos, mas decidiu por um fim trágico à relação. Nascido no Piauí, Paulo Gerson Benício morava na cidade há quatro anos e estava desaparecido há dois meses. O corpo dele foi encontrado no último sábado (29/8) na área rural do município.

Paulo foi enforcado e teve o corpo carbonizado a mando de Odete. Segundo os investigadores, o rapaz não queria se casar com a idosa e teve a vida ceifada. A "viúva-negra" e os suspeitos executores do homicídio foram presos.

Segundo a família do rapaz, ele estava sendo pressionado a se casar. "Eles nos disseram que ela chegou a ameaçar Paulo, dizendo que se ele não ficasse com ela, não ficaria com mais ninguém", detalha Eduardo Gomes, delegado titular da Delegacia de Homicídios de Luziânia. O casal já morava junto.

Premeditado
Segundo os investigadores, Odete contratou um casal próximo a eles para matá-lo. Os assassinos receberiam, pelo crime, R$ 300 mais o celular da vítima, depois que eles fizessem o serviço. Edinardo Ribeiro Júnior, 21 anos, e a namorada dele, 17, fizeram uma visita casual ao casal, na última sexta-feira. "Quando a vítima se distraiu, o Júnior lhe deu um golpe por trás, uma chave de pescoço. Quando ele já estava inconsciente Odete deu um lençol aos suspeitos, que sufocaram Paulo até a morte. Depois, os três enrolaram o corpo no lençol, colocaram num veículo, o descartam na área rural e atearam fogo", narra Gomes.

Depoimento
À polícia, em interrogatório a menor de idade, confirmou todas as informações. Já Odete negou tudo, não quis colaborar, e acabou presa. Júnior foi detido no sábado e apontou o local de desova do corpo. “Com as indicações dele, a equipe fez a varredura no local e conseguiu identificar a ossada da vítima, finalizando o caso”, explicou o titular.

Os dois adultos responderão por homicídio qualificado, ocultação de cadáver e corrupção de menores. A jovem, que é suspeita de fazer mediação entre Júnior e Odete, e que teria ficado com o celular, ficará internada em uma unidade para crianças e adolescentes infratores. Ela deve cumprir medidas socioeducativas.
FONTE http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/cidades/2015/09/02/interna_cidadesdf,496956/idosa-manda-matar-namorado-de-22-anos-que-se-recusou-a-casar-com-ela.shtml

Postar um comentário

AS MAIS DOS ULTIMOS 30 DIAS

FOTOS ON LINE

ACIOLLYVERSATIL@HOTMAIL.COM