ANUNCIE SUA EMPRESA AQUI

OBRIGADO POR VOSSA VISITA***

domingo, 28 de fevereiro de 2016

Foragido morre após troca de tiros com a polícia . Corpo de Bombeiros foi acionado mas, ao chegar ao local, a vítima já estava sem vida


Foragido da Papuda morre após troca de tiros com a polícia em Brazlândia
Corpo de Bombeiros foi acionado mas, ao chegar ao local, a vítima já estava sem vida

Maria Eduarda Cardim - Especial para o Correio / , Amanda Carvalho - Especial para o Correio
Levino Pereira de Brito, 37 anos, era condenado a 93 anos de prisão e estava preso desde 2012

Um dos foragidos da Papuda foi morto em uma troca de tiros com a polícia na madrugada deste domingo (28/2) em Brazlândia. Segundo a Divisão de Comunicação da Polícia Civil (Divicom), Levino Pereira de Brito, 37 anos, estava com um veículo roubado e reagiu a uma abordagem da Polícia Militar por volta das 2h.

Durante um patrulhamento na quadra 34 de Brazlândia, policiais militares avistaram um veículo na cor prata com as mesma características de um que foi roubado na noite anterior. A equipe deu o comando de parada mas o indivíduo não obedeceu.


No local foram apreendidos, o carro roubado, que estava com a placa adulterada, uma arma calibre .22 com sete munições sendo duas deflagradas e mais nove no bolso do foragido
Após perseguição, Levino perdeu o controle do carro e parou o veículo em cima da calçada, na Quadra 38, na Vila São José, em frente a Igreja Avivamento Mundial. Outra outra ordem foi dada para que ele descesse do veículo mas o foragido saiu pela porta de passageiro e fugiu a pé.

Os policiais seguiram o criminoso que sacou uma arma e efetuou disparos contra a corporação que revidou. Levino foi baleado na perna esquerda e o Corpo de Bombeiros foi acionado mas, ao chegar ao local, a vítima já estava sem vida.


Crise no sitema penitenciário

Levino havia fugido do Complexo Penitenciário da Papuda na madrugada do domingo (21/2) com outros nove presos. Destes, seis foram capturados.Os criminosos estavam na Penitenciária do Distrito Federal 1 (PDF 1), conhecida como Cascavel, onde ficam os presos considerados de maior periculosidade. O local recebe detentos que cumprem pena de 20 a 30 anos.

A fuga dos prisioneiros da Papuda escancarou um problema na segurança pública que sempre esteve prestes a estourar: a falta de investimento no setor. A ausência de estrutura e pessoal nas corporações, atrelada à disputa de posições entre os integrantes do setor, revelam quais são as prioridades de quem ocupa o alto comando. Enquanto o jogo político ganha espaço nos bastidores, crimes violentos assustam moradores da capital.Para especialistas, é hora de pensar políticas públicas de segurança casadas com assistência social e ressocialização.

Os internos recapturados até o momento são:

Gedeone Montalvão Bento;
Laiuço de Brito Santos;
Jefferson Alves Faria Carvalho;
Cleiton da Silva Liberato;
Valdeir Alves de Brito; e
Francisco Elton de Lima Sousa.

Seguem ainda foragidos:

Perfis

Gerson Inácio Ferreira
Idade: 31 anos
Condenações: homicídio e ocultação de cadáver
Pena: 29 anos
Preso desde 2012

Marcos Antônio Moreira dos Santos
Idade: 32 anos
Condenações: roubo e receptação de veículos roubados
Pena: 93 anos
Preso desde: 2003

Michael da Mata Silva
Idade: 25 anos
Condenações: homicídio qualificado e roubo com uso de arma
Pena: 63 anos
Preso desde: 2009

Denuncie

Qualquer informações sobre os foragidos podem ser passados para os seguintes telefones:

3349-1345 (Diretoria Penitenciária de Operações Especiais)
197 (Polícia Civil)
8626-1197 (WhatsApp do PCDF)
190 (Polícia Militar)
fonte correios Braziliense

Postar um comentário

AS MAIS DOS ULTIMOS 30 DIAS

FOTOS ON LINE

ACIOLLYVERSATIL@HOTMAIL.COM