ANUNCIE SUA EMPRESA AQUI

OBRIGADO POR VOSSA VISITA***

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

Operadores ficam 4h presos em máquina ao atingir rede de alta tensão Equipamento tocou em fio durante pulverização em lavoura de soja, em GO.



Leo Amorim

Operadores ficam 4h presos em máquina ao atingir rede de alta tensão
Equipamento tocou em fio durante pulverização em lavoura de soja, em GO. Funcionários saíram da cabine só após estrutura ser desenergizada;

Uma máquina agrícola atingiu a rede de alta tensão e causou um curto-circuito, na quinta-feira (11), em Anápolis, a 55 km de Goiânia. Dois trabalhadores rurais, de 42 e 24 anos, estavam dentro da cabine e ficaram mais de quatro horas presos no local.
O acidente aconteceu durante a pulverização de inseticida em uma lavoura de soja. Uma das barras de aplicação do veneno tocou a rede de alta tensão e causou o problema.
O Corpo de Bombeiros foi acionado. “A gente chegou, fez o isolamento e acionou o pessoal da Companhia Energética de Goiás (Celg). Estes vieram, viram a situação e acionaram o pessoal de Furnas, que é responsável”, disse o bombeiro Maycon Raulf Lacerda.
Técnicos de Furnas foram até o local e, depois de uma hora, conseguiram desligar a rede de energia. No entanto, os funcionários precisaram continuar dentro da cabine porque a máquina poderia estar energizada.
Os técnicos subiram na torre da rede de alta tensão e, com apoio de um cabo, fizeram o isolamento dos fios. Outra equipe fez o aterramento próximo à máquina para evitar os choques. Só depois destes procedimentos, os homens deixaram a cabine. Eles não sofreram ferimentos.

ACIOLLY ENTORNO SUL 190

sgtaciolly.blogspot.com/

Postar um comentário

AS MAIS DOS ULTIMOS 30 DIAS

FOTOS ON LINE

ACIOLLYVERSATIL@HOTMAIL.COM