ANUNCIE SUA EMPRESA AQUI

OBRIGADO POR VOSSA VISITA***

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

Taxista foi quem levou trio que matou policial civil



Áulus Rincon

Policiais civis e militares estão à procura do taxista Bruno Costa Campos, 30, que teria participado, na madrugada do último dia sete de fevereiro, do arrastão em uma sanduicheria no Setor Oeste que culminou com a morte do policial civil Oscar Charifee Abrão, 31. Preso na semana passada, Igor Henrique Meneses Barreto, 20, contou que foi o taxista quem levou ele e dois comparsas para praticar o roubo.
De acordo com o relato de Igor Barreto, que foi preso em uma clínica de recuperação de dependentes químicos, além de levar ele, um adolescente de 16 anos e Robert Henrique Pereira Gonçalves até o Buldogs na Praça Léo Lynce no Setor Oeste, o taxista também foi quem cedeu ao trio uma pistola e dois revólveres. O combinado era que Bruno Costa buscasse os comparsas cinco minutos depois, mas como o policial civil mesmo ferido reagiu, matando Robert e ferindo o adolescente na perna, Igor fugiu correndo a pé, e só se encontrou com o taxista horas depois na casa de uma namorada na Vila Mariana em Goiânia.

O adolescente, que logo após o tiroteio roubou um carro nas proximidades, fugiu até uma Unidade de Pronto Atendimento em Senador Canedo, onde acabou apreendido. O taxista e os outros três envolvidos na morte do agente, segundo o Delegado Kléber Leandro Toledo, titular da Deic, teriam cometido pelo menos outros cinco arrastões em lanchonetes de Goiânia, um deles no dia 17 de janeiro em uma pizzaria no Jardim Brasil.
A expectativa é que com a divulgação da foto, alguém denuncie pelo 197 o local em que o taxista Bruno Campos, que já teve sua prisão temporária decretada, está escondido. O titular da Deic reclamou do fato com que criminosos perigosos estão sendo liberados pela Justiça em Goiás. “Verificamos aqui que só o Igor já tem duas passagens por tráfico e outras duas por roubo, sendo que na última vez em que esteve preso, mesmo sendo autuado em flagrante por roubo à mão armada não ficou cinco dias na cadeia. Desse jeito ninguém dá conta não”, reclamou.fonte
fontehttp://www.canalgama.com.br/taxista-foi-quem-levou-trio-que-matou-policial-civil/
Postar um comentário

AS MAIS DOS ULTIMOS 30 DIAS

FOTOS ON LINE

ACIOLLYVERSATIL@HOTMAIL.COM