ANUNCIE SUA EMPRESA AQUI

OBRIGADO POR VOSSA VISITA***

domingo, 24 de abril de 2016

OPOSIÇÃO ESCULACHA DILMA APÓS ELA PEDIR SANÇÕES AO BRASIL: 'DELIRANTE E MENTIROSA'Políticos da oposição dizem que estão horrorizados com discurso de Dilma no exterior


FERNANDO BORGES

OPOSIÇÃO ESCULACHA DILMA APÓS ELA PEDIR SANÇÕES AO BRASIL: 'DELIRANTE E MENTIROSA'
Políticos da oposição dizem que estão horrorizados com discurso de Dilma no exterior.

Dilma, a presidente que quer sanções contra o Brasil
PUBLICIDADE



A presidente da república Dilma Rousseffdeu na noite desta sexta-feira, 22, uma entrevista considerada agressiva a jornalistas do exterior. Fora de seu país, nos Estados Unidos, ela indicou mais uma vez que não aceitará seu processo de impeachment, não só entrando com processos na justiça brasileira, mas também pedindo sanções internacionais. Não há registro de um presidente brasileiro que tenha dito que pediria sanções ao seu próprio país. De acordo com Dilma, ela poderia pedir que o Brasil saísse do Mercosul e da Unasul, ou pelo menos que sanções fossem tomadas, segundo Dilma, por estar havendo uma séria ameaça à democracia brasileira.

O discurso de Dilma, é claro, rapidamente virou pólvora nas mãos de seus opositores. O Senador Aloysio Nunes, do PSDB de São Paulo, por exemplo, disse que a entrevista de Rousseff foi "extremamente delirante". Quem também se posicionou foi Carlos Siqueira, presidente nacional do PSB. Ele questionou se a amiga partidária do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva estava achando pouco tudo de ruim que fez pelo Brasil. Em seguida, ele lembrou que Dilma quer prejudicar o Brasil no Mercosul e se disse horrorizado. O político ainda lembrou que a líder petista questionou até os Ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e que ela era uma mentirosa. "Está passando informações mentirosas e sem fundamento. Ela deveria ter mais responsabilidade", detonou.





Para Dilma, no entanto, os Ministros não podem opinar sobre ela, já que ela pode recorrer do seu processo de impeachment ao STF. Além disso, ela disse que não taparia mais o sol com a peneira e que tomaria todas as medidas possíveis para fazer valer a legitimidade do voto. Existia a expectativa para que no discurso que fez na Organização das Nações Unidas (ONU), Rousseff entoasse mais uma vez o mantra de que existe um "golpe" no Brasil. No entanto, ela acabou se atendo ao tema do congresso da ONU, que eram os tratados sobre os acordos climáticos. Apenas no fim do discurso é que a presidente falou brevemente sobre a crise política brasileira, dizendo que os brasileiros não permitiriam que voltasse o autoritarismo no país e que também não existiria qualquer tipo de retrocesso.
fontehttp://br.blastingnews.com/brasil/2016/04/oposicao-esculacha-dilma-apos-ela-pedir-sancoes-ao-brasil-delirante-e-mentirosa-00890791.html
Postar um comentário

AS MAIS DOS ULTIMOS 30 DIAS

FOTOS ON LINE

ACIOLLYVERSATIL@HOTMAIL.COM