ANUNCIE SUA EMPRESA AQUI

OBRIGADO POR VOSSA VISITA***

sexta-feira, 19 de agosto de 2016

Feigen pede desculpas e tem de pagar R$ 35 mil para voltar aos EUA Nadador americano disse não saber motivo de declarações de Ryan Lochte. Jack Conger e Gunnar Bentz deixaram o país na noite de quinta-feira (18).


Feigen fez acordo para pagar uma multa de R$ 35 mil – que serão doados, em material, para uma ONG. Após o pagamento, o nadador poderá voltar aos EUA – a Justiça brasileira havia mandado apreender o passaporte. As informações são do Bom Dia Rio.

NADADORES DOS EUA
Atletas relataram assalto após festa



Inicialmente, Feigen e Ryan Lochte haviam dito ter sofrido o assalto no domingo (14) ao voltar de táxi à Vila Olímpica vindos de uma festa na Lagoa. Os nadadores estavam acompanhados de outros dois atletas, Gunnar Bentz e Jack Conger.

Para investigadores, um vídeo que mostra os atletas em um posto de gasolina e depoimentos de testemunhas reforçam a tese de que não houve roubo. O grupo teria depredado um banheiro e foi impedido de deixar o local pelos seguranças, que queriam que os atletas pagassem pelo prejuízo. Os nadadores admitiram que estavam bêbados.

Lochte voltou aos Estados Unidos na segunda-feira (15) e reafirmou ter sido assaltado. Na quarta-feira (17), Gunnar Bentz e Jack Conger foram impedidos de embarcar para os EUA e tiveram os passaportes retidos.Eles só puderam viajar na noite desta quinta, depois de prestar depoimentos.

Após ficar comprovada a farsa, a polícia informou que os dois serão indiciados por falsa comunicação de crime.

Prevista no artigo 340 do Código Penal, a "falsa comunicação de crime" significa "provocar a ação de autoridade, comunicando-lhe a ocorrência de crime ou de contravenção que sabe não se ter verificado". A pena é de detenção de um a seis meses ou multa.

O depoimento de Feigen
O acordo de Feigen foi selado após negociação em uma audiência que durou quatro horas. O nadador saiu do Juizado às 3h30 já desta sexta-feira (19) e sem falar com os jornalistas. Os R$ 35 mil da multa devem ser doados ao Instituto Reação, ONG que funciona na Rocinha, na Zona Sul do Rio, para aquisição de material esportivo.

No depoimento, Feigen afirmou que soube das declarações de Ryan Lochte à mídia internacional e as considerou inverídicas. Ele disse não saber por que Lochte deu a versão do assalto.

Feigen disse ainda que, no posto de combustível, viu Lochte puxando um painel publicitário afixado em uma parede e que não sabe o motivo que levou o companheiro a tomar tal atitude.

Depoimentos de Bentz e Conger
Em seu depoimento, Gunnar Bentz disse que ele, Feigen e Conger temeram que Lochte promovesse confusão ainda maior no posto.

Segundo consta no Termo de Declaração assinado por Bentz, ao qual o G1 teve acesso, o nadador relatou que, ao parar no posto para urinar, Lochte quebrou a placa publicitária que estava pregada na parede, o que provocou muito barulho. Bentz afirmou aos policiais que, depois do ocorrido, ele e os demais nadadores decidiram sair do posto, temendo que Lochte danificasse outras coisas.

Bentz declarou que os atletas foram impedidos de deixar o local por homens armados que não falavam inglês e que apresentaram algum tipo de distintivo. Ele contou ainda que pediu a Ryan Lochte que se acalmasse após o colega discutir com os homens.

Ainda de acordo com Bentz, a aproximação de um outro homem que falava inglês permitiu que a situação fosse esclarecida. O nadador disse que entregou, sem que lhe fosse exigido, US$ 20 que tinha no bolso. Feigen teria dado ao menos uma nota de R$ 50.

Conger também afirmou em seu depoimento que foi Lochte quem quebrou a placa publicitária no posto. Ele disse ainda ficou sabendo apenas pela imprensa que o colega mentiu ao dar entrevista relatando o falso assalto.
Em depoimento à polícia, Gunnar Bentz disse que grupo temeu que Lochte provocasse mais estragos em posto de combustíveis (Foto: Reprodução/Polícia Civil)

Reviravolta
Procurados pela polícia após a repercussão do suposto assalto, Lochte e Feigen mantiveram a versão do assalto, mas apresentaram contradições, o que levou os investigadores a desconfiarem da história.

Antes mesmo de ouvir Bentz e Conger, a Polícia Civil já havia afirmado que era fantasioso o relato de Lochte à imprensa americana. A reviravolta no caso aconteceu após a divulgação das imagens da confusão ocorrida no posto.

Procurados pela polícia após a repercussão do suposto assalto, Lochte e Feigen mantiveram a versão do assalto, mas apresentaram contradições, o que levou os investigadores a desconfiar da história.

'Tentaram fugir', diz testemunha
Um homem que estava no posto de gasolina do Rio na hora do tumulto envolvendo os nadadores disse que ajudou os atletas e seguranças do local a se comunicar.

Em entrevista ao repórter André Luiz Azevedo, do Jornal Nacional, a testemunha afirmou que os americanos pediram para que polícia não fosse chamada e que os quatro estrangeiros ofereceram dinheiro para reparar os estragos causados no posto.

"Os dois seguranças estavam tentando conversar com eles, só que os seguranças não estavam conseguindo entender a língua deles, e eu resolvi interferir. Teve um momento que eles tentaram fugir, e aí foi quando os seguranças abordou", relatou o DJ Fernando Deluz.

De acordo com ele, depois que um dos funcionários do posto mostrou a placa publicitária quebrada, os nadadores começaram a perguntar em inglês quando deveriam pagar pelo prejuízo.

"Em nenhum momento ninguém encostou neles. Não teve voz de prisão nem nada. Iam chamar a polícia. Eles [os nadadores] não quiseram que chamasse a polícia, ficaram pedindo 'please, please, no, plese'", afirmou o DJ.

"Eu perguntei para o rapaz e ele falou: 'A gente paga R$ 100 normalmente para arrumar esse banner quando quebra'. Falei o valor, um deles me deu duas notas de 50 [dólares], o outro uma de 20 dólares."
Imagens das câmeras de segurança de um posto de gasolina na Avenida das Américas, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio, mostram o momento da confusão entre os nadadores americanos e seguranças do estabelecimento. (Foto: Reprodução / TV Globo)
FONTE G1

Postar um comentário

AS MAIS DOS ULTIMOS 30 DIAS

FOTOS ON LINE

ACIOLLYVERSATIL@HOTMAIL.COM