ANUNCIE SUA EMPRESA AQUI

OBRIGADO POR VOSSA VISITA***

segunda-feira, 22 de agosto de 2016

Polícia Civil investiga furto de água da rede da Saneago em Luziânia, GO Corporação já identificou 5 ligações clandestinas e donos serão indiciados. Companhia diz que crimes geram falta de água e prejuízo anual de R$ 300 mil.

Polícia Civil investiga furto de água da rede da Saneago em Luziânia, GO

Corporação já identificou 5 ligações clandestinas e donos serão indiciados.
Companhia diz que crimes geram falta de água e prejuízo anual de R$ 300 mil.

Do G1 GO









A Polícia Civil investiga o furto de água da rede da Companhia de Saneamento de Goiás (Saneago), em Luziânia, no Entorno do Distrito Federal. A empresa diz que os crimes geram um prejuízo anual de quase R$ 300 mil. Cinco ligações clandestinas já foram identificadas pelo Grupo Especial de Repressão a Crimes Patrimoniais.
“Possivelmente vamos indiciar os autores que já identificamos por furto qualificado por emprego de fraude, que estarão sujeitos a uma pena de até oito anos de reclusão”, explicou o delegado responsável pelo caso, Daniel Marcelino.

A companhia diz que as pessoas que furtam água fazem um consumo bem acima da média, o que prejudica o fornecimento.
Além dos cinco casos já identificados pela investigação, a Saneago diz que vai repassar para a polícia outros 158 processos relativos a furto de água na cidade. Eles foram identificados no mês de julho, quando começou a ser feito um trabalho para coibir as ligações clandestinas.


“O prejuízo maior é para a população, porque o Rio Palmital, que abastece parte da cidade de Luziânia, a cada ano está perdendo as condições para atendimento. Para se ter uma ideia, neste ano ele está [com nível] 10% mais baixo do que no ano anterior”, disse o coordenador regional da Saneago, Hélio Leão.
Enquanto os furtos são apurados, os moradores que pagam suas contas em dia reclamam que falta água com frequência. “Sempre falta. Essa semana foram umas duas ou três vezes”, afirmou a dona de casa Iza Souza.
Ela diz que espera que os autores de furtos sejam punidos, mas também cobra que o fornecimento seja regular. “Do jeito que a gente é pontual para pagar, espero que a chegada da água também seja certa, que a gente possa contar”, destacou Iza.
Polícia já identificou cinco ligações clandestinas de água e vai indiciar responsáveis por furto, em Luziânia, Goiás (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)Polícia diz que vai indiciar responsáveis por furto de água, em Luziânia (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)Do G1 GO


Postar um comentário

AS MAIS DOS ULTIMOS 30 DIAS

FOTOS ON LINE

ACIOLLYVERSATIL@HOTMAIL.COM