ANUNCIE SUA EMPRESA AQUI

OBRIGADO POR VOSSA VISITA***

sexta-feira, 31 de março de 2017

BRT do Entorno Sul, entre Goiás e DF, pode sair do papel A ANTT e o Governo de Goiás debateram com Ministério das Cidades a criação de um BRT que vai ligar a cidade de Luziânia (GO) e Santa Maria (DF)

BRT do Entorno Sul, entre Goiás e DF, pode sair do papel

A ANTT e o Governo de Goiás debateram com Ministério das Cidades a criação de um BRT que vai ligar a cidade de Luziânia (GO) e Santa Maria (DF)
Enviar por E-mail

 BRT
Fonte: Agecom  |  Autor: Agecom  |  Postado em: 16 de março de 2015
BRT
BRT
créditos: Google Imagens

O secretário de Cidades e Meio Ambiente Vilmar Rocha recebeu na semana passada, em seu gabinete, o secretário nacional de Transporte e Mobilidade Urbana Dário Reis e a diretora da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) Ana Patrizia Gonçalves de Lira, além de técnicos do ministério das Cidades, para debater a construção do BRT do Entorno Sul.

O chamado BRT do Entorno Sul está orçado em R$ 901 milhões e terá uma extensão de 30 quilômetros, interligando a Rodoviária do Plano Piloto a Unidade Administrativa de aos municípios de Luziânia, Valparaíso, Cidade Ocidental e Novo Gama, através da BR-040. Atualmente, a demanda para este trecho é de 147 mil passageiros por dia e as previsões é que em 10 anos chegue a mais de 197 mil passageiros por dia.

O projeto foi elogiado pelo secretário nacional de Mobilidade Urbana, Dário Reis, ele afirmou que o governo federal está interessado no projeto. “A nossa vinda para Goiânia demonstra o quanto estamos interessados em ajudar o Governo de Goiás e o valor que damos a este projeto”, destacou

O Secretário Vilmar Rocha disse que a reunião foi importante em busca da viabilização do projeto. “Foi uma reunião objetiva, profissional e de um valor muito importante porque estamos padronizando as informações e as medidas em conjunto entre o Governo de GO e do DF com a ANTT para que possamos avançar na viabilização deste projeto”, explicou Vilmar Rocha.

O chamado BRT do Entorno Sul está orçado em R$ 901 milhões e terá uma extensão de 30 quilômetros, interligando a Rodoviária do Plano Piloto a Unidade Administrativa de aos municípios de Luziânia, Valparaíso, Cidade Ocidental e Novo Gama, através da BR-040.

Segundo Dário Reis, a partir de agora será desenvolvido um trabalho conjunto entre o Ministério das Cidades, a ANTT e o Governo de Goiás para que seja realizado um planejamento adequado e que atenda todas as exigências e necessidades das partes. “Pode ser que ele não saia tão rápido, mas sairá com a qualidade necessária e isso é o mais importante”, disse.

Leia também:
Metrô-DF lança edital para planejamento de transportes sobre trilhos
Como está o Plano de Mobilidade em sua cidade?
VLTs do Rio e Goiânia serão fabricados no Brasil
FONTE http://www.mobilize.org.br/noticias/7829/brt-do-entorno-sul-entre-goias-e-df-pode-sair-do-papel.html

Nova linha de ônibus entre Luziânia (GO) e Santa Maria custará R$ 2

Nova linha de ônibus entre Luziânia (GO) e Santa Maria custará R$ 2

O valor é provisório. Os ônibus farão o novo trajeto de segunda à sexta-feira, das 9h às 16h, pela empresa CT Expresso

Uma nova linha de ônibus que circulará entre Santa Maria e Luziânia (GO) promete trazer facilidade para quem viaja da cidade do Entorno para a capital federal diariamente. O novo trajeto está em teste desde sábado, a R$2. A medida faz parte do programa Circula Brasília e é resultado de uma parceria entre o GDF e a Agência Nacional de Transporte Terrestre (ANTT).

O valor é provisório. Os ônibus farão o novo trajeto de segunda à sexta-feira, das 9h às 16h, pela empresa CT Expresso. Quem escolher a opção vai desembarcar no terminal de Santa Maria e, de lá seguirá viagem até Brasília. “A medida está trazendo uma integração gradativa entre o sistema de transporte do Entorno e o nosso. Aos poucos, isso permitirá uma racionalização do sistema daqui”, explica o secretário adjunto de Mobilidade, Dênis de Moura Soares.

O GDF espera que a medida cause a diminuição de veículos nas ruas. Na capital, para chegar ao destino final, o passageiro poderá, em um prazo de duas horas, fazer a integração e usar mais opções de transporte. Mas isso só será possível se o usuário estiver com o cartão do Sistema de Bilhetagem Automática.

Valores acessíveis

Os passageiros que vinham de Luziânia chegavam a pagar até R$ 10, 85 para chegar a Brasília. Somente da cidade do entorno até o Plano Piloto a passagem custava  R$5,85 , outros R$5 eram gastos para outro destino. Agora com o novo sistema, devem reduzir os custos para R$7, sendo R$ 2 da nova linha e R$ 5 do Expresso Sul. O trajeto antigo não será desativado e custa R$5,85.

Com informações da Agência Brasília.

Fica no PRB Líderes do partido da Assembleia de Deus querem o passe do deputado federal João Campos

Líderes do partido da Assembleia de Deus querem o passe do deputado federal João Campos

Aliado comenta que o parlamentar deve disputar a reeleição em 2018 pelo PRB
Deputado federal João Campos, do PRB | Fernando Leite/Jornal Opção
O deputado federal João Campos tem (ou tinha?) dois sonhos: ser candidato a senador e ser prefeito de Goiânia. Porém, como não gosta de quizília e de pressionar, sempre acaba fora do processo. Em 2018, o PRB, que preside, poderia bancá-lo para o Senado. Mas parece que o líder político e evangélico assustou-se com as desavenças entre os senadores Lúcia Vânia, do PSB, e Wilder Morais, do PP, e também com o desentendimento entre o deputado federal Roberto Balestra, do PP, e Wilder Morais.

Há quem sustente que João Campos está participando da articulação para fundar o Partido Republicano Cristão (PRC). A legenda está sendo organizada pela maior igreja evangélica do país, a Assembleia de Deus. À qual, por sinal, pertence o parlamentar, hoje filiado ao PRB, que é ligado à Igreja Universal. O articulador do partido é o deputado Ronaldo Fonseca, do Pros de Brasília. Ele sugere que o PRC terá, logo ao nascer, cerca de 20 deputados federais. Seu objetivo é conseguir o registro para que o partido possa disputar eleição já em 2018.
Ao PRB, João Campos aparentemente nada disse a respeito de uma possível articulação com Ronaldo Fonseca. Um aliado, delegado de polícia, afirma que, ao menos em 2018, ainda é possível que dispute a reeleição pelo PRB. Depois, o tempo será o sr. da razão. Frise-se, porém, que o goiano é uma dos sonhos de “consumo” político dos organizadores do PRC. O assédio político e religioso tende a crescer. E muito.
FONTE JORNAL OPÇÃO

ACIOLLY ENTORNO SUL 190: Casal é preso suspeito de aplicar golpe para conse...

ACIOLLY ENTORNO SUL 190: Casal é preso suspeito de aplicar golpe para conse...: Casal é preso suspeito de aplicar golpe para conseguir empréstimos Eles usavam RG falso em nome de aposentada para o crime, diz políc...

ERA PARA SER UMA ABORDAGEM OCASIONAL DE ROTINA MAS PM ABORDOU TRAFICANTES DE DROGA INTERNACIONAL QUE ESTAVAM SENDO SEGUIDOS PELA PF


Um grupo de supostos traficantes monitorados pela Polícia Federal no Distrito Federal foi preso com uma tonelada de maconha em Chapadão do Sul, Goiás, na quinta-feira (30). A abordagem feita pela polícia goiana, que culminou na prisão de quatro homens por tráfico internacional, foi feita "por engano", segundo a Polícia Militar do DF, e quase atrapalhou uma operação sigilosa da PF.Maconha apreendida pela Polícia Militar (Foto: Polícia Militar do DF/Divulgação)

Segundo o porta-voz da Polícia Militar do DF, Major Michello Bueno, dois dos supostos traficantes foram abordados por agentes da PM de Goiás, que faziam uma blitz de rotina em Chapadão do Sul – município a 515 km de Goiânia. No carro não havia drogas, mas de acordo com a PM, o veículo funcionava como batedor – carro que vai a frente do carregamento de drogas para "avisar" se há policiais na rota.

"Pensamos que isso ia 'melar' a operação da PF. Então falamos com a PM de Goiás para seguir e encontrar o verdadeiro carregamento da carga.", afirmou o porta-voz.

O batedor já estava na mira da PF, que fazia uma operação sigilosa para monitorar a suposta quadrilha. Ao saber da abordagem dos policiais de Goiás, os agentes federais forneceram a localização do carro onde estava a droga para que a polícia goiana fizesse a apreensão e os supostos traficantes não escapassem. 



A Polícia Federal não deu detalhes sobre a investigação. O órgão informou apenas que a operação segue em sigilo. Das quatro pessoas presas na quinta-feira, duas vão responder em liberdade. Todos os homens abordados, porém, devem responder por tráfico internacional de drogas. De acordo com a PM, a maconha seria distribuída em Taguatinga, Samambaia, Recanto das Emas e Ceilândia, no DF.
FONTE G1

Casal é preso suspeito de aplicar golpe para conseguir empréstimos Eles usavam RG falso em nome de aposentada para o crime, diz polícia. Terceira suspeita de participar do grupo ainda não foi localizada.

Casal é preso suspeito de aplicar golpe para conseguir empréstimos

Eles usavam RG falso em nome de aposentada para o crime, diz polícia.
Terceira suspeita de participar do grupo ainda não foi localizada.

Vitor SantanaDo G1 GO
Casal é preso suspeito de aplicar golpes para conseguir empréstimo em Goiânia, Goiás (Foto: Divulgação/Polícia Civil)Casal é preso suspeito de aplicar golpes para conseguir empréstimo (Foto: Divulgação/Polícia Civil)
Um casal foi preso suspeito de usar documento falso para conseguir empréstimos em Goiânia. Segundo a Polícia Civil, eles usaram os dados de uma aposentada para conseguir o dinheiro. O delegado responsável pelo caso, Webert Leonardo, estima que o prejuízo causado pela dupla a uma única vítima foi de R$ 40 mil. Uma terceira pessoa que fazia parte do golpe ainda não foi localizada.
 delegado explicou que Vilmar José da Silva, de 44 anos, e Iara Maria Ribeiro, 52, presos no dia 24, eram os mentores do crime. Já a terceira pessoa, uma mulher que ainda não foi identificada, era a responsável por ir até a empresa que fazia os empréstimos e consórcios e sacar o dinheiro.

Os responsáveis pela empresa acionaram a polícia após desconfiar da atitude da suspeita. “Ela já tinha feito seis empréstimos e sempre exigia que o dinheiro fosse entregue na boca do caixa, e não depositado em conta corrente como é de costume. Uma vez, por engano, o dinheiro foi depositado em conta corrente e ela ficou muito brava, o que chamou a atenção dos funcionários”, disse o delegado.
Quando a polícia verificou o nome dado pela suspeita, viram que era, na realidade, de uma aposentada que mora em São Simão e já tinha registrado um boletim de ocorrência denunciando o golpe. Diante desse fato, os policiais passaram a vigiar o local à espera dos criminosos.
No dia 24, segundo a polícia, Vilmar foi até a empresa solicitando documentos do empréstimo feito pela suspeita e acabou preso. “Ele disse que tinha ido ao local à mando da esposa, que por sua vez, disse que estava apenas fazendo um favor a uma amiga que tinha conhecido naquele dia ao passar na porta de um hospital”, explicou o delegado.
A história confusa não convenceu a polícia, que prendeu o casal em flagrante. Entretanto, não conseguiu localizar a terceira suspeita, responsável por fazer os saques. Ao chegar à delegacia, os agentes descobriram que Iara já tinha um mandado de prisão em aberto por tráfico de drogas.
“Agora estamos em diligência para tentar achar a terceira pessoa. Eles vão responder por associação criminosa e estelionato. Além disso, vão ter que devolver o dinheiro roubado às vítimas: tanto à aposentada, que estava tendo o valor descontado de sua aposentadoria, quanto à empresa que fazia os empréstimos”, afirmou o delegado.
Grupo usava identidade falsa para conseguir empréstimos em Goiânia, Goiás (Foto: Divulgação/Polícia Civil)Grupo usava identidade falsa para conseguir empréstimos em Goiânia (Foto: Divulgação/Polícia Civil)
FONTE G1 GOIAS

Preso suspeito de matar filho de PM por cobrança de dívida de R$ 400 Débito foi contraído por um amigo do atirador após um acidente de moto. Mesmo com valor quitado, vítima foi executada com seis tiros, em Goiânia.

Preso suspeito de matar filho de PM por cobrança de dívida de R$ 400

Débito foi contraído por um amigo do atirador após um acidente de moto.
Mesmo com valor quitado, vítima foi executada com seis tiros, em Goiânia.

Sílvio TúlioDo G1 GO
Preso suspeito de matar filho de PM por cobrança de dívida de R$ 400 em Goiás (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)Segundo polícia, Marcelo confessou crime, mas disse ter agido sozinho (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)
Um técnico em refrigeração de 24 anos foi preso suspeito de matar o filho de um policial militar, de 19, em Goiânia. Segundo a Polícia Civil, Marcelo Deivid Pires de Siqueira efetuou seis disparos pelas costas em Pablo Emanuel Gomes Lopes, em frente à padaria da qual a vítima era dona. O motivo do crime seria a cobrança de uma dívida de R$ 400 relacionada ao conserto de uma moto após um acidente, contraída por um amigo do atirador. Ele e outro envolvido no crime estão foragidos.
Marcelo foi apresentado nesta sexta-feira (31). De acordo com o delegado Carlos Caetano Júnior, responsável pelo caso, ele confessou o homicídio, mas disse que agiu sozinho. No entanto, a polícia descarta a versão.
saiba mais
 
Ainda conforme o delegado, Pablo era amigo Rafael Divino, também conhecido de Marcelo. No último mês de dezembro, eles chegaram a viajar juntos para Silvânia, no sul de Goiás. Porém, foi durante este passeio que começou a rixa entre eles.
"Eles foram para lá na moto da vítima. Em dado momento, o Rafael pediu para dar uma volta, acabou caindo e estragando o veículo. Foi feito um orçamento que chegou ao valor de R$ 400. O rapaz prometeu quitar a dívida, mas nunca o fez", disse Caetano Júnior ao G1.
A partir de então, o microempresário passou a cobrar a valor, mas sem obter sucesso. Em janeiro, eles chegaram brigar por conta da situação. A avó de Rafael chegou a quitar o valor, mas, de acordo com a investigação, ele se sentiu "humilhado" e decidiu que mataria o jovem.
Rafael então chamou Marcelo e outro amigo, Rafael Resende, para cometer o homicídio. No último dia 2 de fevereiro, os três foram até o estabelecimento de Pablo e o executaram.
As investigações apontam que o trio agiu de forma "ousada", pois sabia que o pai de Pablo era policial militar e trabalhava na região. O delegado disse que Rafael Resende é líder do tráfico na região do Setor Jardim Curitiba, onde o crime ocorreu. Os outros dois suspeitos seriam seus comparsas na distribuição de entorpecentes.
A polícia ainda procura por Rafael Divino e Rafael Resende. Apesar de Marcelo ter efetuado os disparos, os três devem ser indiciados por homicídio e, se condenados, podem pegar até 30 anos de prisão.
FONTE G1 GOIAS

sexta-feira, 10 de março de 2017

Detento é estuprado por colega em presídio na cidade de Parnaíba

Entregador morre com suspeita de contaminação por doença do pombo David Santos, 34, ficou internado em Luziânia e morreu em hospital do DF. Secretaria de Saúde diz que laudo com causas da morte sairá em 30 dias.



O entregador David Francisco dos Santos, de 34 anos, morreu com suspeita por infecção por histoplasmose, mais conhecida como doença do pombo. Morador de Luziânia, no Entorno do Distrito Federal, ele ficou alguns dias internado na cidade e, quando o quadro se agravou, foi transferido para um hospital no Gama (DF). Lá, apesar do tratamento, não resistiu.

Esposa de David, a funcionária pública Cléia dos Santos conta que o homem procurou atendimento médico após ficar cerca de dois meses com sintomas parecidos com o de uma gripe. “A médica pediu uma ressonância magnética, que constatou que ele estava com a doença do pombo”, afirma.
saiba mais
Infectologista alerta sobre doença transmitida por pombos, em GO
Jovem morre vítima de doença transmitida por pombos, em Anápolis

Cléia conta que, cinco meses antes de ficar doente, era comum que o marido entregasse mercadorias em galpões. Ela suspeita que, em um desses locais, ele pode ter sido contaminado. “Ele sempre falava que os galpões eram muito empoeirados, com muitos pombos nos telhados, cujas fezes se espalhavam pelas paredes”, lembra.

David foi internado e, com a piora no quadro de saúde, foi transferido para uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no Hospital Regional do Gama. Na semana passada, ele morreu. O atestado de óbito apontou que a causa da morte foi uma pneumonia, que pode ter sido uma complicação da histoplasmose.

A Secretaria de Saúde do Distrito Federal informou que as causas da morte do paciente são investigadas e um laudo deve ficar pronto dentro de 30 dias.

O G1 também entrou em contato com as secretarias Municipal de Saúde de Luziânia e Estadual de Goiás, na quarta-feira (8), para saber se há registros da doença, mas não houve retorno até a publicação desta reportagem.

David deixou um filho de três anos. A esposa dele lamenta o fato dele não ter procurado tratamento logo que começou a sentir os sintomas. “Qualquer pessoa está sujeita a pegar a doença. Então, todos devem ter mais cuidado e, assim que sentir falta de ar, tosse, dor nas juntas, cansaço, procurem um médico. Não fiquem perdendo tempo”, disse Cléia.

Contaminação
A doença é transmitida pelas fezes das aves e a contaminação ocorre pelas vias respiratórias. Segundo a infectologista Eliane Bicudo, os fungos vão direto para os pulmões. “Podem ser geradas alergias de pele, coceira e alergias respiratórias, podendo ser elevadas a asma, sinusite e rinite. Mas também pode gerar doenças infecciosas, que são aquelas como pneumonias”, explicou.

O veterinário Álvaro de Carvalho alerta que os pombos costumam procurar abrigos nos telhados das casas, então, na hora de fazer a limpeza das fezes, os moradores precisam tomar alguns cuidados. “Na época da seca os riscos aumentam, pois o correto é molhar a área para que esse pó não suba e a pessoa não inale. Assim, deve-se lavar o ambiente”, diz.
Histoplasmose é transmitida por fezes de pombos, dizem especialistas (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

MP investiga supostas irregularidades no concurso para delegado substituto Candidatos estranharam o resultado da primeira fase da seleção. Processo conta com 36 vagas com salário de R$ 15.250,02, em Goiás.


Paula ResendeDo G1 GO
O Ministério Público de Goiás (MP-GO) investiga denúncias de irregularidades nas notas dos candidatos que realizaram a primeira fase do concurso para delegado substituto da Polícia Civil. O processo seletivo conta com 36 vagas com salário de R$ 15.250,02.
A promotora de Justiça Leila Maria de Oliveira é a responsável por instaurar o inquérito civil público. Candidatos questionam o fato de um dos primeiros colocados no resultado ter suposto envolvimento em crimes contra a administração.
De acordo com Leila Maria, concorrentes também procuraram o MP-GO para questionar a alta quantidade de notas superiores a 90 pontos. Para eles, este resultado causa estranheza pelo fato de se tratar de uma prova de grande dificuldade, em que cada questão errada provocava a perda de 0,25 pontos em relação à nota final.
Segundo a promotora, ela vai intimar um denunciante para prestar depoimento. Também está prevista uma reunião com o Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe), organizadora do evento. Ela também intimou um reclamante para coleta de informações.
Os candidatos também questionam o fato de um dos primeiros colocados ter suposto envolvimento em crimes contra a administração. Também está prevista uma reunião com o Cebraspe, que é a banca realizadora do concurso.
O Cebraspe informou ao G1 por meio de nota que "ainda não foi notificado sobre a demanda mencionada". Ainda conforme o texto, o órgão "esclarece que, caso seja constatado processo ilícito em qualquer seleção sob responsabilidade deste Centro, a qualquer tempo, será aplicada penalidade cabível para este tipo de situação, conforme regras editalícias que regem os eventos".
Procurada pelo G1, por e-mail, a Secretaria Estadual de Gestão e Planejamento (Segplan) não se pronunciou sobre as denúncias.
Concurso
A Segplan divulgou o edital do concurso em novembro de 2016. O processo seletivo é composto por oito etapas: provas objetivas, provas discursivas, avaliação médica, avaliação de aptidão física, exame psicotécnico, avaliação de vida pregressa e investigação social, curso de formação profissional e avaliação de títulos.
Os concorrentes precisam ter diploma de curso superior de bacharel em direito. A jornada é de 40 horas semanais e exige disponibilidade para viagens.
O prazo de validade do concurso é de seis meses a partir da data de publicação da homologação do resultado final, podendo ser prorrogado por igual período.
tópicos:

Feto é encontrado em caminhão de lixo em Águas Lindas de Goiás Segundo polícia, vítima foi achada enquanto dejetos eram triturados. Delegado afirma que corpo foi descartado envolvido em saco plástico.

Feto é encontrado em caminhão de lixo em Águas Lindas de Goiás

Segundo polícia, vítima foi achada enquanto dejetos eram triturados.
Delegado afirma que corpo foi descartado envolvido em saco plástico.

Vanessa MartinsDo G1 GO
Feto foi encontrado em caminhão de lixo em Águas Lindas de Goiás (Foto: Fernando Alexandre/Arquivo pessoal)Feto foi achado em caminhão de lixo em Águas Lindas de Goiás (Foto: Fernando Alexandre/Arquivo pessoal)
O corpo de um feto foi encontrado dentro de um caminhão de lixo no bairro Mansões Village, em Águas Lindas de Goiás, no Entrono do Distrito Federal, nesta sexta-feira (10). O delegado responsável pelo caso, Cleber Junio Martins, informou que os operadores do caminhão encontraram o corpo ao ligar o triturador do veículo e pararam assim que viram a vítima.

Conforme Martins, foi feita perícia no local e o corpo foi conduzido ao Instituto Médico Legal (IML) da cidade para passar por exames. No entanto, o delegado afirma que ainda não é possível afirmar como ela morreu.
O delegado responsável pelo caso, Cleber Junio Martins, relatou que a vítima é do sexo feminino e estava envolvida em um saco plástico. “A morte aparenta ser recente pelo estado do corpo, a cena é muito impactante. No entanto, ainda não temos suspeitos. Identificamos algumas mulheres grávidas na região, mas nenhuma que pudesse ter dado à luz recentemente”, disse ao G1.
“É muito cedo ainda para saber se foi um aborto espontâneo, se nasceu morto, como foi essa morte, se foi a mãe que descartou ou se foi um terceiro. Vamos ouvir ainda o operador do caminhão e instaurar um inquérito para apurar. Vamos atrás de hospitais e unidades de saúde para ver se há gestantes que podem ser investigadas”, completou.
Feto foi achado durante coleta de lixo em Bairro Mansões Village em Águas Lindas de Goiás (Foto: Fernando Alexandre/Arquivo pessoal)Feto foi achado durante coleta de lixo no Bairro Mansões Village (Foto: Fernando Alexandre/Arquivo pessoal)

AS MAIS DOS ULTIMOS 30 DIAS

FOTOS ON LINE

ACIOLLYVERSATIL@HOTMAIL.COM