ANUNCIE SUA EMPRESA AQUI

OBRIGADO POR VOSSA VISITA***

quinta-feira, 18 de maio de 2017

Jovem é indiciado por morte de menina durante festa de aniversário do irmão, em Aparecida de Goiânia A Polícia Civil informou que o alvo era outro irmão da vítima. Ele tinha envolvimento com drogas, de acordo com as investigações.


Jovem é indiciado por morte de menina durante festa de aniversário do irmão, em Aparecida de Goiânia

A Polícia Civil informou que o alvo era outro irmão da vítima. Ele tinha envolvimento com drogas, de acordo com as investigações.

Por Vitor Santana, G1 GO





Deniro Teles foi preso suspeito de matar menina durante aniversário do rimão em Aparecida de Goiânia (Foto: Divulgação/Polícia Civil)


O jovem Deniro Teles Previdente, 18, foi indiciado pela Polícia Civil pela morte de Anni Caroline Campelo, de 8 anos, durante a festa de aniversário de um dos irmãos no Jardim das Esmeraldas, em Aparecida de Goiânia. Segundo a polícia, o alvo, na realidade, era outro irmão da vítima, que tinha envolvimento com o tráfico de drogas. O comparsa do investigado ainda está foragido.


O delegado Luiz Renato Maximiano explicou que o suspeito tinha uma desavença com o irmão da Anni. "Os dois tinham envolvimento com o tráfico na região da Vila Brasília. No dia do crime, Deniro e um comparsa estavam em um carro procurando uma outra pessoa, também para matar, mas não encontraram. No caminho eles viram o irmão da vítima e decidiram mata-lo", explicou.


O jovem, de 22 anos, estava encostado em sua moto do lado de fora da casa durante o aniversário do irmão quando uma dupla chegou em um carro a tirou duas vezes. Um dos tiros atingiu Anni, que morreu no local.

“Quem dirigia era Deniro. O carro e a arma eram dele. Já o autor dos disparos foi um comparsa, de 22 anos”, disse o delegado.


A polícia conseguiu prender o suspeito no último dia 5, após interrogar testemunhas e fazer o trabalho de investigação. Ele estava escondido na casa de parentes no setor Vera Cruz, em Goiânia. Ao ser detido, confessou o crime à polícia. Ele foi indiciado por homicídio qualificado. A pena para esse crime varia de 12 a 30 anos.


A Polícia Civil já identificou o comparsa de Deniro. Segundo as investigações, ele mudou o visual e está usando nome falso em redes sociais. A corporação ainda tenta localizar o jovem.





Criança foi baleada na porta de casa em Aparecida de Goiânia (Foto: Reprodução/ TV Anhanguera

fonte g1
Postar um comentário

AS MAIS DOS ULTIMOS 30 DIAS

FOTOS ON LINE

ACIOLLYVERSATIL@HOTMAIL.COM