ANUNCIE SUA EMPRESA AQUI

OBRIGADO POR VOSSA VISITA***

sábado, 26 de agosto de 2017

Cinco esquemas usados pelos corruptos para roubar seu dinheiro Veja quais são os casos mais comuns de desvios e o quanto podemos estar perdendo com tudo isso


Cinco esquemas usados pelos corruptos para roubar seu dinheiro
Veja quais são os casos mais comuns de desvios e o quanto podemos estar perdendo com tudo isso



O debate sobre a corrupção ficou cada vez mais frequente no país nos últimos anos. Casos como o mensalão e os escândalos da Petrobras mantiveram o assunto no topo do noticiário e revelaram diversos esquemas de desvio de dinheiro público que drenam recursos do país.

Assine a Gazeta do povo e tenha acesso ilimitado aos nossos conteúdos exclusivos. Muitos cientistas políticos dizem que o que aumentou não foram os atos de corrupção, mas a percepção da corrupção, já que instituições como a Polícia Federal, o Ministério Público e o Judiciário teriam atuado de maneira mais dura.

Veja também Independentemente dos motivos, a população teve contato com vários modos de usar o Estado para fins ilícitos. A reportagem da Gazeta do Povo selecionou cinco tipos mais comuns de corrupção e separou exemplos para ilustrar quem pode estar ficando com o seu dinheiro e quanto podemos estar perdendo com tudo isso.
Funcionários fantasmas Esquema comum entre presidentes do Legislativo. O orçamento de casas legislativas normalmente é grande, e há bastante liberdade para que se contratem comissionados, que não dependem se aprovação em concurso.
A ideia aqui é pagar um pequeno valor para alguém que “empresta” seu nome e documentos. A pessoa é registrada como se trabalhasse no local, embora não precise comparecer. Alguém gerencia as diversas contas e desvia os recursos mensalmente para seu destino final. Caso típico: os Diários Secretos, revelados pela Gazeta do Povo e pela RPC, eram um desvio desse gênero. Potencial de desvio: imagina-se que a Assembleia Legislativa possa ter perdido R$ 200 milhões com o desvio dos Diários Secretos. Como combater: menos cargos comissionados; transparência de cartão-ponto.



Compra/venda de votos Num modelo comum, o chefe do Executivo, interessado em ter condições de aprovar seus projetos, oferece dinheiro ou vantagens para formar maioria no Legislativo. Esse dinheiro, tipicamente, é desviado do caixa do próprio governo ou prefeitura por meio de outros esquemas fraudulentos.
Além de fazer com que se perca dinheiro público, o esquema é duplamente danoso por fazer com que a vontade da sociedade não seja atendida por seus representantes: as votações são deformadas em nome do interesse político e econômico. Casos típicos: no governo Fernando Henrique Cardoso, ficou famosa a denúncia de compra de votos para aprovar a emenda da reeleição. O caso mais famoso, porém, é o mensalão organizado pelo PT a partir de 2003. Potencial de desvio: estima-se que o mensalão possa ter desviado mais de R$ 100 milhões. Como combater: acompanhando o patrimônio de parlamentares; acompanhando votações de partidos; transparência das contas do governo.
Caixa dois Muitas campanhas têm denúncias de caixa dois. Há alguns anos, o então deputado estadual Jocelito Canto chegou a dizer que “todo mundo” adota a prática. No fundo, trata-se de esconder parte do dinheiro usado na campanha, que em teoria tem todos os recursos declarados para a Justiça Eleitoral.
Há vários motivos para que as doações ocorram “por fora”. Pode ser para não deixar transparecer que a campanha foi milionária; para não revelar que certas empresas ou pessoas financiaram o candidato; ou para ocultar dinheiro sujo que não pode ser declarado (o que inclui desvio de dinheiro público).


Publicidade Caso típico: o caso mais documentado no Paraná talvez tenha sido o do ex-prefeito Cassio Taniguchi (DEM), em sua reeleição. Um livro contábil com supostas movimentações ocultas surgiu, mas o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) arquivou o caso alegando que as provas foram obtidas de maneira ilícita. Em outro caso, ainda não comprovado, um auditor fiscal disse ao Gaeco que dinheiro desviado na Receita Estadual teria abastecido a campanha do governador Beto Richa em 2014. Potencial de desvio: uma campanha presidencial, por exemplo, pode custar bem mais de R$ 100 milhões. Como combater: há quem defenda o fim do financiamento privado; maior fiscalização; participação mais ativa da Justiça Eleitoral.






Fraude em licitações O principal meio de desvio de recursos públicos no Executivo segue sendo a contratação de empresas e ONGs “amigas”. Há vários motivos para esse tipo de desvio. Um deles é quando alguém na hierarquia do Executivo com poder de decisão recebe propina de uma empresa interessada em tocar a obra.
Mas pode haver conluio para outras finalidades. Por exemplo: contratação que permita o desvio de recursos para formação de caixa de campanha. Ou contratação de empresas que facilitem o desvio de recursos para enriquecimento ilícito. Caso típico: o petrolão, esquema de desvio de recursos da Petrobras, tinha como ponto de partida um cartel de empresas que negociava com a estatal quem venceria cada contrato. Potencial de desvio: a Petrobras admite que os desvios por corrupção na estatal chegam a R$ 6 bilhões. Como combater: mudanças na Lei de Licitações; transparência.



Retenção de salários Parlamentares não têm acesso a um grande orçamento. O dinheiro que eles controlam é unicamente o de seu gabinete. Mas isso não é pouca coisa. Vereadores chegam a poder contratar mais de 10 funcionários comissionados. Deputados estaduais têm uma verba mensal de R$ 78,5 mil para contratar até 23 servidores.
Assim, um esquema comum que já foi descoberto várias vezes é o do vereador ou deputado que contrata pessoas em seu gabinete sob a condição de que o contratado “devolva” parte do salário para o titular do mandato. Caso típico: o ex-vereador Custódio da Silva, de Curitiba, foi condenado por essa prática e cumpriu prisão. Potencial de desvio: em cada gabinete, o desvio é pequeno, mas na soma de muitos gabinetes, pode representar um desvio milionário por mês. Como combater: menos cargos; funcionários concursados substituindo comissionados; transparência de horários de cartão-ponto.

sexta-feira, 25 de agosto de 2017

Juiz baleado durante tentativa de assalto recebe alta médica, em Goiânia Segundo parentes, vítima está em casa e passa bem. Após audiência de custódia, suspeitos do crime devem seguir presos.

Juiz baleado durante tentativa de assalto recebe alta médica, em Goiânia

Segundo parentes, vítima está em casa e passa bem. Após audiência de custódia, suspeitos do crime devem seguir presos.


Por Vanessa Martins, G1 GO
Juiz baleado durante tentativa de assalto recebe alta médica, em Goiânia
Juiz baleado durante tentativa de assalto recebe alta médica, em Goiânia
O juiz Átila Naves Amaral, da 2ª Vara Cível de Goiânia, recebeu alta médica nesta terça-feira (22) após ser baleado durante tentativa de assalto, na capital. Conforme informações de familiares, o magistrado já está em casa e passa bem. Segundo apurou a TV Anhanguera, suspeitos de cometer o crime passaram por audiência de custódia e devem seguir presos.
O crime foi cometido na noite de domingo (20), no Jardim Goiás. Câmeras de segurança registraram o momento em que o magistrado reage ao assalto e os criminosos fogem (veja acima). Ferido na mão e na perna, o juiz foi socorrido e levado para o Instituto Ortopédico de Goiânia (IOG). Conforme apurou a TV Anhanguera, até o início desta noite ele tinha estado de saúde regular.
O juiz estava parado em uma calçada, perto de casa. As imagens mostram um carro branco se aproximar. Um dos homens desce do automóvel e começa a troca de tiros. O veículo dos assaltantes começa a sair do local, mas volta para pegar um dos assaltantes baleado.
 Juiz Átila Amaral foi baleado durante tentativa de assalto em Goiânia (Foto: Divulgação/Asmego)

Prisões

Dois dos suspeitos foram detidos na segunda-feira (21), em Formosa, no Entorno do Distrito Federal, segundo a Polícia Militar (PM). Lucas Fernando Cardoso dos Santos e Thiago Borges Soares, ambos de 25 anos, foram trazidos para Goiânia. Além deles, um suspeito baleado na tentativa de assalto, Johnatan Rodrigus Costa, de 24, está no Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo) com escolta.
Também já foram presos Camila Alexandra Carvalho, que seria namorada de Lucas, Maria Caroline Alcântara Carvalho, que seria namorada de Johnatan e um menor de 16 anos.
O G1 não localizou a defesa de nenhum dos detidos para comentar o caso.
Em áudio, suspeito de trocar tiros com juiz Átila Amaral pede a namorada ajudar comparsa
Em áudio, suspeito de trocar tiros com juiz Átila Amaral pede a namorada ajudar comparsa

Áudio

Uma gravação obtida pela PM mostra quando Lucas, um dos detidos em Formosa, conversa com a namorada, Camila, presa em Goiânia, contando a ela que um dos colegas havia sido baleado e levado para o Cais das Amendoeiras (assista acima).
"Nóis foi (sic) pegá um trem ali, moço, e o cara reagiu lá, mano, e nóis troco tido com o cara lá e acertou o braço do 'Bundinha' [como Johnnatan é conhecido], véio. Ele tá lá no Cais. Aí tem que ir alguém lá. Eu tô doidinho já, moço", diz Lucas no áudio. Camila responde perguntando em qual Cais o rapaz está para ir visitá-lo.
FONTE G1

Servente de pedreiro é morto com facada dentro de casa, em Pires do Rio Vizinho ouviu barulho de briga e, em seguida, gritos de socorro. Polícia apura o motivo do crime.

Servente de pedreiro é morto com facada dentro de casa, em Pires do Rio

Vizinho ouviu barulho de briga e, em seguida, gritos de socorro. Polícia apura o motivo do crime.


Por Paula Resende, G1 GO
Gilson levou uma facada dentro de casa, em Pires do Rio (Foto: Reprodução)  Gilson levou uma facada dentro de casa, em Pires do Rio (Foto: Reprodução)
O servente de pedreiro Gilson de Jesus da Cruz, de 34 anos, foi morto na terça-feira (22), dentro da casa em que morava, na Rua Araguari, Setor Vila Nova, em Pires do Rio, região sudeste de Goiás. Segundo o Instituto Médico Legal (IML), ele levou uma facada no abdômen.
O crime ocorreu por volta das 10h30. Um morador da região ouviu os gritos de socorro da vítima e acionou a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros.
“Um dos vizinhos ouviu barulho de luta corporal e, em seguida, o pedido de ajuda, de resgate. Ele correu e chamou o socorro”, explicou o delegado responsável pelo caso, Igor Carvalho.
O autor da facada fugiu do local. De acordo com o major Gastão da Costa Neto, da Polícia Militar, a corporação faz buscas por um suspeito.
A vítima era natural de Jaguaquara, na Bahia. O corpo do servente foi levado para o IML de Catalão, onde passou por exame cadavérico. A família já reconheceu o corpo e o levará para ser enterrado na Bahia, onde os parentes moram.
Para a polícia, o crime se trata de um homicídio. “Temos algumas informações sobre o motivo, mas ainda não podemos revelar para não atrapalhar as investigações”, concluiu o delegado.

Jovem de Goiânia é sequestrado por fazendeiros por conta de dívida de R$ 800 mil Segundo delegado, pai da vítima intermediou venda de gado que não foi paga por frigorífico. Rapaz ficou refém dos sequestradores por mais de 30h, em Barro Alto.

Jovem de Goiânia é sequestrado por fazendeiros por conta de dívida de R$ 800 mil

Segundo delegado, pai da vítima intermediou venda de gado que não foi paga por frigorífico. Rapaz ficou refém dos sequestradores por mais de 30h, em Barro Alto.


Por Murillo Velasco, G1 GO
Policiais procuram por grupo que sequestrou jovem no Jardim Goiás, em Goiânia
Policiais procuram por grupo que sequestrou jovem no Jardim Goiás, em Goiânia
Um jovem de 26 anos foi resgatado após ficar 30h refém em um cativeiro em Barro Alto, na região norte de Goiás. De acordo com a Polícia Civil, o sequestro foi praticado por fazendeiros que queriam cobrar uma dívida de mais de R$ 800 mil relativa à venda de gado feita a um frigorífico, intermediada pelo pai dele.
Segundo o delegado Kleiton Manoel da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (Deic), todos os envolvidos no sequestro já foram identificados, e a polícia faz buscas para prendê-los. Em entrevista à TV Anhanguera, ele conta que a negociação do resgate era feita entre os criminosos e a família da vítima, e as informações eram repassadas à corporação.
“Estes fazendeiros sequestraram o filho, para que o pai intermediasse, junto ao frigorífico, a liberação de recursos para pagar a dívida de mais de R$ 800 mil. As negociações foram muito intensas, os familiares nos passavam os detalhes e eram orientados. Felizmente a vítima está bem, e já se encontra no seio familiar”, contou o delegado.
O jovem foi seqüestrado por volta de 11h de segunda-feira (21), no momento em que saía do escritório de contabilidade onde trabalha, no Jardim Goiás, na região sul de Goiânia. Ele foi levado de carro o cativeiro em Barro Alto. Segundo a Polícia Civil, os criminosos podem ter percebido a presença de policiais na região e resolveram soltar a vítima.
Ele foi liberado às 17h de terça-feira (22), às margens de uma rodovia em Cocalzinho de Goiás. O delegado afirma que os fazendeiros contaram com a ajuda de outras pessoas para cometer o sequestro.
“Participaram seis pessoas: dois fazendeiros, o filho de um deles, dois cobradores que vieram do estado do Pará para ajudar, e outro morador da região. Ainda não foram presos, mas já possuímos equipes na região para capturá-los”, explicou.
Quer saber mais notícias de todo o estado? Acesse o G1 Goiás.
Sequestro durou mais de 30 horas, em Goiás (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

Suspeito de matar servidor, ex-secretário de Saúde de Jesúpolis se entrega Investigado segue detido na delegacia de Jaraguá e entregou revólver que teria sido usado no crime. Vítima foi morta a tiros após discussão.



Suspeito de matar servidor, ex-secretário de Saúde de Jesúpolis se entrega

Investigado segue detido na delegacia de Jaraguá e entregou revólver que teria sido usado no crime. Vítima foi morta a tiros após discussão.
Por Vanessa Martins, G1 GO

24/08/2017
Ex-secretário de Saúde de Jesúpolis, Paulo César Almeida Guerra

O ex-secretário de Saúde de Jesúpolis, Paulo César de Almeida Guerra, suspeito de matar o auxiliar de serviços gerais do município Arlan Bernardino, de 35 anos, se entregou à Polícia Civil nesta quinta-feira (24). Segundo o delegado responsável pelo caso, Glênio Ricardo Alves da Costa, o investigado se apresentou na delegacia de Jaraguá, onde segue detido.

O G1 não conseguiu localizar a defesa do ex-secretário para comentar o caso.

 
“Ele está recolhido na própria delegacia, mas ainda não foi ouvido. Ele se apresentou entregando um revólver calibre 22 que teria sido o utilizado no crime. No entanto, a arma precisa ainda passar por perícia para determinar se foi, de fato, a usada no homicídio”, disse ao G1.
O suspeito já era procurado e tinha um mandado de prisão temporária em seu nome, expedido na última terça-feira (22). Ao se apresentar, foi dado cumprimento ao mandado. Paulo César foi exonerado do cargo de secretário municipal de saúde pela Prefeitura de Jesúpolis após o caso.




Auxiliar de serviços gerais Arlan Bernardino, de 35 anos, foi morto a tiros em Jesúpolis (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

Crime
A vítima foi morta a tiros perto da Praça Luís de Matos, no centro da cidade, por volta de 19h da última segunda-feira (21). Segundo o delegado, o ex-secretário estava na garagem do posto de saúde, e a vítima em um bar que fica em frente, do outro lado da rua.

Testemunhas relataram aos policiais que, pouco antes do crime, vítima e suspeito discutiram e até entraram em luta corporal, mas foram separados. Logo depois, o auxiliar de serviços gerais foi baleado.

"O autor saiu, mas voltou em outro carro da Secretaria de Saúde, um WV Gol, já armado. Ele falou alguma coisa para a vítima, a vítima foi ao encontro dele e, antes de chegar ao carro, o autor já efetuou os disparos”, explicou o delegado.

O veículo usado na noite do crime já foi recuperado pela Polícia Civil na fazenda do pai do suspeito e deve ser devolvido à administração da cidade.

 G1 Goiás.

Homem suspeito de roubar carro morre após confronto com a PM em Goiânia Ele invadiu uma casa após bater o veículo durante fuga, no Jardim América.

Homem suspeito de roubar carro morre após confronto com a PM em Goiânia

Ele invadiu uma casa após bater o veículo durante fuga, no Jardim América.


Por Vitor Santana, G1 GO
Suspeito de roubar carro morre em confronto com a polícia (Foto: Divulgação/PM)Suspeito de roubar carro morre em confronto com a polícia (Foto: Divulgação/PM)
Um homem ainda não identificado morreu na noite de quinta-feira (24) após uma troca de tiros com a Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas (Rotam), na Avenida C-4, no Jardim América, em Goiânia. De acordo com a polícia, ele dirigia um carro roubado e tentou fugir após bater o veículo.
Os policiais informaram que, após identificarem que o veículo tinha o registro de roubo, começaram a acompanhar o suspeito. Ao perceber, o motorista tentou fugir, mas perdeu o controle do veículo e acabou batendo o carro.
Ele, então, fugiu a pé e chegou a invadir uma casa pulando o muro. Os policiais, então, entraram na residência. Houve troca de tiros e o homem foi baleado.
O Corpo de Bombeiros chegou a socorrer o homem, mas ele acabou morrendo no Hospital de Urgências de Goiânia, de acordo com a corporação.
O veículo foi recuperado. Com o homem, a polícia encontrou uma arma calibre 38.
Quer saber mais notícias de todo o estado? Acesse o G1 Goiás.

Professores de Santo Antônio do Descoberto reduzem aulas por não receberem valor integral das férias

Professores de Santo Antônio do Descoberto reduzem aulas por não receberem valor integral das férias

Prefeitura propôs parcelamento, que foi rejeitado pela categoria. Estudantes estão sendo liberados 2h mais cedo.


Por Murillo Velasco, G1 GO
Professores reduzem horários de aulas alegando atraso no pagamento de férias
Professores reduzem horários de aulas alegando atraso no pagamento de férias
Os professores da rede municipal de ensino de Santo Antônio do Descoberto, no Entorno do Distrito Federal, reduziram a duração do dia letivo, alegando atraso no pagamento de parte das férias de julho. Com isso, cerca de 13 mil estudantes são liberados, diariamente, duas horas mais cedo do que o horário oficial de saída.
Em nota à TV Anhanguera, a Prefeitura de Santo Antônio do Descoberto admitiu que deve mais de R$ 1,2 milhões em férias, que, segundo a administração, aconteceu por conta de um bloqueio na conta do município, de quase R$ 500 mil. A gestão ofereceu à categoria a possibilidade de parcelar a dívida em duas prestações, mas a proposta foi rejeitada pelo sindicato.

Reclamações

Os professores das 38 escolas municipais ganharam na Justiça o direito de liberar os alunos mais cedo. No entanto, com as aulas durando menos do que deveriam, alunos e pais reclamam de prejuízos no calendário e na aprendizagem dos estudantes.
“É um absurdo. A gente acorda a criança para ter aula para ela ser liberada 2h mais cedo. Tem dias que são liberados depois de uma hora e meia de sala de aula, isso não pode continuar assim”, disse a mãe de um dos alunos.
 
A categoria reclama que o parcelamento não supre as necessidades dos profissionais. “Me sinto super desrespeitada, porque o professor forma todas as outras profissões”, alega uma professora.
Professores se reuniram na porta da Prefeitura de Santo Antônio do Descoberto (Foto: Reprodução/TV anhanguera

Polícia prende principal fornecedor de armas e drogas do CV

Polícia prende principal fornecedor de armas e drogas do CV

25 ago 2017 

A Polícia Civil do Rio de Janeiro prendeu hoje (25) Marcos José Carneiro, conhecido como Periquito, considerado o principal fornecedor de armas e drogas do Comando Vermelho.
Comando Vermelho e Primeiro Comando da Capital exploravam as mesmas rotas de tráfico antes de passarem a disputá-las
Comando Vermelho e Primeiro Comando da Capital exploravam as mesmas rotas de tráfico antes de passarem a disputá-las
Foto: Getty Images
Carneiro é apontado como o braço direito do traficante Luiz Fernando da Costa, o Fernandinho Beira Mar. Ele foi capturado em Mogi das Cruzes, região metropolitana de São Paulo, por policiais da delegacia da Pavuna (bairro da zona norte do Rio de Janeiro) com apoio de policiais civis de São Paulo, após trabalho de investigação e diligências, incluindo uma semana de monitoramento na cidade paulista. 
 
O Portal de Procurados oferecia recompensa de R$2 mil por informações que levassem a Carneiro, que estava foragido da Justiça desde 2011. Contra ele havia quatro mandados de prisão pendentes, dois deles por tráfico internacional de drogas.
Responsável pela arrecadação do dinheiro da venda de drogas na Favela Beira Mar, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, Carneiro tornou-se o maior fornecedor de armamento e entorpecentes do estado e expandiu esse abastecimento para fora do Rio, segundo investigações da Polícia Civil.
Segundo a polícia, Beira Mar, que está preso há 11 anos, ainda é considerado um dos principais chefes do tráfico no Rio. Ele já passou por presídios federais como o de Catanduvas (PR), Campo Grande (MS) e Porto Velho (RO). Atualmente, está em uma unidade de Mossoró, no Rio Grande do Norte, e mantém o comando da organização de dentro do presídio, considerado de segurança máxima.
Agência Brasil Agência Brasil

Accioly, que negocia delação, vai apoiar Bernardinho?

Accioly, que negocia delação, vai apoiar Bernardinho

O ex-técnico da seleção brasileira de vôlei Bernardinho, que deve disputar o governo do Rio pelo partido Novo, tem como sócio na academia BodyTech Alexandre Accioly, que está negociando delação premiada no âmbito da Lava Jato.
Accioly, por sua vez, que é íntimo do senador tucano Aécio Neves, também já citado em delações da Lava Jato. Os três, aliás, costumavam frequentar a noite carioca em animados jantares.
Será que Bernardinho vai contar com o apoio de Accioly e de Aécio para que sua campanha a governador do Rio avance "a jato"? 
Bernardinho, Accioly e Aécio: bons amigos
Bernardinho, Accioly e Aécio: bons amigos
Tags: academia, accioly, aecio, alexandre, sócio

quinta-feira, 24 de agosto de 2017

a DRPC: PC-GO apreende veículo roubado e prende um homem e uma mulher por receptação. Ele admitiu "furtos em residência" e a PC recuperou vários objetos, em Luziânia.

a DRPC: PC-GO apreende veículo roubado e prende um homem e uma mulher por receptação. Ele admitiu "furtos em residência" e a PC recuperou vários objetos, em Luziânia.A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e pessoas em pé
A Polícia Civil do Estado de Goiás / PC-GO, por meio da 2ª DP de Luziânia (J. Ingá), prendeu em flagrante José C. de Oliveira e C.V.C, pelo crime de receptação.
Durante a prisão, José conduzia o veículo VW/FOX com restrição de roubo, irregularidade só constatada após averiguação do número do chassi, haja vista que o veículo ostentava uma placa “fria” (pertencente a um GM/Monza).


C.V.C estava na companhia de José durante a abordagem policial.

José Carlos já era investigado pela PC-GO (2ª DP/Luziânia) por "furtos em residência", os quais teriam sido praticados com o veículo ora apreendido.

A fim de averiguar denúncias relacionadas ao veículo, o qual transitava nas proximidades do Ginásio de Esportes, os PC's realizaram abordagem no local.

O condutor do veículo, José C., ao ser questionado, alegou ter adquirido o carro sem saber que este possuía restrição.

Em relação aos crimes de furto praticados na região, ele confessou a prática de diversos furtos à residência, ocasião em que informou o destino de duas televisões e um botijão de gás.

Em diligências, a PC-GO encontrou o comprador do botijão de gás. Ele reconheceu José como o homem de quem comprara o botijão. No local, além do botijão, os PC's também apreenderam quatro máquinas caças níqueis.

Desse modo, os policiais conduziram para a delegacia, além de José e C.V.C, o dono do bar (contra o qual foi registrado procedimento).

Na casa de José foram encontradas várias televisões e eletrodomésticos, além de outros objetos, supostamente produto de furto, os quais foram apreendidos.

Ele foi conduzido para o Centro de Prisão Provisória e sua companheira para o presídio feminino de Luziânia, onde estão à disposição da justiça.

Caso você reconheça algum objeto furtado de sua residência ligue:
(61) 3623-1133
(61) 3623-2071

Delegada responsável: Caroline Matos.

OPERAÇÃO DA POLÍCIA CIVIL EM CALDAS NOVAS CONTRA O TRÁFICO DE DROGAS TERMINA COM DOIS PRESOS ENTRE ELES UM PERSONAL TRAINER:

OPERAÇÃO DA POLÍCIA CIVIL EM CALDAS NOVAS CONTRA O TRÁFICO DE DROGAS TERMINA COM DOIS PRESOS ENTRE ELES UM PERSONAL TRAINER:Nenhum texto alternativo automático disponível.A imagem pode conter: 1 pessoa
A imagem pode conter: 1 pessoaPoliciais Civis do Grupo de Repressão ao Tráfico de Drogas da 6ª DRP de Itumbiara coordenados pelo delegado Rogerio Moreira prenderam agora pouco duas pessoas por tráfico de drogas. As prisões e apreensões dos entorpecentes foram resultados de mês de investigações. Na operação do GENARC foram presos Weder Rodrigues da Silva de 29 anos e Ramon Serafim da Fonseca, 24 anos. A prisão de ambos aconteceu no Parque Real e com eles foram encontrados cerca de 5kg de maconha e 300 gramas de pasta base de cocaína que estavam sendo armazenada dentro da casa dos autores e comercializada em Caldas Novas. Weder Rodrigues de camiseta regata é personal trainer de "Cross Fit" em uma academia da cidade. Ambos estão sendo autuados agora por tráfico de drogas e em seguida serão conduzidos ao presidio de Caldas Novas onde ficarão a disposição da justiça.

Alison Maia - Repórter Policial

quarta-feira, 23 de agosto de 2017

Comerciante mata dois ladrões durante assalto em Caldas Novas

Governo de Goiás nomeia mais 577 agentes prisionais O decreto com a relação nominal dos aprovados foi publicada no Diário Oficial do Estado desta quarta-feira (23)

Governo de Goiás nomeia mais 577 agentes prisionais

O decreto com a relação nominal dos aprovados foi publicada no Diário Oficial do Estado desta quarta-feira (23)
Do Mais Goiás | 
Governo de Goiás nomeia mais 577 agentes prisionais
(Foto: Jota Eurípedes)


 

FONTE É MAIS GOIAS

 Palavras Chave: Prisionais Agentes Goiás

Homem é preso por participação em latrocínio, em Santo Antonio do Descoberto O crime aconteceu no último dia 10. A vítima reagiu com um facão e foi atingida com três disparos


Homem é preso por participação em latrocínio, em Santo Antonio do Descoberto

O crime aconteceu no último dia 10. A vítima reagiu com um facão e foi atingida com três disparos

João Paulo Alexandre*,
Do Mais Goiás | Postado em: 23/08/2017 às 13:33:41


Suspeito confessou participação no crime (Foto: Polícia Civil)

A Polícia Civil de Santo Antônio do Descoberto prendeu na tarde dessa terça-feira (22) Darlin Ferreira da Silva. Ele confessou a participação no latrocínio que matou o policial aposentado Júnior César Ramos Jubé, no dia 10 de agosto, no Condomínio El Dourado. De acordo com a delegada responsável pela investigação, Karina Duarte, Darlin cometeu o crime junto com Micha Rangel Rodrigues Medeiros, apontado pela polícia como autor dos disparos; ele foi preso no dia em que o crime aconteceu. Um adolescente também está envolvido.

“Nós estávamos investigando o Darlin há dias e ontem ele se apresentou de forma espontânea na delegacia e confessou a autoria”, relatou a delegada.

A polícia chegou até Darlin pelo depoimento de Micha Rangel. “Ele [Darlin] já possui passagem por roubo em uma residência”, completa. Darlin está detido no presídio de Santo Antônio do Descoberto. O adolescente ainda está foragido.

Sobre o Caso


O latrocínio de Júnior César aconteceu no dia 10 de agosto enquanto a vítima estava trabalhando junto com um pedreiro no aumento do muro da residência em que morava. O trio invadiu o local e anunciou o assalto. A vítima tentou reagir com um falcão, quando Micha Rangel revidou com três disparos. Júnior morreu no local. Os policiais prenderam Micha Rangel em seguida e apreenderam a arma de fogo utilizada no crime, que é de fabricação artesanal.

*João Paulo Alexandre é integrante do programa de estágio do convênio entre Ciee e Mais Goiás, sob orientação de Thaís Lobo

AS MAIS DOS ULTIMOS 30 DIAS

FOTOS ON LINE

ACIOLLYVERSATIL@HOTMAIL.COM