ANUNCIE SUA EMPRESA AQUI

OBRIGADO POR VOSSA VISITA***

sexta-feira, 19 de maio de 2017

PRF apreende carga de diamantes avaliada em cerca de R$ 900 mil As pedras foram encontradas na carteira de bolsa de um homem que viajava de Rondônia para Minas Gerais. Ele disse que venderia o material na capital mineira


PRF apreende carga de diamantes avaliada em cerca de R$ 900 mil

As pedras foram encontradas na carteira de bolsa de um homem que viajava de Rondônia para Minas Gerais. Ele disse que venderia o material na capital mineira

Do Mais Goiás



Ao todo, foram encontradas 91 pedras de diamantes (Foto: PRF)

Um homem de 31 anos de idade foi detido no final da noite dessa quinta-feira (18) na BR 364, município de Jataí, transportando uma carga de diamantes avaliada em cerca de R$ 900 mil.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o rapaz viajava em um VW Gol e foi abordado em fiscalização de rotina. Ele seguia de Vilhena, em Rondônia, para Belo Horizonte, Minas Gerais, e, ao vistoriar sua bagagem, foram encontradas 91 pedras de diamantes em sua carteira de bolso.

Ele informou ainda que trocou uma caminhonete Ford F 1000 pelas pedras e elas seriam comercializadas na capital mineira.

Por não ter documentação legal dos diamantes ele foi detido e encaminhado para a Delegacia de Polícia Federal local por usurpação de matéria prima pertencente à União.

Kid Vinil morre aos 62 anos Kid estava em coma induzido desde o dia 15 de abril, quando passou mal logo depois de uma apresentação em Conselheiro Lafaiate, região central de Minas Gerais


Kid Vinil morre aos 62 anos

Kid estava em coma induzido desde o dia 15 de abril, quando passou mal logo depois de uma apresentação em Conselheiro Lafaiate, região central de Minas Gerais





| Postado em: 19/05/2017 às 19:09:23





(Foto: Reprodução)

O cantor e produtor Kid Vinil faleceu na tarde desta sexta-feira 19, aos 62 anos, em São Paulo. Importantíssimo para a construção do rock nacional, Antônio Carlos Senefonte, nome de batismo do artista, iniciou sua carreira com o grupo Verminose, um dos pioneiros do pós-punk no País. Pouco tempo depois, a banda se transformou no Magazine. No início dos anos 80, o grupo alcançou sucesso nacional com os hits Sou Boy e Tic-Tic Nervoso.

Em 2015, Kid ganhou a biografia Um Herói do Brasil, escrita pelo jornalista Ricardo Gozzi e pelo músico Duca Belintani. Nas redes sociais, artistas e amigos lamentaram a notícia: “Meu professor, descanse em paz”, escreveu João Gordo. “Amigos, acabei de receber a mais triste notícia de que meu amigo e professor Kid Vinil faleceu hoje a tarde. Muita tristeza!”, disse Luiz Thunderbird no Twitter.

Kid estava em coma induzido desde o dia 15 de abril, quando passou mal logo depois de uma apresentação em Conselheiro Lafaiate, região central de Minas Gerais. Ele era uma das atrações da Festa Retrô, no Clube Dom Pedro II.


Poucos dias depois, em estado grave, foi transferido para o Hospital da Luz, na Vila Mariana, em São Paulo, graças a uma campanha para arrecadar R$ 15 mil para o traslado.

quinta-feira, 18 de maio de 2017

Com 13 deputados, PTN anuncia rompimento com governo Temer O deputado Alexandre Baldy, de Goiás, é um dos líderes da sigla na Câmara dos Deputados, que assumirá posição de independência em relação ao governo

Com 13 deputados, PTN anuncia rompimento com governo Temer

O deputado Alexandre Baldy, de Goiás, é um dos líderes da sigla na Câmara dos Deputados, que assumirá posição de independência em relação ao governo
Estadao Conteúdo | 
Com 13 deputados, PTN anuncia rompimento com governo Temer
O deputado Alexandre Baldy, de Goiás, é um dos líderes da sigla na Câmara dos Deputados, que assumirá posição de independência em relação ao governo (Foto: Divulgação)

Com uma bancada de 13 deputados, o PTN foi o primeiro partido da base aliada a anunciar oficialmente nesta quinta-feira (18) o rompimento com o governo Michel Temer. Em carta assinada pela presidente nacional do partido, deputada Renata Abreu (SP), e pelo líder da legenda na Câmara, deputado Alexandre Baldy (GO), a sigla afirma que assumirá posição de “independência” em relação ao governo.

“O Podemos (novo nome do PTN) e sua bancada na Câmara dos Deputados anunciam a sua saída do bloco parlamentar composto pelo PP e PT do B, outros partidos da base aliada, assumindo posição de independência do governo federal”, afirmaram Renata e Baldy na carta. À reportagem, a presidente do PTN afirmou que o partido deverá entregar todos os cargos que possui atualmente no governo
Temer
.

Mulher morre após acidente na GO-020, em Senador Canedo Carro em que ela estava saiu da pista, bateu em um poste e capotou. Segundo bombeiros, motorista e outros três passageiros ficaram feridos.


Mulher morre após acidente na GO-020, em Senador Canedo

Carro em que ela estava saiu da pista, bateu em um poste e capotou. Segundo bombeiros, motorista e outros três passageiros ficaram feridos.
Por Vanessa Martins, G1 GO




Mulher de 55 anos morre após carro bater em poste e capotar na GO-020 (Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros)



Uma mulher, de 55 anos, morreu, em um acidente no km 14, da GO-020, em Senador Canedo, Região Metropolitana de Goiânia, na tarde desta segunda-feira (15). A Polícia Rodoviária Estadual (PRE) informou que o carro em que a mulher estava capotou. Segundo o Corpo de Bombeiros, outras quatro pessoas que estavam no veículo ficaram feridas.


Ainda segundo os bombeiros, a mulher que morreu estava no banco de trás e usava cinto de segurança, mas não resistiu ao impacto e morreu no local. As outras quatro pessoas que estavam no mesmo veículo sofreram ferimentos e foram encaminhadas para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Senador Canedo.


Procurada pelo G1, a unidade de saúde se negou a passar informações sobre o estado de saúde dos pacientes.



Outras quatro pessoas que estavam no carro ficaram feridas, mas foram socorridas (Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros)


A PRE explicou que o condutor do veículo perdeu o controle saiu da pista, bateu em um poste e capotou. No entanto, a corporação ainda não sabe o que causou o acidente.


Uma equipe da PRE seguia no local no final da tarde para auxiliar retirar o poste, que ficou caído, mas nenhuma pista foi interditada.


O Instituto Médico Legal (IML) afirmou, às 16h55, que o corpo da vítima já foi retirado do local, mas ainda não havia sido liberado pela família.

USO DO NARGUILÉ ESTÁ PROIBIDO A MENORES DE 18 ANOS/>


USO DO NARGUILÉ ESTÁ PROIBIDO A MENORES DE 18 ANOS/>
HOJE FUI PROCURADO POR UMA MÃE DESESPERADA QUE  QUERIA SABER SE CANETA DE NARGUILÉ TEM PROIBIÇÃO PARA MENORES ...POIS A MESMA HAVIA ENCONTRADO NOS PERTENCES DO SEU FILHO MENOR DE IDADE .
COMO OS PAIS ESTÃO SEMPRE PREOCUPADOS COM O FUTURO E SEGURANÇA DOS FILHOS. RESOLVI  PESQUISAR SOBRE O ASSUNTO.  
COMO PAI TAMBÉM QUE SOU QUERO COMPARTILHAR AQUI SOBRE ESSE TEMA POLEMICO A LUZ DA LEGISLAÇÃO VIGENTE EM NOSSO PAÍS.

Lei foi publicada nesta sexta-feira (24) no Diário Oficial do Distrito Federal; norma será regulamentada em até 60 dias

Aumenta o cerco contra o tabaco e seus derivados no Distrito Federal. A lei que proíbe a comercialização e o uso do cachimbo conhecido como narguilé por menores de 18 anos foi sancionada pelo governador em exercício, Tadeu Filippelli (PMDB), e publicada no Diário Oficial desta sexta-feira (24). A proibição será regulamentada nos próximos 60 dias.

De autoria da deputada distrital Liliane Roriz (PSD), a proposta tem como objetivo a redução do uso do tabaco, bem como seus derivados. “Vivemos em um momento mundial de grande consciência contra o fumo e toda a forma de combater esse vício tem grande valia”, explicou a parlamentar.

Segundo Liliane, a liberação do uso e da venda do narguilé no Distrito Federal abria uma brecha para que menores fossem introduzidos ao vício, mesmo que não fosse por meio do cigarro. “Agora a fiscalização será ainda maior. Respeitamos a cultura de outros povos, mas precisamos primar primeiramente pela saúde da população”, emendou.

Apesar de ser considerado modismo entre jovens, o narguilé é hoje considerado um grande vilão quando o assunto é alimentar o vício ao tabaco. Uma pesquisa britânica afirma que o narguilé é muito mais prejudicial à saúde do que o cigarro. O estudo do Tobacco Control Collaborating Centre afirmou que as pessoas que fumam narguilé podem sofrer com os altos níveis de monóxido de carbono (CO).

“Descobrimos que uma sessão fumando o narguilé - isto é, 10 miligramas (de tabaco) por 30 minutos - resulta em níveis de monóxido de carbono quatro ou cinco vezes mais altos do que fumar um cigarro", afirmou Hilary Wareing, uma das diretoras do centro de pesquisa.

Com a proibição, os estabelecimentos que utilizam o cachimbo ficarão sujeitos às penalidades do Instituto de Defesa do Consumidor (Procon-DF) e ainda do Estatuto da Criança e do Adolescente. As lojas e bares terão ainda que afixar placa instrutiva sobre a proibição do uso e da venda do utensílio por menores de 18 anos.

Narguilé

O narguilé é um cachimbo de água no qual o tabaco com aroma de frutas é queimado, com o uso de carvão, passa por uma vasilha de água enfeitada e é fumado por meio de uma mangueira. Ele é tradicionalmente utilizado em muitos países do mundo, em especial no Norte da África, Oriente Médio e Sul da Ásia.



Saiba o que diz a nova lei:

LEI Nº 4.771, DE 22 DE FEVEREIRO DE 2012.

Dispõe sobre a proibição da comercialização e da utilização do cachimbo conhecido como narguilé aos menores de dezoito anos de idade.

O VICE-GOVERNADOR DO DISTRITO FEDERAL, NO EXERCÍCIO DO CARGO DE GOVERNADOR DO DISTRITO FEDERAL, FAÇO SABER QUE A CÂMARA LEGISLATIVA DO DISTRITO FEDERAL DECRETA E EU SANCIONO A SEGUINTE LEI :

Art. 1º Fica proibida a comercialização e o uso em locais públicos do cachimbo conhecido como narguilé e de similares aos menores de dezoito anos de idade.

§1º Para fins do disposto no caput, entende-se por local público, além de praças de lazer e espaços esportivos, qualquer local onde houver concentração e aglomeração de pessoas.

§2º Os estabelecimentos que comercializam o produto ficam obrigados a solicitar o documento de identidade a fim de comprovarem a maioridade.

§3º Incluem-se na proibição estabelecida no caput as essências e demais complementos à utilização do referido aparelho.

Art. 2º O descumprimento do disposto nesta Lei sujeitará o infrator às penalidades previstas na Lei federal nº 8.069, de 13 de julho de 1990 – Estatuto da Criança e do Adolescente – ECA, bem como no do Código de Defesa do Consumidor.

Art. 3º Os estabelecimentos que, além da venda de que trata esta Lei, comercializam gêneros Alimentícios, ficam obrigados a manter os componentes do narguilé em local específico e isolado, distante das demais mercadorias.

Art. 4º O estabelecimento comercial ao qual esta Lei se aplica fixará placa de aviso escrito em lugar visível, no seu interior, quanto à proibição de venda aos menores de dezoito anos.

Art. 5º O Poder Executivo designará, por meio de seus órgãos competentes, a forma de fiscalização para o cumprimento desta Lei.

Art. 6º O Poder Executivo regulamentará esta Lei no prazo de sessenta dias.

Art. 7º Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.

Art. 8º Revogam-se as disposições em contrário.

Brasília, 22 de fevereiro de 2012

124º da República e 52º de Brasíl

Policial militar morre durante tentativa de assalto a residência em Goiânia Um criminoso foi morto e o comparsa conseguiu fugir. A mulher do sargento ficou ferida.


MAIS UMA VEZ A CASERNA CHORA A MORTE DE UM DE SEUS INTEGRANTES ESTAMOS DE LUTO PELA MORTE DE MAIS UM  GUERREIRO VITIMA DA INSEGURANÇA PUBLICA...

Policial militar morre durante tentativa de assalto a residência em Goiânia
Um criminoso foi morto e o comparsa conseguiu fugir. A mulher do sargento ficou ferida.
Por Vitor Santana, G1 GO



Policial militar é enterrado após ser morto durante tentativa de roubo, em Goiânia
O sargento da Policia Militar Remir Rodrigues da Silva foi morto na noite de quarta-feira (17) durante uma tentativa de assalto à casa dele, no setor Moinho dos Ventos, em Goiânia. A câmera de segurança da casa registrou o momento em que dois criminosos invadem a residência (assista acima). Um deles morreu no local e o comparsa fugiu.
Imagens de câmeras de segurança mostram quando os autores correm atrás do carro do policial enquanto ele entrava na garagem de casa com seu carro. O vídeo revela que ao menos um dos assaltantes estava armado.
O policial estava de folga e chegava em casa por volta das 22h, quando os assaltantes apareceram. Testemunhas disseram à polícia que o sargento manobrava o caro para entrar na casa quando foi rendido. Vizinhos contaram que o PM desceu do carro, na garagem, reagiu e trocou tiros com os criminosos.



Sargento Remir Rodrigues da Silva morre em troca de tiros com assaltantes em Goiânia (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)
Em nota, a Polícia Militar lamentou a morte do policial, que estava lotado no 13º batalhão. “A esposa do sargento ficou ferida, mas passa bem. Um dos assaltantes faleceu no local e o outro fugiu”, informou o comunicado.
O comandante geral da PM, coronel Divino Alves, também lamentou a perda. “O sargento estava chegando à sua residência, estacionando o veículo na sua casa, quando um menor e outro saíram correndo ao encontro dele já com arma na mão. Ouvem-se os tiros e o meu sargento, infelizmente, veio a óbito”, afirmou à TV Anhanguera.

O corpo sargento da PM foi enterrado nesta tarde no Cemitério Parque Memorial, em Goiânia. Dezenas de policiais militares acompanharam a despedida e homenagearam o colega com salvas de tiros.
O menor, suspeito de matar o policial e que também morreu na ação, já havia passagens por roubos a postos de gasolina em Aparecida de Goiânia, na Região Metropolitana da capital. Outras imagens de câmeras de segurança também mostram o assalto (veja acima).

Jovem é indiciado por morte de menina durante festa de aniversário do irmão, em Aparecida de Goiânia A Polícia Civil informou que o alvo era outro irmão da vítima. Ele tinha envolvimento com drogas, de acordo com as investigações.


Jovem é indiciado por morte de menina durante festa de aniversário do irmão, em Aparecida de Goiânia

A Polícia Civil informou que o alvo era outro irmão da vítima. Ele tinha envolvimento com drogas, de acordo com as investigações.

Por Vitor Santana, G1 GO





Deniro Teles foi preso suspeito de matar menina durante aniversário do rimão em Aparecida de Goiânia (Foto: Divulgação/Polícia Civil)


O jovem Deniro Teles Previdente, 18, foi indiciado pela Polícia Civil pela morte de Anni Caroline Campelo, de 8 anos, durante a festa de aniversário de um dos irmãos no Jardim das Esmeraldas, em Aparecida de Goiânia. Segundo a polícia, o alvo, na realidade, era outro irmão da vítima, que tinha envolvimento com o tráfico de drogas. O comparsa do investigado ainda está foragido.


O delegado Luiz Renato Maximiano explicou que o suspeito tinha uma desavença com o irmão da Anni. "Os dois tinham envolvimento com o tráfico na região da Vila Brasília. No dia do crime, Deniro e um comparsa estavam em um carro procurando uma outra pessoa, também para matar, mas não encontraram. No caminho eles viram o irmão da vítima e decidiram mata-lo", explicou.


O jovem, de 22 anos, estava encostado em sua moto do lado de fora da casa durante o aniversário do irmão quando uma dupla chegou em um carro a tirou duas vezes. Um dos tiros atingiu Anni, que morreu no local.

“Quem dirigia era Deniro. O carro e a arma eram dele. Já o autor dos disparos foi um comparsa, de 22 anos”, disse o delegado.


A polícia conseguiu prender o suspeito no último dia 5, após interrogar testemunhas e fazer o trabalho de investigação. Ele estava escondido na casa de parentes no setor Vera Cruz, em Goiânia. Ao ser detido, confessou o crime à polícia. Ele foi indiciado por homicídio qualificado. A pena para esse crime varia de 12 a 30 anos.


A Polícia Civil já identificou o comparsa de Deniro. Segundo as investigações, ele mudou o visual e está usando nome falso em redes sociais. A corporação ainda tenta localizar o jovem.





Criança foi baleada na porta de casa em Aparecida de Goiânia (Foto: Reprodução/ TV Anhanguera

fonte g1

Turbulência na política: os principais desdobramentos da delação da JBS nesta quinta (18) Dia já teve afastamento de Aécio, nova operação da PF e a revelação de mais informações sobre a delação da JBS; veja.






Depoimentos dos donos da JBS desencadeiam ações do STF e uma operação da PF

Adelação dos irmãos Joesley e Wesley Batista, donos do frigorífico JBS, abalou o mundo político e desencadeou uma nova operação da Polícia Federal. O senador Aécio Neves (PSDB-MG) foi afastado das suas funções, e o presidente Michel Temer cancelou seus compromissos. Ele deve fazer um pronunciamento para a nação às 16h. A Bovespa caiu tanto que chegou a ser interrompida, e o Congresso começa a receber pedidos de impeachment e propostas de eleições diretas.

SIGA: todas as notícias de política em tempo real

Entenda os principais acontecimentos do dia:
Delações da JBS

O ministro Luiz Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), homologou a delação premiada dos donos da JBS.
O conteúdo dos depoimentos permanece sob sigilo. Ainda não foram divulgados documentos, áudios ou vídeos. Não se sabe se Fachin irá autorizar a divulgação.
Mesmo assim, novas informações tem saído na imprensa.
Exclusivo "O Globo": Cenas mostram entrega de propina da JBS aos indicados de Temer e Aécio.
Um intermediário de Temer ofereceu nomeações em cargos públicos à JBS, segundo a coluna de Lauro Jardim.
Ainda de acordo com o "O Globo", Temer e Joesley conversaram sobre o ex-ministro Geddel Vieira Lima. "Tem que tomar cuidado", teria dito o presidente.





O Globo publica fotos que mostram pagamento de propina ao deputado Rodrigo Loures

Michel Temer
Fachin autorizou a abertura de um inquérito para investigar Temer.
Sob pressão de aliados, Temer cancelou a agenda oficial desta quinta e se reuniu com aliados.
"Não renunciarei", afirmou Temer em pronunciamento nesta tarde.
O senador Sérgio Petecão (PSD-AC) disse que, durante reunião no Palácio do Planalto com Temer pela manhã, o presidente afirmou que é vítima de uma “conspiração”.



Temer se fecha em reuniões de emergência com seus principais ministros

Afastamento de Aécio Neves

O ministro Edson Fachin negou o pedido de prisão do senador Aécio Neves (PSDB-MG) e decidiu não levar o caso ao plenário do STF.
Após ser notificado pelo STF, o Senado afastou Aécio do mandato. Ele pode ir ao Congresso, mas não pode votar nem fazer nenhum ato como parlamentar.
Fachin apreendeu o passaporte do senador afastado e o proibiu de ter contato com outros investigados.

Segundo Joesley Batista, Aécio pediu R$ 2 milhões para pagar a defesa dele na Operação Lava Jato. Advogado diz que o político recebeu legalmente empréstimo de empresário.
A Rede e o PSOL protocolaram no Conselho de Ética do Senado um pedido de cassação de Aécio.





Aécio Neves vai ficar afastado das funções de senador por tempo indeterminado

Operação Patmos

A Polícia Federal cumpre 49 mandados judiciais expedidos pelo ministro Edson Fachin. São 41 de busca e apreensão e 8 de prisão preventiva. As ações ocorrem em Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, São Paulo e Maranhão, além do Distrito Federal.
A operação foi batizada pela PF como Patmos, em referência à ilha grega onde o apóstolo João teve visões do Apocalipse. O objetivo das medidas é coletar provas de corrupção e crimes contra a administração pública.
Endereços ligados ao senador Aécio Neves são alvo de mandados de busca e apreensão no Rio de Janeiro, em Belo Horizonte e em Brasília.
A irmã do senador tucano, Andrea Neves, foi presa em Belo Horizonte. Investigadores dizem que ela era "operadora" de Aécio.
A PF prendeu o procurador da República Ângelo Goulart Villela, do TSE. Ele é suspeito de favorecer uma empresa do grupo J&F.
Os gabinetes de Zeze Perrela (PMDB-MG) e de Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) também foram alvos de buscas.




Prisão de Andrea Neves, irmã de Aécio, é o fato mais marcante da manhã




No RJ, três apartamentos são alvos de operação da Polícia Federal

Pedidos para renúncia e impeachment
A base aliada pressiona para que Michel Temer renuncie, informou o colunista do G1 Gerson Camarotti.
A Câmara recebeu o terceiro pedido de pedido de impeachment do presidente Michel Temer.
FHC defende respeito à Constituição e sugere até renúncia.



Oposição já protocolou pedido de impeachment do presidente Michel Temer
Reações do mercado

Em dia de pânico no mercado financeiro, a Bovespa chegou a cair mais de 10%, e as negociações forma interrompidas pela 1ª vez desde 2008. ACOMPANHE EM TEMPO REAL
Despencaram ações da JBS, Rumo, Gerdau e Eletrobras.
O dólar chegou a R$ 3,43, com alta de 9%.
Nas casas de câmbio, o dólar turismo era vendido a mais de R$ 4.
A crise política pode afetar a recuperação da economia, afirmaram especialistas ouvidos pelo G1.
A imprensa internacional diz que delação da JBS pode jogar Brasil em novo caos político e econômico.




Bolsa é suspensa pela primeira vez desde 2008 por causa da forte queda das ações




Escândalo na política brasileira repercute na imprensa internacional

E se Temer sair?
Pela Constituição, tanto na hipótese de renúncia quanto num eventual cenário de impeachment, deverão ser realizadas novas eleições.
Conforme o Artigo 81, como faltam menos de dois anos para o fim do mandato (que se encerra em dezembro de 2018), a eleição seria feita pelos deputados e senadores, 30 dias depois da vacância no cargo.
Até lá, assume interinamente o presidente da Câmara, posto atualmente ocupado por Rodrigo Maia (DEM-RJ).
Para haver uma eleição direta, os parlamentares precisariam votar uma proposta alterando a Constituição. A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara informou que analisará uma PEC que estabelece eleição direta em caso de vacância da Presidência.
Ainda assim, a cúpula do Congresso já discute com base aliada convocar eleição indireta, informa a colunista do G1 Andréia Sadi.
FONTE G1

Em pronunciamento, Michel Temer diz que não renuncia à presidência da República O presidente afastou a possibilidade de deixar o cargo e ainda exigiu que as investigações sejam feitas de forma rápida



Em pronunciamento, Michel Temer diz que não renuncia à presidência da República
O presidente afastou a possibilidade de deixar o cargo e ainda exigiu que as investigações sejam feitas de forma rápida


Marcelo Ernesto , Isabella Souto /

/ AFP / EVARISTO SA


O presidente Michel Temer (PMDB) anunciou em pronunciamento na tarde desta quinta-feira que não vai renunciar à presidência da República. "Não renunciarei. Sei o que fiz", afirmou Temer, afastando a hipótese de deixar o cargo.

"No Supremo, mostrarei que não tenho nenhum envolvimento com esses fatos. Não renunciarei. Repito: não renunciarei. Sei o que fiz e sei a correção dos meus atos. Exijo investigação plena e muito rápida para os esclarecimentos ao povo brasileiro. Essa situação de dubiedade e de dúvida não pode persistir por muito tempo", afirmou durante sua fala que durou quase 10 minutos.

"No Supremo, mostrarei que não tenho nenhum envolvimento com esses fatos. Não renunciarei. Repito: não renunciarei. Sei o que fiz e sei a correção dos meus atos. Exijo investigação plena e muito rápida para os esclarecimentos ao povo brasileiro. Essa situação de dubiedade e de dúvida não pode persistir por muito tempo", declarou.

Temer teria sido gravado dando aval ao presidente da JBS, Joerley Bartista, para fazer o pagamento de mesada ao deputado cassado Eduardo Cunha, preso em Curitiba. “Tem que manter isso aí”, disse Temer ao ser comunicado pelo dono da JBS, Joerley Batista, da situação usada para garantir o silêncio dele.

Ainda de acordo o presidente, que usou um tom de voz mais firme, esta semana conseguiu reunir o melhor e o pior de seu governo até o momento. Ele citou números que demostrariam que a economia estava voltando a caminhar e ainda destacou a tramitação das reformas no Congresso. “Mas ontem, conversas gravadas clandestinamente trouxeram de volta o fantasma da crise política. E todo o esforço de tirar o país da crise pode se tornar inútil”, disse.

Michel Temer ainda exigiu investigação rápida sobre as denúncias de que teria dado aval para pagamento de propina ao ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), para que ficasse calado na Operação Lava-Jato.

De acordo com Michel Temer, o Supremo Tribunal Federal (STF) será o “território” em que as explicações surgirão. Nesta quinta-feira, o ministro Edson Fachin autorizou a abertura de inquérito contra o presidente, a pedido da Procuradoria Geral da República (PGR).
Denúncia
Ainda nas gravações - feitas pelos donos da JBS, Joesley Batista e o irmão, Wesley -, Temer teria indicado o deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) para resolver questões da empresa J&F e, logo depois, foi filmado recebendo uma mala com R$ 500 mil.

De acordo com o site do jornal O Globo, ontem, pela primeira vez foram feitas “ações controladas”. Foram sete ao todo, que resultaram em gravações e flagrantes. A investigação chegou a marcar as cédulas usadas para pagamento das propinas e chip nas malas.
http://www.em.com.br/app/noticia/politica/2017/05/18/interna_politica,870014/em-pronunciamento-michel-temer-diz-que-nao-renuncia-a-presidencia-da.shtml

sábado, 13 de maio de 2017

Enem 2017 recebeu quase três milhões de inscrições em cinco dias


Enem 2017 recebeu quase três milhões de inscrições em cinco dias

Às 8h deste sábado (13), sistema registrava 2.936.472 inscritos; prazo termina às 23h59 próxima sexta-feira (18).



Enem 2017: veja o passo a passo para se inscrever


Quase três milhões de pessoas se inscreveram para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2017. Segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), às 8h deste sábado (13), cinco dias após a abertura do sistema, foram registrados 2.936.472 inscritos.


As incrições foram abertas na manhã de segunda (8) e o prazo termina às 23h59 próxima sexta-feira (18).


App G1 Enem: baixe o aplicativo de perguntas e respostas


A taxa subiu para R$ 82 e o boleto precisa ser pago até 24 de maio. As inscrições ocorrem somente no site www.enem.inep.gov.br/participante.

Veja no  ACIMA o passo a passo de como se inscrever. Ou clique aqui para ler o roteiro da inscrição detalhado em 13 itens.

Fundador da Gol, Nenê Constantino é condenado a 16 anos de prisão por homicídio

Fundador da Gol, Nenê Constantino é condenado a 16 anos de prisão por homicídio

Caso de 2001 foi julgado pelo Tribunal de Justiça do Distrito Federal. Empresário não deve cumprir a pena em regime fechado pela idade avançada
Fundador da empresa aérea Gol e pioneiro no ramo de transportes rodoviários, Constantino foi condenado por homicídio qualificado e corrupção de testemunha, com pena de 16 anos e seis meses de prisãoJosé Cruz/ Agência Brasil
O Tribunal do Júri de Taguatinga, no Distrito Federal, condenou o empresário Constantino de Oliveira, de 86 anos, conhecido como Nenê Constantino, pelo assassinato do líder comunitário Márcio Leonardo de Sousa Brito, de 27 anos, em 12 de outubro de 2001. O julgamento terminou à 1h30 desta sexta-feira (12/5).
Fundador da empresa aérea Gol e pioneiro no ramo de transportes rodoviários, Constantino foi condenado por homicídio qualificado e corrupção de testemunha, com pena de 16 anos e seis meses de prisão e multa de R$ 84 mil.
O júri entendeu que o ex-dono da Gol foi responsável por encomendar o assassinato do líder comunitário Márcio Brito em 2001. Dos cinco réus, quatro foram condenados e um absolvido. O suspeito de atirar contra o líder comunitário, Manuel Tavares, morreu antes do julgamento do caso.
Em entrevista, o promotor do Ministério Público responsável pelo caso, Bernardo Urbano Resende, disse que Nenê não deve ser preso em razção da idade avançada. “Constantino não vai ficar preso nem um dia, porque já tem 86 anos, está no final da vida. E não porque eu estou falando, mas porque é lei”, afirmou.
Pela Lei de Execução Penal (nº7.210/84), a substituição do cumprimento da pena em regime fechado pela prisão domiciliar é permitida quando o condenado tem mais de 70 anos, tem alguma doença grave, filho menor de idade ou com deficiência física ou mental, ou no caso de mulheres em gestação.
O dono da arma usada no homicídio, João Alcides Miranda, foi condenado pelos mesmos crimes e foi sentenciado a 17 anos e seis meses de prisão e 12 dias-multa. Vanderlei Batista foi condenado a 13 anos de prisão por homicídio qualificado e João Marques, ex-funcionário de Constantino, pegou 15 anos também por homicídio qualificado. Todos foram condenados ao regime fechado, mas poderão recorrer da decisão em liberdade.
O empresário Victor Bethonico Foresti, acusado de corrupção de testemunha, foi absolvido pelo júri.
Márcio Brito foi morto a tiros, em 2001, por causa da disputa de um terreno. Ele representava um grupo que ocupava um terreno da Viação Pioneira, uma das companhias de propriedade de Constantino, em Taguatinga.
O julgamento do empresário foi iniciado em 20 de março chegou a ser adiado e foi retomado na última segunda-feira (8). Em 2015, Constantino foi absolvido da acusação de tentativa de homicídio duplamente qualificado contra o ex-genro, Eduardo Queiroz Alves.
JORNAL OPÇÃO

Célio Silveira se compromete a propor aposentadoria especial a guardas civis


Célio Silveira se compromete a propor aposentadoria especial a guardas civis

Por Alexandre Parrode



Após reunião com os vereadores por Goiânia Lucas Kitão e Romário Policarpo, deputado federal levará pleito à Câmara


Deputado Célio Silveira recebe demandas da Guarda Civil Metropolitana | Foto: divulgação

Os vereadores Lucas Kitão (PSL) e GCM Romário Policarpo (PTC) se reuniram, na tarde desta sexta-feira (12/5), com o deputado federal Célio Silveira (PSDB) e representantes da Guarda Civil Metropolitana para tratar da Reforma da Previdência, a ser votada na próxima semana no plenário da Câmara Federal.

O pleito dos guardas civis é que também sejam incluídos no grupo com direito a receber aposentaria especial — que já foi concedida pelo governo federal aos policiais militares e civis. A principal alegação é que a categoria tem ação semelhante a das polícias e atua em uma mesma frente.

“Com a alta criminalidade em todo o país, os guardas civis hoje estão exercendo função de polícia, então nada mais justo que tenham direitos iguais. A demanda é legítima e o deputado Célio Silveira teve a sensibilidade de atender nosso pleito”, explicou Kitão.

Durante a reunião, o deputado se comprometeu a apresentar, durante a primeira votação no plenário da Câmara, por meio da liderança do PSDB, um destaque ao projeto de Reforma da Previdência incluindo os guardas municipais nas aposentadorias especiais.

Na próxima segunda-feira (15/5), o tucano receberá representantes da GCM em Brasília, onde eles levarão o pedido formalmente embasado.

“O encontro foi muito proveitoso porque promoveu a aproximação dos Legislativos. Geralmente não há sincronia entre as Câmara Municipais e a Câmara Federal. Nosso objetivo é unir forças para brigar pelo interesse coletivo. Temos que fazer mais isso, trazer os deputaods e senadores aqui para fazer chegar nossas demandas ao Congresso”, arrematou o vereador Lucas Kitão.
fonte JORNAL OPÇÃO

Presídios do DF liberam 896 detentos nesta sexta para saidão do Dia das Mães Benefício começa às 7h e termina às 10h de segunda; quem está no semiaberto volta no fim da tarde. Aqueles que não voltam perdem direito e são tidos como 'foragidos'





Por G1 DF




Prédio do Complexo Penitenciário da Papuda, em Brasília (Foto: Gabriel Jabur/Agência Brasília)
A Vara de Execuções Penais do Distrito Federal autorizou 896 detentos a saírem dos presídios nesta sexta-feira (12) para passar o Dia das Mães em casa, neste domingo (14). Os internos podem deixar as unidades a partir das 7h. O saidão vai até as 10h de segunda – ou no fim do expediente, para os presos que trabalham fora.


Os presidiários que não retornarem no horário marcado passam a ser considerados foragidos. Se forem capturados, eles perdem o direito ao benefício nos próximos feriados e têm regressão de regime – voltam do semiaberto ao regime fechado, por exemplo.


Para serem liberados, os prisioneiros não podem ter ocorrências nos últimos seis meses e devem ter sido beneficiados com o direito no mesmo período. Só têm direito ao benefício que cumprem pena em regime semiaberto e tenham sido beneficiados com autorização para saídas temporárias, fornecida pela secretaria.


Enquanto estiverem fora da prisão, os condenados devem manter “boa conduta” – não podem circular na rua após as 18h, nem ingerir bebida alcoólica ou frequentar bares. Os agentes do sistema penitenciário podem fazer "visitas surpresa" às residências dos presos, para verificar se as determinações estão sendo cumpridas.


Em 2016, 1.480 presos foram liberados no Dia das Mães. Segundo a Secretaria de Segurança Pública, 37 (2,5%) não voltaram.
FONTE G1

Jovem xingado de 'preto fedido' em rede social diz que teme agressor: 'Não sei do que é capaz' Suspeito de 24 anos foi detido e liberado após pagamento de fiança, em Morrinhos. Segundo delegado, preso chegou a imitar macaco em áudio.


Jovem xingado de 'preto fedido' em rede social diz que teme agressor: 'Não sei do que é capaz'

Suspeito de 24 anos foi detido e liberado após pagamento de fiança, em Morrinhos. Segundo delegado, preso chegou a imitar macaco em áudio.




Por Vanessa Martins, G1 GO

12/05/2017 05h40



Kaisson Paiva relatou que não esperava injúrias de colega (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)



O frentista Kaisson Stêfany Rodrigues Paiva, de 26 anos, que denunciou um colega, de 24 anos, por injúria racial, relatou que se sentiu muito ofendido e ameaçado com as frases ditas pelo rapaz, em Morrinhos, no sul goiano. A vítima, que foi xingada e chamada de "preto fedido", contou ainda que não retrucou aos xingamentos, ao contrário do que afirmou a defesa do suspeito de ser o autor da injúria.


O jovem, cuja identidade não foi revelada, foi detido na quarta-feira (10) e liberado após pagamento de fiança. O delegado responsável pelo caso, Fabiano Jacomelis, havia dito ao G1 que o detido é investigado por chamar a vítima de com nomes racistas e até fazer comparações com um macaco.
Conforme o frentista, após as ofensas de cunho racial, o colega chegou a dizer que “de tarde, de todo jeito esse assunto acaba”, o que deixou a vítima apreensiva. “Isso foi uma ameaça. A gente fica com receio. Não sei do que ele é capaz, o que ele pode fazer. Aqui é uma cidade pequena, no meu trabalho a gente fica exposto na rua, é perigoso”, pontuou.
A vítima relatou como a confusão começou na rede social. “Eu só postei uma foto dele com a camisa do clube e coloquei um emoji com a mão no rosto, querendo dizer ‘esse time não’, porque ele ganhou do meu time um tempo atrás. Então ele começou a mandar os áudios, um atrás do outro. Na hora eu fiquei em choque porque ele pega bem pesado”, relatou ao G1.
O frentista ressaltou que nunca foi amigo do investigado. Conforme Paiva, eles se conhecem porque já jogaram futebol juntos, mas não têm nenhuma relação de intimidade. A vítima relatou ainda que já sofreu com situações parecidas na infância e que denunciou por acreditar que esse tipo de comportamento não deve ser aceito.
“Não somos amigos, somos conhecidos de campo. Sofri muito com injuria e racismo na infância, é ruim. Por isso que eu quis passar adiante. Muita gente sofre calado, não sabe que pode procurar alguém para conversar, para falar”, pontou.


Jovem de 24 anos foi detido suspeito de injúria racial em Morrinhos (Foto: Divulgação/Polícia Civil)
Defesa
Ainda conforme o delegado, ao ser abordado por policiais civis, o suspeito alegou que estava de cabeça quente e se arrependeu. Se for condenado, ele pode ficar preso por até quatro anos, já que as ofensas ocorreram em meio a várias pessoas.
Procurado pelo G1, o advogado do detido, Robson Neves Canedo, informou que o suspeito também é negro e que conhece a vítima há anos. Ele afirmou que a conversa ocorreu por causa da intimidade entre os dois.
“O acusado e a suposta vítima fazem parte de um grupo de Whatsapp criado entre jogadores de futebol amadores e são amigos desde a infância. Tais áudios foram gravados em decorrência da liberdade que ambos possuíam um com o outro, haja vista o tempo de amizade”, afirmou.
O defensor ressaltou que “as agressões verbais foram recíprocas, haja vista, em outra oportunidade, o acusado também ter sido vítima de ofensas por parte do amigo”, pontuou.
FONTE G1

AS MAIS DOS ULTIMOS 30 DIAS

FOTOS ON LINE

ACIOLLYVERSATIL@HOTMAIL.COM